Política

Garibaldi e Agripino mostram sintonia

Os senadores Garibaldi Filho (MDB) e José Agripino (DEM) estão afinadíssimos.

E tem cumprido agenda juntos nos Ministérios.

Nesta quarta-feira (28) foram juntos para audiência com o Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, onde solicitaram que o Governo Federal tenha mais sensibilidade ao definir a estrutura da Agência Nacional de Mineração (ANM). Com a aprovação da Medida Provisória (MP) 791/2017, que se tornou a Lei 13.775/2017, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNMP) foi extinto e passou-se a responsabilidade de regular o setor da mineração para a nova agência.

O deputado federal Felipe Maia também participou da reunião bem como o superintendente do Departamento Nacional de Produção Mineral do RN (DNPM), Roger Garibalde.

Política

Garibaldi: “Já temos uma aliança com o DEM e a tendência é continuar”

Desde o último fim de semana, se especula em um setor do meio político potiguar que o senador Garibaldi Filho (MDB) não iria para a disputa da reeleição tendo como companheiro de disputa o senador José Agripino (DEM).

Garibaldi e Agripino mantém uma aliança na política estadual desde 2006 e estavam juntos em 2010, inclusive, quando ambos foram reeleitos.

Ao blog, o senador Garibaldi reafirmou que deverá permanecer aliado de Agripino: “Nós já temos uma aliança com o DEM e a tendência é continuar”.

O senador disse que está conversando com as lideranças do MDB sobre as eleições.

Política

Carlos Eduardo visita obras na Zona Norte com José Agripino

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), visitou obra na tarde desta sexta-feira (19) no Brasil Novo e Novo Horizonte, Zona Norte, ao lado do senador José Agripino (DEM).

“Até o final de fevereiro queremos concluir esse projeto deixando 65 ruas do Brasil Novo e o Novo Horizonte drenadas e pavimentadas. Isso significa valorizar os imóveis e qualidade de vida para quem mora aqui”, comentou o prefeito no Twitter.

Carlos Eduardo destacou o apoio que Agripino tem dado em Brasília para as obras de Natal.

Política

Em nota, Agripino reafirma esforços em torno da crise financeira no RN e repudia mentiras

Nota do senador José Agripino:

Desafio a quem esteja espalhando essa mentira a provar que eu tenha estado com qualquer membro do TCU, ministro ou não, ou sequer tenha estado fisicamente no TCU tratando de qualquer assunto que viesse a dificultar interesses do RN, principalmente do funcionalismo público do meu Estado. Repilo veementemente esta calúnia que, além de me atribuir a força que eu não teria para cometer a perversidade que tentam me atribuir, me imputa a desinteligência de adotar procedimentos que estariam me colocando na contramão da relação positiva que eu sempre tive com o funcionalismo do RN. Reafirmo minha determinação em continuar solidário com a ação desenvolvida pelo presidente da Câmara dos Deputados, meu companheiro de partido, para que se encontre solução ao impasse criado e que está retardando a liberação dos anunciados recursos, os quais desejo que cheguem e atendam às justas expectativas dos servidores. Servidores que, tenho certeza, desejam continuar a servir à sociedade potiguar. Senador José Agripino

Política

Com Agripino e Garibaldi, Tomba vai ao Ministro do Turismo cobrar recursos para conclusão do teleférico de Santa Cruz

A liberação de recursos para a conclusão da etapa final do teleférico de Santa Cruz foi o assunto em pauta na tarde desta quarta-feira (29) no Ministério do Turismo, durante reunião do deputado estadual Tomba Farias (PSB) com o ministro Marx Beltrão.

No encontro, que contou com a participação dos senadores José Agripino Maia (DEM) e Garibaldi Alves Filho (PMDB), as lideranças políticas do Rio Grande do Norte detalharam para o ministro aspectos do projeto e observaram que o término da obra irá colocar o Estado e o município de Santa Cruz no ranking dos principais polos de turismo religioso no Brasil.

Após o reunião, Tomba Farias destacou a sua confiança de que o término do empreendimento turístico aconteça o mais rápido possível. Segundo ele, trata-se de obra de interesse do Rio Grande do Norte.

tomba_encontroturismonovembro2017-2 (1)

Política

Na tribuna do Senado, Agripino revindica participação do RN nos leilões de energia eólica

Em discurso no início da tarde desta terça-feira (14), o presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), disse na tribuna do Senado que reunirá a bancada federal do Rio Grande do Norte para debater estratégias para que o estado participe do leilão de energia eólica no país. “Meu estado é um grande produtor de energia eólica e hoje de manhã fui surpreendido com a notícia de que, no leilão de oferta de novos lotes para instalação das torres geradoras de energia eólica, não está previsto nenhum lote no RN. Não por falta de matéria prima, de investidor, mas por falta de linha de transmissão”, frisou.

