Economia

Melão do RN vai para a China

O Brasil fechou acordo com a China que viabiliza a exportação de melão, produzido no RN, para o país asiático.

Em contrapartida, os chineses poderão vender pera para o mercado brasileiro.

Os protocolos sanitários foram firmados após reunião bilateral entre os presidentes Jair Bolsonaro e Xi Jinping, dentro da XI Cúpula do Brics, que teve início nesta quarta-feira (13) em Brasília.

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) participou do encontro.

O acordo para exportação de melão é simbólico por se tratar do primeiro entendimento com a China sobre frutas. Além da diversificação da pauta exportadora agrícola para a China (a maioria das vendas é de soja e carne), o protocolo tem potencial de alavancar a fruticultura brasileira, principalmente da Região Nordeste, que hoje direciona as vendas externas para a Europa.

Foto: Alan Santos/PR

Economia

Melão do RN para China

A China deve importar melão produzido no Brasil e habilitar novos frigoríficos brasileiros para fornecerem carne àquele país. Em compensação, o Brasil vai importar pera chinesa. O anúncio foi feito pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que se reuniu na última quarta-feira (23) com o colega chinês, Han Changfu.

É uma notícia que anima o Rio Grande do Norte e vai fortalecer a economia, pois somos o maior produtor de Melão do Brasil. Sem falar que poderá aumentar a movimentação de frutas do Porto de Natal.

Luiz Roberto Barcelos, da Agrícola Famosa, comemorou a notícia, bem como o Presidente Jair Bolsonaro e a governadora Fátima Bezerra.

Melão