Política

José Dias continua firme na oposição a Robinson

Basta uma simples conversa com o deputado estadual José Dias (PSD), para sentir claramente que ele continua firme na oposição ao Governo do seu compadre Robinson Faria (PSD). 

O encontro entre os dois no fim de semana passado, foi meramente casual na casa do cardiologista Ricardo Bittencourt, que festejava seu aniversário no Edifício Mozart Romano. 

Política

Na Assembleia Itinerante em Angicos, José Dias afirma que Aluizio Alves foi o político mais inteligente e corajoso com quem já conviveu

Durante seu pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (29), em Angicos, dentro da Assembleia Itinerante, o deputado José Dias (PSD) falou sobre os laços afetivos que tem com a cidade onde passou boa parte de sua juventude e que também é a terra natal de sua esposa, Diúda Alves.

O parlamentar citou o município como referência e berço de grandes nomes da política potiguar.     “O povo daqui é inteligente e estudioso e no campo político a cidade deu grande contribuição para o Rio Grande do Norte. Não só para mim, mas também para nosso Estado, Angicos é uma verdadeira referência”, disse José Dias.

O parlamentar citou o ex-ministro Aluizio Alves, a quem se referiu como uma das maiores inteligências com quem já conviveu. “Foi o mais inteligente, mais ativo, criativo e corajoso no sentido de enfrentar os problemas públicos e políticos do Rio Grande do Norte. Ele crescerá na memória do povo como um exemplo de político atuante”, afirmou o parlamentar.

Foto: João Gilberto

z

Política

José Dias declara apoio às manifestações contra crise no país‏

O deputado estadual José Dias (PSD) se pronunciou na manhã desta quarta-feira (11) sobre as manifestações que acontecerão em todo o país no próximo dia 15 de março. O parlamentar chamou a atenção da população para a crise que o Brasil atravessa e disse que as manifestações populares refletem esta realidade.

“É indiscutível a crise que o país atravessa. É uma crise extramente séria, não sei como o governo federal, talvez de forma ingênua ou irresponsável, diz que o que estamos vivendo não é o que todos percebem e veem”, disse José Dias.

O deputado confirmou presença nas manifestações que vão acontecer em Natal e incentivou a presença da população nas ruas. “Essa é uma crise que se agrava pela inconsciência e incompetência do governo. Ou reagimos ou o país irá por uma situação muito pior que essa, não apenas econômica, mas institucional e política”, destacou o deputado do PSD.

Foto: Eduardo Maia

z

Política

Beto Rosado e José Dias participam de convenção para pleito suplementar em Pedra Grande‏

O deputado federal Beto Rosado (PP) e o estadual José Dias (PSD), estiveram na tarde deste sábado (28) no município de Pedra Grande, participando da convenção que homologou a candidatura do presidente da câmara e prefeito interino Valdemir Belchior (PSB) na eleição suplementar do município.

O candidato a vice da chapa é o vereador Virgínio Gabi (PP).

PR, PSD e PV também compõem a aliança local.

Foto: Assessoria

z

Política

José Dias: “Não acredito que o Tesouro Nacional autorize o empréstimo do Governo do Estado junto ao Banco do Brasil. E a culpa é da Casa Civil”

Desde a semana passada, existem rumores entre auxiliares do próprio Governo do Estado, dando conta de que a Secretariado Tesouro Nacional não vai autorizar a liberação do empréstimo de R$ 850 milhões para o Governo do Estado, aprovado pela Assembleia Legislativa, inclusive, com emendas de deputados estaduais, a exceção do deputado José Dias (PSD).

Na Assembleia Legislativa, os deputados estaduais procurados pelo blog ainda não sabem nada a respeito do assunto, nem José Dias, apesar de que, em suas previsões, o Tesouro Nacional realmente não vai autorizar o empréstimo da forma que o projeto foi elaborado pela Casa Civil do Governo do Estado.

“Se acontecer isto; e eu acredito que realmente vai acontecer do Tesouro Nacional não liberar o empréstimo da forma como o projeto foi feito pela Casa Civil do Governo do Estado e votado pela Assembleia, o problema não foi criado pelos deputados, mas pela Casa Civil”, opina José Dias.

José Dias, ainda filiado ao PSD, mas rompido com o governador Robinson Faria, complementa a informação repassada com exclusividade ao blog: “Havia um entendimento conosco de que no Projeto haveria a destinação para as contrapartidas de obras importantes para o Rio Grande do Norte. Foi isso que nós dialogamos com o Banco do Brasil juntamente com o ex-presidente Ricardo Motta, ainda antes de Robinson tomar posse como governador, e depois disso, nós três (Eu, Ricardo e Robinson), conversamos com o Banco seguindo o mesmo entendimento. O consultor do Estado, Dr. Eduardo Nobre elaborou o projeto baseado nas conversas que tivemos com o Banco do Brasil, mas aí a Casa Civil bagunçou o que tínhamos feito e nós fomos desautorizados”.

