Política

Comissão da Assembleia vai abrir procedimento contra Secretário Aldemir Freire

Em reunião da Comissão de Administração, Serviços Públicos e Trabalho (Caspt), na manhã desta quinta-feira (17), os deputados da Comissão presidida pelo deputado Kelps Lima (SDD), aprovaram a abertura de procedimento administrativo para apurar crime de responsabilidade pela ausência do secretário de Planejamento do Estado, Aldemir Freire em convocações. O titular da pasta foi convocado para prestar esclarecimentos sobre os gastos dos fundos especiais, incluindo o do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

“Desde setembro, quando mandamos inclusive perguntas por escrito, esperamos o Secretário, que já foi convocado mais de uma vez. Por isso determinamos que seja aberto procedimento para apurar crime de responsabilidade. O secretário não pode desmoralizar esta Comissão. Nós queremos que ele venha dar explicações, principalmente sobre os recursos do Detran. Se ele vier até o dia 31 deste mês, nós paramos o procedimento. Se não vier, o procedimento prosseguirá para apurar o crime de responsabilidade”, afirma o deputado Kelps.

Política

Kelps cobra presença do Secretário de Planejamento na Assembleia

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) em pronunciamento realizado na sessão plenária desta terça-feira (15) cobrou a presença do Secretário de Planejamento e Finanças do governo do Estado, Aldemir Freire, na Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa.

De acordo com o parlamentar, o secretário já agendou participação em reuniões realizadas pela comissão, mas não compareceu. “Isto demonstra falta de interesse em prestar contas dos recursos gastos pelo governo do Estado provenientes da arrecadação em setores da administração estadual”, disse o deputado, explicando que é preciso prestar contas, por exemplo, dos gastos do dinheiro do Idema e Detran.

Política

Kelps: “Governo do RN já arrecadou R$ 100 milhões de royalties em 2019 e não pagou atrasados”

Em pronunciamento na manhã desta quarta-feira (11), o deputado estadual Kelps Lima (SDD) questionou porque o Governo do Estado não utiliza os recursos arrecadados com os royalties do petróleo para pagar os salários dos servidores inativos que estão atrasados. Segundo o parlamentar, o montante arrecadado desde o início do ano soma a quantia de R$ 100 milhões.

“Me causa estranheza que este dinheiro da arrecadação dos royalties, que entra todo mês na conta do Governo do Estado, não foi usado para aliviar a conta dos servidores. O Governo já arrecadou R$ 100 milhões esse ano. Então porque esse dinheiro não foi usado para aliviar a conta em atrasos com os servidores inativos?”, questionou.

Kelps Lima lembrou que o projeto do Executivo estadual solicitando autorização para antecipar os royalties do petróleo para pagar os salários dos servidores foi o primeiro a ser apreciado e aprovado por esta Casa em 2019. “A proposta nunca saiu do papel. Foi um engodo para poder iludir o servidor e não ficar sob pressão”, reforçou.

Política

Solidariedade reúne pré-candidatos a vereador

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) reuniu cerca de 40 pré-candidatos a vereador de Natal na AABB na tarde desta terça-feira (20).

Segundo a assessoria do partido, a legenda quer lançar Kelps como candidato à Prefeitura do Natal o ano que vem e conquistar quatro cadeiras na Câmara Municipal.

O partido reafirmou oposição ao prefeito Álvaro Dias.

WhatsApp Image 2019-08-20 at 17.49.38

Política

Kelps Lima se manifesta contra tombamento do Hotel Reis Magos

O tombamento do Hotel Reis Magos foi objeto de pronunciamento do deputado estadual Kelps Lima (SDD) nesta terça-feira (6), na Assembleia Legislativa. O parlamentar se posicionou contra a transformação da propriedade em patrimônio oficial público.

“O Governo do Estado não pode fazer um tombamento com víeis ideológico, sem deixar claro de onde virão os recursos para preservá-lo, já que hoje não passa de um local que enfeia a paisagem da cidade e serve de ponto de encontro para marginais”, argumentou ele.

