Cidades

Rede Hoteleira prevê ocupação de 90% nos finais de semana do Mossoró Cidade Junina

Com abertura oficial no dia 8 de junho, com o Pingo da Mei Dia, o Mossoró Cidade Junina 2019 vai até o dia 30 de junho, sendo encerrado com o Boca da Noite. Há pouco mais de 40 dias para o maior evento popular de Mossoró, a rede hoteleira local já registra o aquecimento nas reservas e procuras por pacotes para hospedagem durante os dias do Mossoró Cidade Junina. Com o lançamento da programação oficial, pela Prefeitura, a expectativa é que os hotéis alcancem uma taxa de ocupação de 90% durante os finais de semana do evento.

A avaliação é do diretor da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH/RN) e de um dos principais hotéis de Mossoró, Gabriel Barcelos. Ele lembra que antes do MCJ, o mês de junho era período de baixa estação e um dos piores para a rede hoteleira. “O evento é muito importante, pois sem ele o mês de junho seria de baixa estação. No Hotel Thermas, a expectativa é lotar todos os finais de semana do Cidade Junina”, frisa Barcelos.

O secretário executivo do Mossoró Convention Bureau, Rutilo Coelho Figueiredo, afirma que a expectativa é boa. A frente do Hotel Villaoeste, ele informa que o hotel já está com dois finais de semana com lotação máxima. “O final de semana do Pingo e o último final de semana de junho já estamos lotados”, destaca.

A divulgação do evento e do destino Mossoró vem sendo realizada pela Prefeitura desde o ano passado em diversos eventos e junto a agentes de viagem. Com isso, o município espera um fluxo maior de turistas circulando na cidade. É o que avalia o secretário municipal do Turismo, Lahyre Rosado Neto. “No ano passado intensificamos a divulgação do destino Mossoró e do MCJ 2019 junto a agentes de viagens de todo o país, bem como em feiras e eventos nacionais. Com isso esperamos receber um fluxo maior de turistas durante o período”, avalia o secretário.

Cidades

Mossoró esclarece

Esclarecimento da Prefeitura de Mossoró

Com os salários rigorosamente em dia; pagamento do décimo-terceiro de 2019 no mês de aniversário dos servidores; reajuste e piso salarial de 3. 539,54, quase mil reais a mais do que o nacional que é de 2.557,74 e com os valores retroativos a janeiro e fevereiro pagos no salário de março, conforme a lei municipal; mudança de nível e de classe e pagamento do 14º salário, a Prefeitura de Mossoró não vê motivos para a greve de parte dos professores da rede municipal de ensino. E convoca os educadores que ainda estão fora da sala de aula a retornarem às funções.

A paralisação compromete o direito à educação de qualidade de parte dos alunos, crianças e adolescentes.

Em respeito aos alunos e aos professores que estão cumprindo com seu dever de educar, a Prefeitura de Mossoró avisa que está cortando o ponto dos grevistas e apela para o bom senso de todos, para que retornem imediatamente o trabalho na sala de aula.

Cidades

Ministra entrega benefício para Conselho da Pessoa Idosa de Mossoró

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos realizou na tarde desta quarta-feira (03), a cerimônia de entrega dos kits de equipagens para os Conselhos Municipais da Pessoa Idosa de 17 cidades brasileiras. No Rio Grande do Norte, Mossoró foi beneficiada por meio de emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil indicada pelo deputado federal Beto Rosado (Progressistas).

O Conselho dos Direitos da Pessoa Idosa de Mossoró vai receber em breve, um veículo 0km, uma televisão 50 polegadas, três computadores, câmeras webcam, cadeiras, mesas, armários e bebedouro. “Os equipamentos vão aprimorar o atendimento à pessoa idosa, proporcionando assim, mais ações assistenciais aos que mais precisam”, afirmou Beto Rosado.

A cerimônia aconteceu no Auditório do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos na presença da ministra Damares Alves, vice-prefeita Nayara Gadelha e a Secretária de Assistência Social de Mossoró Lorena Ciarlini. Na mesma ocasião, também foram entregues kits para as cidades de Nísia Floresta, Parnamirim e Pau dos Ferros.

DSC_7141

Cidades

“Estamos muito preocupados”, afirma Secretária de Saúde de Mossoró sobre falta de tomógrafo no Tarcísio Maia

Com o tomógrafo quebrado no Hospital Regional Tarcísio Maia e inviabilizando a realização de exames em Mossoró, a Prefeitura de Mossoró precisa disponibilizar ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para transportar os pacientes à Natal. A situação tem provocado dificuldades na oferta do serviço de urgência das viaturas do SAMU devido à distância e o problema recorrente das macas retidas no hospital, ocasionado pela falta de leitos na unidade.