Quando o Projeto do Empréstimo chegou à Assembleia, trazendo a proposta de obras em vez das contrapartidas, diferente do elaborado pelo Dr. Eduardo Nobre e do que foi dialogado com o Banco do Brasil, Dias logo reconheceu que não daria certo. “Eu sabia tanto que o empréstimo não ia ser liberado que eu decidi não apresentar nenhuma emenda. E fui único. Mas os meus colegas estavam certos em apresentar emendas, já que o projeto permitiu, após as modificações feitas pela Casa Civil do Governo do Estado, como me disse o Dr. Eduardo Nobre”, ressalta Dias.

“Não acredito que o Tesouro Nacional libere o empréstimo”, finaliza José Dias.

Foto: João Gilberto

z

Política

José Dias faz História

Definitivamente o deputado estadual José Dias (PSD) entra para a história política do Rio Grande do Norte.

É o deputado a romper com o Governo do Estado no dia de sua posse.

Isso, Dias rompeu com Robinson no dia em que foi empossado para mais um mandato de deputado estadual, em 01 de Fevereiro.

Aqui o normal é os deputados que não votaram no Governo, se aliar. Zé Dias fez o caminho oposto.

Tudo por uma questão de dignidade.

Política

Zé Dias e as insatisfações com Tatiana Mendes Cunha

O deputado estadual José Dias (PSD) aproveitou seu pronunciamento na Assembleia Legislativa para reafirmar sua insatisfação com a Secretária Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Tatiana Mendes Cunha.

Disse até que a titular tentou dificultar que o empréstimo de R$ 850 milhões fosse aprovado em Convocação Extraordinária.

Ou seja, a Chefe da Casa Civil está tendo posições contrariadas pelo governador, já que houve a Convocação Extraordinária.

Política

Robinson: o Rei

Para o deputado estadual José Dias, o governador Robinson Faria não é mais seu compadre ou governador. É Rei.

Durante o pronunciamento na Assembleia Legislativa, Dias se referiu a Robinson como Rei por diversas vezes.

“Em mim não dói não estar mais ao lado do Rei”.

“O Rei sabe que eu estive ao lado dele quando ele estava na Planície que eu estou”.

“O Rei me apelou para que eu fosse o Presidente da AL e até indicasse cargos em seu Governo. Eu não aceitei. Sou de compromisso”.

“Eu sigo no Cajado e não no Cetro. Sigo na Planície, mas com muita dignidade”.

“Os que ficaram com o Rei na hora em que ele estava mais em baixa, foram expulsos: Eu e Gesane Marinho”.

“A vitória não está ao lado do Rei. Está ao lado da Verdade”.

Política

“Fui o avalista do compromisso não cumprido pelo governador com Ricardo Motta”, reafirma José Dias

Palavra dada é palavra cumprida. Era uma marca registrada do governador Robinson Faria (PSD), antes de tornar-se Rei.

Agora…depois de tudo que disse e reafirma o deputado estadual José Dias (PSD), a marca de Robinson passe a ser: Palavra dada é palavra descumprida.

Em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa, o deputado estadual reafirmou que o governador Robinson Faria tinha um compromisso com a reeleição do deputado Ricardo Motta (PROS), para à Presidência da Assembleia Legislativa. “Eu era o avalista deste compromisso”, afirmou Dias.

Segundo o parlamentar, o compromisso passou pela aprovação de dois empréstimos importantes: a aprovação da fusão dos fundos previdenciários e do empréstimo de R$ 850 milhões junto ao Banco do Brasil.

Política

José Dias: “De mim, Robinson fugiu para sempre”

Talvez, o pronunciamento de maior repercussão já visto na história da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Foi o feito pelo deputado estadual José Dias (PSD), na manhã e tarde desta quarta-feira (04), no plenário do Palácio José Augusto, para reafirmar seu rompimento com o governador e compadre Robinson Faria (PSD).

“De mim, Robinson fugiu para sempre”, afirmou Dias, ao comentar que ele evitou o encontro do último domingo (01). “O Rei fugiu de mim como se foge da Polícia”, bradou o parlamentar que é filiado ao partido do governador, mas já anunciou que se desfiliará na primeira oportunidade.

Política

José Dias: “Estou plenamente rompido com o governador Robinson Faria de forma irreversível”

O governador Robinson Faria (PSD) perde seu maior e mais fiel aliado, em apenas 30 dias de Governo: seu compadre José Dias, aliado de primeira hora do seu projeto político, confidente fiel, amigo das horas certas e incertas. Aliás, ex-amigo.

O senhor está com o governador Robinson Faria, seu compadre?