Política

Kelps cobra de Fátima debate sobre a Previdência no RN

A ausência da governadora Fátima Bezerra (PT) nos últimos debater sobre a Previdência chegou nesta quarta-feira (03) ao plenário da Assembleia Legislativa.

O deputado Kelps Lima (SDD) solicita que o Governo se preocupe em criar formas de diminuir o rombo herdado da gestão passada na Previdência, da ordem de R$ 130 milhões.

“Vou fazer um apelo para que a governadora abra uma discussão sobre a Previdência estadual”, afirmou Kelps, ressaltando que radicais que estão no entorno da governadora impedem o debate.

“Fátima é uma vitoriosa, é uma sobrevivente, trabalhadora, astuta”, disse Kelps, alertando que ela não pode destruir essa imagem por causa de radicalismos.

Política

Kelps afirma que previdência do RN tem rombo mensal que ultrapassa R$ 100 milhões

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) demonstrou preocupação na sessão plenária desta terça-feira (16) na Assembleia Legislativa sobre o déficit da previdência estadual, que segundo ele gira em torno de R$ 130 milhões. Em seu pronunciamento, o deputado disse que o atual sistema não é viável economicamente e precisa de mudanças e ampla discussão.

“Não tem uma solução mágica, mas é preciso que seja discutido. Peço encarecidamente que o governo coloque na mesa este assunto, que se não for resolvido trará gravíssimos problemas ao Estado. O rombo na previdência é hoje o maior problema financeiro do Rio Grande do Norte”, afirmou.

Kelps Lima explicou como funciona, atualmente, o sistema previdenciário do RN. “Hoje, o regime previdenciário do RN é o de repartição, nesse regime os trabalhadores ativos pagam os benefícios dos inativos. O problema é que esta conta não está fechando, porque existem menos pessoas trabalhando do que o número de aposentados”, disse o parlamentar, que fez questão de dizer que o déficit tem crescido há três gestões diferentes do Governo.

O deputado Hermano Morais (MDB) concordou com Kelps Lima. Para ele, o Governo precisa resolver este problema. “Todos os meses este rombo vai aumentar, pela quantidade de pessoas que estão se aposentando. É preciso discutir e encontrar uma solução para este déficit que se agrava a cada dia”, alertou Hermano.

Política

Kelps sobre royalties: “Queremos os números exatos, mas o Governo não dá satisfação”

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) voltou a cobrar do Governo do Estado, explicações sobre o uso de recursos de royalties de petróleo para pagamento de salários atrasados dos servidores inativos. Ele se referiu ao projeto já aprovado pela Assembleia Legislativa, que autorizou a antecipação dos royalties dos anos de 2019 a 2022.

“É um empréstimo caríssimo”, disse o deputado, provocando a Secretaria de Planejamento do Estado a dar explicações. “Queremos os números exatos, mas o Governo não dá satisfação”, disse Kelps, explicando que o Governo quer pagar atrasados com os royalties antecipados, mas não usou os royalties dos três primeiros meses de 2019 para antecipar os pagamentos dos atrasados.

O deputado Kelps Lima informou que o Governo arrecadou mais de R$ 47 milhões em 2019 e não utilizou para pagar inativos em atraso, justificando que teria outras despesas a honrar. “E como o Governo vai honrar esses pagamentos quando usar os royalties antecipados para pagar salários atrasados?”, questionou o parlamentar, ressaltando que a governadora Fátima Bezerra não anuncia calendário de atrasados da gestão anterior, mas ela e os servidores nomeados no seu Governo recebem seus salários em dia.

Foto: Eduardo Maia

Foto: Eduardo Maia

Política

Auxiliares de Fátima repudiam informação dada por Kelps de que Governo tem R$ 1,4 bilhão em conta

Coube ao secretário Estadual de Planejamento, Aldemir Freire, responder ao deputado estadual Kelps Lima (SDD), sobre a afirmação que fez na Assembleia Legislativa.