O senador potiguar criticou ainda a ausência de investimento na construção e ampliação das redes de transmissão de energia no RN. “O governo não tomou a precaução de fazer linhas novas para receber novas torres eólicas que gerassem energia barata para o consumidor brasileiro. Como parlamentar do meu estado, vou reunir a bancada federal para lutarmos contra essa injustiça. É preciso corrigir esse equívoco. Tem que haver uma previsão de construção e ampliação das redes de alta tensão para que o vento do Rio Grande do Norte produza energia eólica barata e competitiva”, destacou o parlamentar.

Durante o discurso, Agripino também defendeu a privatização da Eletrobras e disse que um dos benefícios da medida será garantir a produção contínua de energia elétrica e o barateamento da conta de luz para o consumidor. “A privatização da Eletrobras é conveniente ao interesse do país e do Rio Grande do Norte. Eu não tenho dúvidas de que a competitividade nesse setor contribuirá também para o barateamento das contas de luz do cidadão. Privatizada, a empresa poderá, inclusive, suprimir a tarifa vermelha, que tanto prejudica a sociedade”, concluiu o presidente do DEM.

Foto: Mariana DiPietro

Foto: Mariana DiPietro

Política

Agripino vai ao MEC pedir ampliação de cursos universitários para Faculdade Diocesana de Mossoró

O senador José Agripino solicitou ao Ministério da Educação (MEC) agilidade na avaliação dos processos – já em análise na pasta – que pedem a abertura dos cursos de Direito e Nutrição na Faculdade Diocesana de Mossoró (FDM), no Rio Grande do Norte. Atendendo a um pedido do diretor-geral da FDM, Padre Charles Lamartine, Agripino se reuniu, nesta quinta-feira (9), com o ministro Mendonça Filho para discutir o assunto.

Durante a reunião no MEC ficou acertado que nos próximos dias será publicada a portaria que autoriza a implementação do novo curso de Nutrição na FDM. Além disso, nos dias 29, 30, 01 e 02 de novembro e dezembro, respectivamente, a equipe de técnicos do ministério da Educação estará em Mossoró para visitar e completar a avaliação do curso de Direito para que, estando apta, a instituição mossoroense possa oferecer a graduação.

Política

No programa partidário do DEM, Agripino defende diálogo e união para fazer o Brasil crescer

Sob a ótica da necessidade da uniã​​o e do diálogo para ajudar o Brasil a crescer, o programa partidário do Democratas irá ao ar nesta quinta-feira (19), em rede nacional de rádio e TV. Durante os dez minutos de duração, lideranças políticas do partido – entre elas o senador José Agripino (RN), presidente nacional da legenda – falam das conquistas sociais e econômicas já alcançadas, da importância da educação para o futuro do país, da necessidade de incentivar a participação dos cidadãos no debate político, entre outros temas.

Ao abrir o programa, Agripino, ressalta que é hora de o país se unir em torno do debate de modo que acabe com a polarização e a discórdia. “Ninguém aguenta mais essa polarização que está dividindo o brasileiro e de narrativas que alimentam a discórdia. Só há uma saída para a crise: praticar a boa política, com responsabilidade, equilíbrio, espírito público e compromisso com o Brasil”, frisou.

Também participam do programa o líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO); o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ); o líder do Democratas na Câmara, Efraim Filho (PB); o presidente da Fundação Liberdade e Cidadania (FLC), deputado José Carlos Aleluia (BA); a presidente do Democratas Mulher, deputada Professora Dorinha (TO); o ministro da Educação, Mendonça Filho (PE); e o prefeito de Salvador, ACM Neto (BA).

O programa, que foi gravado sob os cuidados do marqueteiro baiano José Fernandes, irá ao ar às 20h30, na TV, e 20h, no rádio.

Agripino

Estado

Agripino também em defesa do Minha Casa, Minha Vida

Durante sessão plenária na noite desta terça-feira (10), o senador José Agripino (RN) contou que está pessoalmente lutando pela manutenção dos empregos gerados na área da construção civil, em especial no Rio Grande do Norte. Devido à crise econômica, o setor foi um dos mais prejudicados e a notícia de que o governo federal poderia fazer cortes em programas habitacionais, entre eles o Minha Casa Minha Vida, gerou pânico entre empresários e empregados.

