Política

Jornalista potiguar vai assumir Secretaria-Executiva do Ministério das Comunicações

Atual chefe de gabinete do Ministério das Comunicações, a jornalista potiguar Estela Dantas vai assumir a Secretaria-Executiva da pasta ocupada por Fábio Faria.

Estela trabalha há anos com Fábio e possui experiência em Comunicação, tendo passado por televisão, portal de notícia e também atuou como assessora especial nos Correios e na CBTU.

Diversos

Léo Souza na TV Tropical

A Rede Tropical de Comunicação, afiliada a Record TV no RN, está investindo alto e contratou o apresentador Léo Souza e toda a equipe responsável pela criação e produção do programa anteriormente apresentado por ele, em sua fase de recordes de audiência.

Produtora terceirizada, uma equipe de mais de 15 profissionais e os maiores patrocinadores do Estado estão em negociação para trazer todo o carisma do apresentador Léo Souza para TV Tropical, em um novo programa, que promete ser o grande sucesso da TV potiguar para 2021.

Léo Souza

Diversos

Câmara de Alto do Rodrigues aprova exigência do diploma para jornalistas no poder público municipal

A Câmara Municipal de Alto do Rodrigues aprovou Projeto de Lei do Executivo que obriga a contratação apenas de jornalista diplomado e com registro de classe no âmbito do Poder Público Municipal.

No último dia 21 de outubro, Projeto de Lei semelhante foi aprovado pela Câmara Municipal de Aracajú (SE).

Nos poderes Executivo e Legislativo, várias capitais e estados brasileiras já aprovaram projeto semelhante em suas Câmaras de Vereadores, bem como Assembleias Legislativas. Já no Poder Judiciário, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou concurso público para jornalista com a exigência de nível superior na área e registro profissional. Um deles ocorreu em 2013.

Diversos

Jornalista Celso Amâncio lança jornal impresso nas regiões do Vale do Açu e Salineira

“É preciso sonhar. Todos devem sonhar. E para quem vive o jornalismo, quem ama a profissão, para quem abraça a informação com zelo e respeito, o futuro precisa ser mais que promissor: deve se tornar realidade. Além de vislumbrar tempos melhores, é essencial se reinventar. Não é preciso abrir mão de velhos conhecidos, meios já experimentados, nada disso. O vital é estar preparado e saber utilizá-los, isto sim. Com estes conceitos, nasce o Jornal da Cidade”.

Com estas palavras, o jornalista Celso Amâncio, que iniciou sua carreira profissional na comunicação social pelo jornal impresso, onde assinou coluna social em grandes jornais da região e do Estado, e depois enveredou pela editoria política, sendo também colaborador da página Municípios no jornal Diário de Natal, apresenta o mais novo veículo de comunicação ao estado e de forma muito especial, a região Salineira e Vale do Açu.

“Estamos chegando para abraçar toda a nossa região. A missão é resgatar o melhor da nossa história, evidenciar a nossa cultura, potencializar nossas riquezas, engrandecer nossa gente, mostrar a todos quem somos e do que somos capazes”, disse otimista.

O Jornal da Cidade nasce com a colaboração de Max Almeida e do blogueiro Josivan Dantas e terá periodicidade mensal, ocupando também espaço nas principais plataformas digitais.

Sucesso aos amigos que estão no projeto.

Jornal da Cidade

Diversos

Sindicato dos Jornalistas do RN repudia decisão da Justiça Federal contra o Blog do BG

NOTA DE REPÚDIO

A Constituição Federal promulgada pelo então presidente da Assembleia Nacional Constituinte Ulysses Guimarães, em 1998, colocou em destaque a importância de uma instituição essencial para a Democracia, o Ministério Público. Uma instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. Contudo, para alguns, o conceito ficou apenas no que estava escrito, não foi para a prática. Lutar pela democracia é, acima de tudo, lutar pela liberdade de expressão e de comunicação, sem elas é impossível viver num estado democrático de direito, onde há elementos específicos que o próprio ordenamento jurídico conduz em casos de excessos, mas dá a liberdade para que seja exposto o fato. A decisão da Justiça Federal do Rio Grande do Norte em censurar publicações no twitter de Bruno Giovanni  e no Blog do BG vai na contra mão das reiteradas decisões do Supremo Tribunal Federal na defesa da liberdade de expressão e imprensa e o pior, censura essa pedida por um membro do Ministério Público, entidade que, por vezes, é acusada de “noticiar” e “agredir” a honra de terceiros como em processos passados no que coube ação judicial, no caso de Lagoinha. Fazer o que eu digo e não fazer o que eu faço é o pior dos ditados, e noticiar um fato que ocorreu com uma pessoa pública que defende o “fique em casa” e “foi para a rua” é de interesse público e sim deve ser divulgado. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte se solidariza com Bruno Giovanni, lamenta que a Justiça Federal do Rio Grande do Norte e Ministério Público estejam olhando para o retrovisor e vendo a censura como um mecanismo democrático, que nunca o foi, utilizado somente na ditadura.