Segundo Kelps, após análise do Portal da Transparência, existe uma sobra financeira de R$ 1,4 bilhão nas contas do Executivo.

Veja a resposta de Aldemir:

Já o diretor da CAERN, Roberto Linhares, disse que a informação é fruto da ignorância:

Política

Kelps afirma que Governo do RN tem sobra financeira de R$ 1,4 bilhão

O deputado Kelps Lima (SDD) analisou o Portal da Transparência do Governo do Estado e afirmou, em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (14), que existe uma sobra financeira de R$ 1,4 bilhão nas contas do Executivo, segundo os dados apresentados no site. Esta é a segunda vez que Kelps apresenta sobras financeiras nas contas do Governo.

“Na primeira vez, o Governo disse que o dado apresentado estava errado, que não existia sobra, apesar dos números estarem no Portal da Transparência. É por isso que a Assembleia solicitou, através de requerimento da deputada Cristiane Dantas, a senha do Sistema Integrado de Administração Financeira, o SIAFI, para analisarmos os dados reais”, disse o parlamentar.

Kelps Lima disse que espera que o Governo disponibilize a senha para acessos dos deputados. O posicionamento dele é o mesmo do deputado Coronel Azevedo (PSL), que em aparte criticou o Governo do Estado por não ter reduzido despesas. “O Governo do Estado perde a oportunidade de dar o exemplo, como fez o presidente Jair Bolsonaro que anunciou a extinção de 21 mil cargos”, relatou o parlamentar.

Política

Solidariedade se aproxima do empresariado

O deputado estadual Kelps Lima formou mesa na tarde desta quinta-feira (14), no aconchegante Restaurante Flor de Sálvia, Av. Afonso Pena, com outros dois militantes do Solidariedade, Fernando Antônio e Lawrence Amorim, e o empresário Roberto Serquiz, que integra a diretoria da FIERN.

É o Solidariedade buscando aproximação com a classe empresarial potiguar.

Política

Kelps convida secretário para debater sobre contas do Governo na Assembleia

Depois de dar boas-vindas aos parlamentares de primeiro mandato, o deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) convidou, na primeira sessão ordinária do ano, nesta quarta-feira (06), o secretário estadual de Planejamento e Finanças, Aldemir Freire, para comparecer à Assembleia Legislativa e dar explicações sobre as receitas e despesas do Governo e sobre o saldo nas contas. Kelps falou sobre a ação na justiça cobrando o uso do saldo para pagar salários atrasados, e sobre a decisão de pagar a folha atual sem quitar as anteriores.

“A decisão da governadora Fátima Bezerra (PT) não respeita os princípios da impessoalidade e da ordem cronológica dos pagamentos que está causando prejuízo aos servidores”, disse Kelps, afirmando que a administração exige que o Estado não pertence ao governador. “Não existe o Governo Fátima, o Governo Robinson, o Governo Wilma”, ressaltou Kelps, lembrando que é autor da Lei da Impessoalidade, aprovada na Assembleia.

No seu pronunciamento, o parlamentar explicou que foi procurado por uma representante do sindicato dos servidores, “filiada ao PT”, e foi informado que havia um saldo de mais de R$ 400 milhões nas contas do Governo. A informação da sindicalista provocou uma ação na justiça, cobrando que o Governo use metade do saldo para pagar quitar parte da folha. Ele reiterou que na reunião da governadora Fátima Bezerra com os deputados, o secretário de Planejamento, Aldemir Freire, declarou que o mês de janeiro deixaria um saldo nas contas.

Kelps falou sobre um desencontro de informações entre o Portal de Transparência do Governo e as informações apresentadas pela Secretaria de Comunicação, e desafiou a governadora a assinar o documento apresentado.

Líder da governadora Fátima Bezerra na Assembleia, o deputado George Soares (PR) explicou que receitas carimbadas que não entram no fluxo de caixa não foram detectadas pelo parlamentar do Solidariedade, por isso o desencontro de informações entre o material divulgado e o Portal. “A ação de Vossa Excelência vai morrer em virtude do saldo que não tem”, adiantou George, explicando que com um saldo inferior ao divulgado por Kelps, não tem como o Governo pagar salários atrasados.