“Eu tomei a iniciativa de manter contato hoje com a Caixa Econômica Federal, para que, sobre esse assunto, eu pudesse ter uma explicação, até para pacificar ânimos do Brasil inteiro, que estão exaltados pela perspectiva de desemprego”, explicou. Segundo José Agripino, a Caixa Econômica Federal está trabalhando para que um título no valor de R$ 10 bilhões, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), seja aprovado pelo Conselho Curador a fim de garantir a continuação de empréstimos e financiamentos habitacionais. O conselho deve se reunir dia 24 de outubro.

“Todos nós sabemos que a indústria da construção civil é, aqui ou em qualquer lugar do mundo, a indústria que mais emprega. E eu estou, como senador do Rio Grande do Norte, querendo a manutenção do emprego na construção civil e acompanhando com lupa este assunto, que interessa a todos os estados da Federação”, acrescentou.

DSC_1921 (2)

Foto: Mariana DiPietro

Política

DIAP coloca Agripino e Fátima Bezerra entre os cabeças do Congresso Nacional em 2017

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) divulgou os cabeças do Congresso Nacional em 2017, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades descritas na publicação.

Entre os atributos que caracterizam o protagonismo no processo legislativo, destacam-se, no conceito do DIAP, “a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão”, explica o coordenador da pesquisa, Antônio Augusto de Queiroz.

Do RN, entre os três senadores e oito deputados federais, aparecem na lista os senadores José Agripino Maia (DEM) e Fátima Bezerra (PT), entre os cabeças do Congresso Nacional.

agripino fatima

Política

Odebrecht: Janot pede ao STF extinção de punibilidade contra Agripino e Garibaldi

O procurador-geral da República pediu ao ministro Edson Fachin, do STF, que seja declarada a extinção da punibilidade em relação ao senadores José Agripino (DEM-RN), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) e Marta Suplicy (PMDB-SP), e aos deputados federais Roberto Freire (PPS-SP) e Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), acusados de receber recursos não contabilizados para campanhas eleitorais.

Para o senador Agripino Maia, era desprovida de "substância" a acusação que lhe foi feita – de receber R$ 100 mil via caixa 2 para a campanha ao Senado Federal em 2010. “O procurador-geral seguiu os ditames da lei. A acusação que me é feita é desprovida de qualquer substância. E o procurador, movido pelo preconiza a lei, adotou a postura que adotou. Foi feita a Justiça à lei e aos fatos”, comentou o senador.

*Com informações do Estadão

Política

Em São Paulo, Alckmin recebe Agripino e cúpula do DEM em jantar no Palácio dos Bandeirantes

O senador José Agripino, presidente nacional do DEM, foi recebido na noite de ontem (24) para uma jantar com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes.

O encontrou reuniu também o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), o ministro da Educação, Mendonça Filho (PE), o deputado Efraim Filho (PB), o secretário de Habitação do Estado, Rodrigo Garcia, e o prefeito de Salvador, ACM Neto.

Do jantar, saiu a decisão de que DEM e PSDB caminharão juntos em 2018, possivelmente com a candidatura de Alckmin à Presidência da República.

Política

Prefeito de Patú recebe Agripino, João Maia, Deputados e Prefeitos para festividades juninas

O município de Patú é mais um que continua os festejos juninos pelo interior do Rio Grande do Norte. 

E ontem (07), o Prefeito Rivelino recepcionou o senador José Agripino (DEM), o ex-deputado João Maia (PR) e a prefeita Shirley (PR), os deputados estaduais George Soares (PR) e Raimundo Fernandes (PSDB), além de diversos prefeitos do Oeste. 

A acolhida aos convidados foi no Terminal Turístico Chiquinho de Dandão, onde o senador Agripino Maia, falou aos presentes e agradeceu a acolhida de todos. Agripino reafirmou o seu compromisso em continuar ajudando à administração do Prefeito Rivelino e lembrou que já assegurou recursos para a construção de uma creche no município. 


Política

Carlos Eduardo agradece apoio de José Agripino aos pleitos para Natal

Durante a assinatura da ordem de serviço para a construção do Centro Comercial do Camarão, na manhã desta sexta-feira (09), contando com a presença do senador José Agripino Maia (DEM), o prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), agradeceu apoio que o parlamentar vem dando aos pleitos para a capital do Rio Grande do Norte.

A obra conta com investimentos na ordem de R$ 3,7 milhões de reais, compreendendo a construção de um Centro de Descasque de Camarão, quiosques, banheiros públicos e estacionamento. Recursos obtidos pelo senador Agripino em Brasília.