“Estou plenamente rompido com o governador Robinson Faria. Fui à Casa dele ontem, sem avisar evidentemente já que ia comunicar uma má notícia, ou não sei se para ele uma boa notícia. Pela confiança que tinha, cheguei lá por volta das 12h, saí de lá às 14h, e deixei com a senhora Julianne Faria o meu recado”.

Qual foi recado que você deixou com Julianne?

“Que estou fora completamente do Governo”.

Foto: Heitor Gregório 

(null)

Política

José Dias: “Rompi com Robinson por ele querer me usar como instrumento de traição”

Deputado dos mais respeitados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, José Dias (PSD) disse em entrevista que rompe com o governador Robinson Faria por ter sido usado como um instrumento de traição.

O que motivou seu rompimento com o governador Robinson Faria (PSD)?

“O fato dele querer me usar como instrumento de traição. Eu não traio nem por interesse próprio. Não vou trair por nenhum Rei”.

O rompimento é também de amigo?

“Eu quero discutir aqui o problema político. No campo pessoal para mim também é amargo. No campo político em fui correto com ele em todos os momentos. Fui solidário até quando ele não era candidato, tanto que fui dormir muitas vezes pensando que não seria nem candidato”.

Foto: Heitor Gregório

(null)

Política

“Sou oposição ao Governo de Robinson Faria e vou deixar o PSD”, avisa José Dias

Filiado desde o momento da criação do PSD, o deputado estadual reempossado José Dias avisa que vai deixar a legenda na primeira oportunidade que lhe surgir.

O senhor será oposição ao Governo de Robinson?

“Sou oposição ao Governo de Robinson, não ao Rio Grande do Norte”.

Vai deixar o PSD?

“É claro que vou deixar o PSD. Vou pedir imediatamente meu desligamento do Diretório. Vou aguardar se o partido vai se fundir, para sair, senão vou à Justiça lutar pela alforria. Se a Justiça não me liberar, concluirei o meu mandato, mas serei contra o PSD e votarei contra as decisões políticas do partido”.

Foto: Heitor Gregório

(null)

Política

“Não aceito conversar com Robinson por hipótese alguma”, diz José Dias

Aliança que foi eterna enquanto durou.

O deputado estadual José Dias (PSD) foi enfático após ser questionado pela imprensa, quando descartou uma possível conversa sua com o governador Robinson Faria.

O senhor admite conversar ainda com o governador Robinson Faria?

“Não aceito conversar com Robinson por hipótese alguma”.

Nem para tratar de uma questão pessoal?

“No momento, não”.

Foto: Heitor Gregório

(null)

Política

José Dias: “Votaria em Ricardo porque tinha o mesmo compromisso de Robinson”

José Dias revela os bastidores do processo para a escolha da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Se o senhor está rompido com Robinson, por que votou em Ezequiel?

“Votei em Ezequiel porque Ricardo não foi candidato. Eu tinha um compromisso político igualmente ao do governador. E para votar o empréstimo de R$ 850 milhões nós trabalhamos com o presidente a aprovação desse empréstimo, assim como até a aprovação da unificação dos fundos previdenciários”.

Política

Segundo José Dias, Robinson utilizou R$ 80 milhões do fundo previdenciário para pagar a folha salarial de Janeiro

Falando sobre a aprovação do fundo previdenciário, o deputado estadual José Dias revelou que somente para garantir o pagamento em dia da folha salarial do mês de Janeiro, o governador Robinson Faria utilizou R$ 80 milhões do fundo previdenciário.

“Sem falar que a ex-governadora Rosalba sacou do fundo da Previdência além do permitido pela Lei que nós aprovamos aqui na Assembleia Legislativa”, disse José Dias.

Política

Confirmado o rompimento de Zé Dias com o compadre Robinson Faria

A noite termina com a confirmação do rompimento político do deputado estadual José Dias (PSD) com o seu compadre, o governador Robinson Faria (PSD).

Dias não pede segredo, nem se restringe a dizer a ninguém que está rompido com Robinson.

E já diz que na primeira oportunidade fará um discurso detalhando o motivo do rompimento.

Uncategorized

José Dias vai romper com Robinson e deixar o PSD

A disputa pela Presidência da Assembleia Legislativa vai fazer o deputado estadual José Dias (PSD) romper com o Governo do seu compadre Robinson Faria (PSD).

Robinson teria dado a palavra ao compadre José Dias, que não iria interferir na disputa pela Presidência da Assembleia.

O governador não cumpriu a palavra com seu compadre. Interferiu.

José Dias não aceita. E foi ao apartamento do governador. Comunicou a sua comadre Julianne Faria que vai romper com Robinson e deixar o PSD.

Julianne disse a Dias que naquele momento Robinson não estava em casa.