Política

Fábio Dantas confirma filiação ao Solidariedade juntamente com a deputada Cristiane

O ex-vice-governador Fábio Dantas confirmou ao blog a informação que corria nos bastidores.

Vai trocar o PSB pelo Solidariedade.

E a esposa-deputada Cristiane Dantas, vai deixar o PPL, atingido pela cláusula de barreira, se filiando também ao Solidariedade.

Cresce o partido presidido no RN pelo deputado Kelps Lima, que se tornou deputado em 2012, na condição de primeiro suplente, quando Poti Júnior foi escolhido conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), vencendo por um voto o próprio Fábio Dantas, filiado na época ao PHS.

Kelps assumiu o mandato de deputado em 2012, foi reeleito em 2014 e 2018. Em 2016, chegou a disputar a Prefeitura de Natal.

Política

Em artigo, Kelps critica medidas iniciais do Governo Fátima

ARTIGO DO DEPUTADO ESTADUAL KELPS LIMA SOBRE AS PRIMEIRAS MEDIDAS DO GOVERNO FÁTIMA

Não foram boas as primeiras medidas do Governo Fátima.

Elas confirmaram o temor que a gente já tinha: falta de um projeto com sequência lógica de ataque ao que é mais desesperador, aliado a mecanismos de substituição dos defeitos do alicerce que provocam esse desespero.

Os salários atrasados representam o telhado velho que já não protege mais da chuva. O desespero.

A fórmula atual da previdência representa o alicerce quebrado, que não sustenta mais as paredes.

Fátima criou um sofisma para dizer que tem a fórmula para cessar o desespero, e criar a retórica de que os salários estarão em dia dentro da gestão dela. Mas não tocou no assunto mais grave, o alicerce, que é a previdência.

Não adianta só trocar as telhas. Sem o alicerce, elas vão cair e a chuva vai continuar molhando.

Fátima disse que vai pagar janeiro de 2019 e, quando puder, pagar o restante da folha que está faltando aos servidores: Décimo de 2017, Salários de novembro e dezembro de 2018, e Décimo de 2018.

A história do RN, então, na narrativa do novo governo, fica dessa forma: AF (antes de Fátima) e DF (depois de Fátima).

Os problemas de antes não eram dela. Então, os salários de quem trabalhou até dezembro de 2018 não são problemas do novo Governo Fátima. Pertencem a uma era AF. Fátima surgiu agora.DF. Depois de Fátima. E, neste período DF, não haverá desespero. Ao contrário. Haverá ANTECIPAÇÃO DE SALÁRIO.

O Sofisma é o argumento ou raciocínio concebido com o objetivo de produzir a ilusão da verdade, que, embora simule um acordo com as regras da lógica, apresenta, na realidade, uma estrutura interna inconsistente, incorreta e deliberadamente enganosa.

Ainda dá tempo. O Governo está só começando. Mas, agora, além da questão fiscal, será preciso recuperar outra coisa na relação entre a sociedade e o novo Governo, a CONFIANÇA.

O AF e o DF não cola. É uma fórmula antiga. Da política antiga.

Kelps Lima. Mestre em Gestão Pública. Deputado Estadual.

Política

Kelps Lima: “A grande preocupação hoje é saber o que Fátima vai fazer para colocar em dia o salário dos servidores”

O deputado Kelps Lima (SOLIDARIEDADE) externou preocupação com a demora na apresentação do plano governamental de Fátima Bezerra (PT). O parlamentar pronunciou-se durante a sessão plenária desta terça-feira (04). O documento, segundo ele, ainda não foi apresentado.

“A grande apreensão das pessoas é saber quais serão os projetos que a nova governadora irá fazer para resolver a situação da previdência e pagar os salários atrasados, por exemplo”, observou. Kelps Lima aproveitou para lembrar que, em visita a Assembleia Legislativa, ele mesmo chegou a questioná-la a respeito dessas propostas para áreas importantes como Saúde, Educação, Segurança, dentre outras.