Alexandre Othon

Presidente SINDJORN

Diversos

Demissões na TV Tropical e TV Ponta Negra

A pandemia já afeta financeiramente o mercado da Comunicação no Rio Grande do Norte.

Demissões ocorreram em duas televisões daqui.

Na TV Tropical, só na última segunda-feira (04), foram seis demissões, inclusive da chefe de redação, a jornalista Criz Vidal, com um histórico de 20 anos na empresa.

Na TV Ponta Negra, a demissão do jornalista esportivo Marcos Lopes, depois de 09 anos na afiliada local do SBT.

Lamentável.

Diversos

Mudanças na comunicação potiguar

A comunicação potiguar deu um upgrade nos últimos dias.

Mudanças estão ocorrendo.

O jornal Tribuna do Norte ganhou novos colunistas: Cassiano Arruda, Rubens Lemos Filho, Vicente Serejo e Alex Medeiros. Brevemente, a rádio que pertence ao grupo também vai entrar no ar com a frequência FM.

O Sistema Tropical de Comunicação sob a liderança de José Agripino, incrementa e renova, com a chegada de Margot Ferreira para a CBN e TV. Muitas outras novidades estão a caminho.

Com o alcance das ondas do rádio, os horários nobres estão disputados na capital. E em constante aprimoramento dos atuais programas e novos que estão por vir.

Viva a Imprensa.

E a liberdade da informação.

Cotidiano

Dia do Jornalista

07 de abril de 2019.

Mais um Dia da Jornalista.

Devemos registrar e comemorar.

Mesmo com as dificuldades que encontramos pelo caminho. É cada profissão com os seus desafios.

O jornalismo é alucinante. Aqui, pautado sempre pela verdade. Pela notícia.

Diversos

Território Livre de volta

A jornalista Laurita Arruda retomou neste Dia Internacional da Mulher o seu Território Livre, que estava adormecido há cinco anos e e deverá voltar a ser uma das referências no jornalismo potiguar.

Recomeça com colaboradores: o pai Cassiano Arruda Câmara, o tio que é médico Domício Arruda, o seridoense Bebeto Torres e Ubirajara Carratu.

Sucesso ao TL que tem talento e competência de sobra.

https://territoriolivre.com/

TL

Diversos

Câmara Municipal de Natal promove sessão em homenagem ao Dia do Jornalista

No dia 7 de abril é celebrado no Brasil o Dia do Jornalista – data instituída pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI) em homenagem ao jornalista Líbero Badaró, que se notabilizou por defender a liberdade de expressão. Para homenagear a data, a Câmara Municipal de Natal, por iniciativa do presidente Raniere Barbosa, realizou uma sessão solene na noite desta segunda-feira (09) em homenagem aos profissionais da notícia. A solenidade destacou personalidades da imprensa, de diversos veículos de comunicação, com diploma de mérito pelos relevantes serviços prestados à sociedade.

Falando em nome dos homenageados, a jornalista Anna Ruth Dantas parabenizou o Legislativo natalense pela escolha dos nomes para receber a distinção. “Todos que estão aqui são merecedores de todas as honras, porque são apaixonados pelo que fazem e o entusiasmo com a comunicação é sentido na prática profissional de cada um. O resultado dessa química é o reconhecimento do público”.

Fui um dos homenageados da noite por indicação do vereador Felipe Alves, a quem rendo agradecimentos pelo reconhecimento.

Fotos: Verônica Macêdo e Canindé Soares

DSC_0097

HG 2

Diversos

Fundada por Aluízio Alves, InterTV Cabugi recebe homenagem pelos seus 30 anos

Uma noite para celebrar a história do jornalismo potiguar. Foi assim a Sessão Solene em homenagem aos 30 anos da Intertv Cabugi, que aconteceu nesta quinta-feira (28), na Câmara Municipal de Natal, por proposição do vereador Sueldo Medeiros (PHS).

Além de superintendentes e diretores, as homenagens aconteceram para funcionários, tanto os atuais colaboradores, como aqueles que marcaram época na afiliada da Rede Globo.

Em nome do homenageados, a jornalista Anely Medeiros fez um discurso marcado pela emoção. “Uma viagem ao tempo. É assim que todos nós nos sentimos ao ver que 30, não são 30 horas, 30 dias, mas que são 30 anos. Esses 30 anos da InterTV Cabugi celebram as histórias que jamais poderiam deixar de ser contadas ou esquecidas”, apontou.