“O senador José Agripino tem sido um parceiro permanente da cidade de Natal”, disse o prefeito.

z

Política

Na Alemanha, Agripino participa de debates sobre democracia e financiamento político 

Em viagem à Alemanha para participar de uma série de debates promovida pela Fundação Konrad Adenauer, o presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), expos sua defesa pelo fortalecimento da democracia brasileira e maior critério para a criação de partidos políticos no país, de forma que a sociedade se sinta realmente representada no Legislativo.

“O Democratas tem uma parceria bem-sucedida com a Konrad Adenauer, por isso estamos aqui consolidando laços importantes dessa cooperação. A defesa pelo fortalecimento da democracia mundial é princípio que, enquanto instituição partidária, o DEM julga essencial”, comentou Agripino.

Diversos

Garibaldi e Agripino emitem nota pelo falecimento de Dorian Gray

Nota do senador Garibaldi Alves Filho:

A cultura do Rio Grande do Norte sofre com a morte de Dorian Gray Caldas, uma perda irreparável. Sua morte foi anunciada agora há pouco. Aos 86 anos, ele foi vítima de um infarto agudo.

Dorian era um homem de diversas artes. Ele esculpia, trabalhava com cerâmica, fazia tapeçaria, era poeta, escritor, mas, sobretudo, desenhava e pintava.

Lamento profundamente a notícia e envio aos familiares e amigos de Dorian Gray o meu mais profundo pesar. O Brasil perde um dos seus grandes artistas.

Nota do senador José Agripino Maia:

“O Rio Grande do Norte amanheceu de luto. Como amigo e admirador de Dorian Gray manifesto meu profundo pesar pela perda de um dos mais talentosos artistas da cultura contemporânea do nosso Estado. A sua obra será legado para futuras gerações de profissionais da arte. Valorizá-la é dever de todos os potiguares. À família, meu abraço fraterno e o sentimento de saudade”.

Política

Agripino questiona Dilma por que ela ignorou alertas do TCU e do Tesouro Nacional sobre ajuste fiscal

Durante sessão no Senado para ouvir a presidente afastada Dilma Rousseff, na noite desta segunda-feira (29), o presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), quis saber por que a petista descumpriu os alertas do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) sobre a situação fiscal e econômica do país. “Vossa Excelência usou das pedaladas fiscais como alternativa por causa da escassez de recursos, mesmo diante dos avisos do que estaria por vir”, frisou Agripino.

Política

Ministro da Educação recebe em audiência Agripino, Felipe Maia e Reitora da UFRN 

Nesta quarta-feira (10), o deputado federal Felipe Maia (DEM) participou, juntamente com o senador José Agripino (DEM) e representantes do Núcleo de Pesquisas em Alimentos e Medicamentos (Nuplam) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), como a reitora Ângela Paiva e o diretor do Núcleo, Carlos Lima, de uma audiência com o Ministro da Educação, Mendonça Filho, para acompanhar a apresentação do trabalho feito pelo Núcleo, que produz medicamentos de qualidade na área terapêutica.

O Nuplam tem o objetivo de incentivar o ensino, em níveis de graduação e pós-graduação específicos para produção de medicamentos e elaboração de pesquisa científica e tecnológica de insumos farmacêuticos, medicamentos e higienizantes.

Na ocasião, o Ministro foi convidado para uma visita a sede do Nuplam com o objetivo de conhecer melhor o trabalho da instituição.

Política

Agripino apresenta projetos de lei para combate à violência

Cumprindo o compromisso que assumiu na última semana com o Rio Grande do Norte, o senador José Agripino apresentou nesta segunda-feira (8) dois projetos de lei que ajudarão no combate à violência nos estados e municípios de todo o Brasil. O primeiro, o PLS 304/2016, muda a distribuição do Fundo Nacional Antidrogas (Funad) e destina aos municípios 70% dos recursos do fundo, levando em conta o critério proporcional do Fundo de Participação dos Municípios.

Na prática, cidades com maior número de habitantes receberiam uma quantia maior de recursos para serem aplicados na prevenção e combate ao tráfico de
drogas.

O segundo projeto de lei apresentado hoje pelo senador altera as regras de
distribuição do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), hoje também comandado pela União. Pela matéria, o fundo passa a ser gerido por um conselho gestor e os estados que declararem situação de calamidade pública ou emergencial, como ocorreu em várias regiões do Rio Grande do Norte, receberão recursos desse fundo para serem aplicados na manutenção da ordem
pública.

Foto: Mariana DiPietro