O deputado disse também que o empresariado local também está aguardando um posicionamento de como será o governo Fátima Bezerra para que a classe possa investir no Estado. “A impressão que dá é que ela não tem propostas precisas”, declarou. Por fim, o parlamentar destacou que nem mesmo os titulares das principais pastas foram anunciados.

Kelps

Foto: João Gilberto

Política

Trio (?) do Solidariedade em conversa no plenário da Assembleia

Na manhã desta quarta-feira (07), os deputados estaduais reeleitos Kelps Lima (SDD) e Cristiane Dantas (PPL), mais o estadual eleito Alysson Bezerra (SDD) estavam em conversa animada no plenário da Assembleia Legislativa.

É o futuro trio do Solidariedade?

A deputada Cristiane Dantas deverá se filiar ao Solidariedade, tendo em vista que seu partido, o PPL, foi atingido pela cláusula de barreira.

 

Solidariedade

Política

Kelps afirma que Fátima não responde sobre o que fazer para resolver a Previdência do RN

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) destacou durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (6), as sugestões do parlamentar apresentadas à governadora eleita Fátima Bezerra (PT).

“Semana passada sugeri que a governadora eleita deixasse as festividades de lado para cuidar da equipe de transição de governo. É o que ela tem feito”, disse Kelps Lima.

O parlamentar disse ainda que outra sugestão foi que ela visitasse a Assembleia Legislativa para analisar a pauta de votação da Casa – fato que aconteceu na manhã desta terça-feira, quando Fátima Bezerra foi recebida pelos deputados, ocasião em que esteve acompanhada por sua equipe de transição.

Outra questão abordada por Kelps diz respeito à Previdência, tema de grande relevância para o Estado. O deputado disse ter perguntado para a governadora eleita o que será feito em relação ao tema. De acordo com o ele, Fátima afirmou que o assunto será debatido com a equipe de transição.

Política

Solidariedade de Kelps deve crescer bancada na Assembleia

O Solidariedade deverá crescer a bancada na Assembleia Legislativa.

Além de Kelps Lima e do deputado eleito Alysson, a deputada Cristiane Dantas deverá se filiar ao partido.

Cristiane atualmente integra o PPL, que será atingido pela cláusula de barreiras.

Detalhe: Kelps será uma das vozes de oposição ao Governo Fátima no Palácio José Augusto. 

Política

“O Solidariedade não quer nenhum cargo no Governo Fátima”, adianta Kelps Lima

Em pronunciamento na primeira sessão ordinária depois do resultado oficial das urnas, nas eleições de 2018, o deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) cumprimentou a governadora eleita Fátima Bezerra (PT) e o presidente da República eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Ele aproveitou o momento para apresentar sugestões à senadora que assumirá o Governo no dia primeiro de janeiro do próximo ano.

“Sugiro à Assembleia convidar a governadora eleita Fátima Bezerra para uma visita a esta Casa para analisar a pauta de votação”, disse Kelps, referindo-se aos projetos que tramitam na Assembleia. Segundo o deputado, uma discussão nesse sentido com Fátima seria interessante para que se analisasse o que será interessante para ser votado até o fim do ano. “Podemos adiantar pautas que sejam de interesse do novo Governo e da sociedade”, ressaltou Kelps.

Outra sugestão de Kelps foi que a governadora eleita aceite os votos de congratulação, mas não faça desse período que antecede sua posse, uma temporada de festejos e comemorações pelo interior. “Sugiro que ela não vá se encher de festas e vá trabalhar”, disse o parlamentar, que ainda alertou a senadora para não lotear o seu Governo. “O Solidariedade não quer nenhum cargo no Governo”, adiantou. Medidas duras no início da gestão foi outra sugestão encaminhada pelo deputado para a governadora eleita.

Kelps Lima

Deputado Kelps Lima (Foto: Eduardo Maia)