Fundada em 1987 pelo ex-governador Aluízio Alves, a então TV Cabugi logo conquistou o carinho dos telespectadores potiguares. Em 2006, passou a se chamar InterTV Cabugi e integrar a Rede InterTV.

8

Diversos

Ministério das Comunicações autoriza Rádio Rural a migrar para FM

Foi publicado no Diário Oficial da União, edição de primeiro de setembro de 2017, ato do Ministério das Comunicações, datado de 8 de agosto deste ano, autorizando a Fundação Paz na Terra a executar o “Serviço de Radiofusão Sonora em Frequência Modulada”, em Natal (RN). A fundação Paz na Terra é mantenedora da Rádio Rural de Natal AM 1090.

A Rádio Rural foi inaugurada em 10 de agosto de 1958. Há mais dois anos, iniciou o processo de migração da frequência AM para FM, junto ao Ministério das Comunicações. Na época, a Rádio era administrada pelo Padre Carlos Sávio Ribeiro.

De acordo com o atual diretor de programação, Padre Júlio César Souza Cavalcante, o próximo passo será adquirir o transmissor, a torre e os demais equipamentos para a Rádio Rural passar a funcionar na frequência FM 91,9, em caráter experimental.

CARD Rádio Rural Migração

Diversos

Maju Coutinho estreia como apresentadora de telejornal na Globo

Estadão

O bom trabalho à frente das previsões do tempo rendeu uma nova promoção a Maju Coutinho: dia 10 ela estreará na bancada do Jornal Hoje.

A Globo disse ao E+ que ela foi incluída no rodízio de plantonistas do telejornal vespertino, do qual já fazem parte César Tralli, Zileide Silva, Renata Capucci e Fábio William.

Maju vinha fazendo testes e gravando pilotos desde fevereiro deste ano.

Sandra Annenberg e Evaristo Costa, titulares do telejornal, são plantonistas do Jornal Nacional.

Maju caiu nas graças do público e de seus chefes na Globo por mudar a maneira de abordar a meteorologia no SP2 e no Jornal Nacional, substituindo os termos técnicos por explicações mais compreensíveis. Além disso, foi alçada a ícone fashion.

z

Diversos

Brasil dos delatores não respeita mais nem o sigilo do Jornalismo

Por Heitor Gregório

Foi divulgado nesta terça-feira (23), um diálogo fruto de grampo envolvendo a senhora Andréa Neves e o Jornalista Reinaldo Azevedo. Sem defender o Jornalista, mas a IMPRENSA não pode aceitar a infração ao artigo 5º, XIV, da Constituição Federal, onde é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional. Pelo menos no conteúdo divulgado, o Jornalista não cometeu crime algum, em minha humilde opinião acerca da profissão que escolhi e exerço, sobretudo porque paguei a disciplina jurídica.

Vimos se tornar pública uma conversa entre o Jornalista Reinaldo Azevedo e Andréa Neves, umas de suas muitas fontes, elementos inseridos na profissão e preservados constitucionalmente (Até aqui?).

Em julgamento que teve publicação no Diário da Justiça de 15 de abril de 1996, o então Ministro Celso de Mello disse que “a proteção constitucional que confere ao jornalista o direito de não proceder a disclosure da fonte de informação ou de não revelar a pessoa de seu informante desautoriza qualquer medida tendente a pressionar ou a constranger o profissional de imprensa a indicar a origem das informações a que teve acesso.” Os jornalistas não descumprindo a lei, não podem sofrer qualquer sanção penal, civil ou administrativa.

Nesse momento que passa o Brasil, de tanta intolerância, não se pode permitir tamanho absurdo. Se bem que são tempos em que delator é aplaudido pela sociedade, como se não tivesse cometido crime algum. Será que estamos voltando aos tempos de censura? Países onde não há liberdade de imprensa não existe um sistema de democracia. O Brasil é (ou era) exemplo para o mundo.

No último dia 03 de maio, quando se comemorou o Dia da Liberdade de Imprensa, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, pediu o fim da repressão contra jornalistas: “Precisamos que líderes defendam a imprensa livre. Quando protegemos jornalistas, suas palavras e imagens podem mudar o mundo”, afirmou.

O Brasil não pode voltar ao passado de trevas e escuridão da censura. Que continuemos livres.

Diversos

Jô Soares fica na Globo

Do Blog de Sônia Racy no Estadão

Jô Soares fechou novo contrato de um ano com a Globo. Vai voltar para telinha agora? Não, não vai. Atendendo a pedido do apresentador, a emissora lhe deu um ano sabático.

O apresentador ficou de apresentar um novo projeto para 2018. Ainda não se sabe se ele vai se encaixar na TV aberta ou fechada.

Jô terá liberdade para sugerir.

z