“Estamos muito preocupados com essa situação, pois é complicado o transporte desse tipo de paciente, até porque há uma distância considerável e o SAMU não dispõe de ambulâncias suficientes para isso. Temos que garantir assistência à população e levar pacientes de Mossoró e região para Natal. Mesmo assim, informamos que Secretaria de Saúde está à disposição para colaborar no que for possível”, informa a secretária de Saúde, Saudade Azevedo, citando ainda sobre o contato feito com o secretário adjunto da Secretaria Estadual de Saúde (SESAP), Petrônio Spinelli, para viabilizar uma ambulância vindo de Natal e ser montada uma equipe junto com o Município. “Mas acredito que o mais correto nesse momento é fazer um novo contrato emergencial, mesmo que por tempo determinado, com o Instituto de Mama para realização dos exames em Mossoró”, complementa.

Cidades

Chuva causa transtornos em Mossoró

O sábado está sendo de muita chuva pelo interior do Rio Grande do Norte.

Em Mossoró, a chuva forte causou alagamentos em vários pontos da cidade.

E transtornos.

Mossoró-Chuva

Foto que circula em grupos de WhatsApp

Cidades

Prefeitura de Mossoró segue pagando em dia aos servidores

Em tempos de crise, a Prefeitura de Mossoró segue cumprindo a obrigação de pagar em dia aos servidores municipais.

Os salários já estão na estão nas contas dos servidores com o reajuste, conforme compromisso firmado.

A Prefeitura também vai pagar os novos pisos salariais dos professores e agentes de saúde e endemias.

Além do reajuste de 3,75%, os servidores recebem hoje as vantagens como Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ), plantões da saúde e do trânsito, férias, entre outros. Esses valores vão estar nas contas partir do começo da tarde. Apenas o 13° dos nascidos em março será pago na próxima segunda-feira.

Cidades

Reajuste aos servidores de Mossoró é aprovado pela Câmara

O Projeto de Lei Complementar do Executivo (PLCE) Nº 138/2019 que concede reajuste salarial de 3,75% aos servidores municipais foi aprovado na Câmara Municipal de Mossoró nesta terça-feira (12).

Com um resultado de 13 votos favoráveis e 7 contrários, o PL foi aprovado na íntegra e segue para sanção da Prefeita.

De acordo com o estudo de viabilidade econômico-financeiro feito pelo município, o reajuste representa um impacto da ordem de R$ 1 milhão de reais por mês.

O Projeto recebeu votos favoráveis dos vereadores Alex Moacir (MDB), Aline Couto (sem partido), Didi de Arnor (PRTB), Emílio Ferreira (PSD), Flávio Tácito (PPL), Francisco Carlos (PP), Manoel Bezerra (PRTB), Maria das Malhas (PSD), Ricardo de Dodoca (PROS), Rondinelli Carlos (PMN), Sandra Rosado (PSDB), Tony Cabelos (PSD) e Zé Peixeiro (PTC).

O vereador Rondinelli Carlos defendeu seu voto favorável ao projeto pontuando que Mossoró é um dos poucos municípios a conceder reajuste salarial e ainda manter a folha em dia. “Votamos favoráveis ao aumento dos servidores e gostaria de destacar o esforço da Prefeitura que tem assegurado que os servidores recebam rigorosamente em dia. Nós tivemos a tranquilidade de aprovar o projeto porque de acordo com o impacto econômico-financeiro é o que o município pode pagar “, frisou o vereador.

Essa também foi a opinião do vereador Manoel Bezerra (PRTB), diante dos manifestos do movimento sindical da categoria que compareceu durante a plenária. “É melhor receber o salário em dia e ter o aumento que pode ser dado do que receber um aumento maior e não receber o salário. Todo aumento do servidor que vier para ser votado eu voto a favor ”, justificou.

Cidades

Prefeitura de Mossoró cumpre TAC com MP que proíbe comércio ambulante de alimentos no entorno de escolas

Cumprindo o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado em 2016 com o Ministério Público, o município iniciou essa semana a notificação dos ambulantes que comercializam alimentos não saudáveis nas calçadas de escolas públicas de Mossoró. Caso se negasse a cumprir o que foi pactuado, o TAC prevê uma multa diária de R$ 500 reais para Prefeitura a contar da data de assinatura. Atualizado, esse valor já ultrapassa os R$ 570 mil.

De acordo com o documento, assinado em 28 de julho de 2016, pelo então prefeito, Francisco José Silveira Junior, a justificativa do MP é de que esses comerciantes estão descumprindo duas leis: obstrução do passeio público, além da lei municipal Nº 2.712/2010 que institui o programa de Alimentação Saudável no âmbito das unidades escolares da rede municipal de ensino. “Submetem-se as disposições desta lei quem comercialize alimentos no ambiente escolar. Considera-se ambiente escolar o espaço interno da Unidade Educacional e seu entorno, especialmente calçadas e meio-fio”, diz o trecho da Lei.

Desde 2017, o Município tem realizado reuniões com os comerciantes para promover capacitações através das Secretarias de Desenvolvimento Social e Desenvolvimento Econômico. Em relatório encaminhado pelo Desenvolvimento Social para 4ª Promotoria de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, em maio de 2018, foi informado o resultado das ações com o objetivo de oferecer novas oportunidades para esses ambulantes. “Foram realizadas algumas reuniões com os mesmos onde contamos com a presença das Secretarias, e na oportunidade esta Secretaria contou com a participação da Diretoria de Oportunidades, setor desta Secretaria, que se disponibilizou em receber os ambulantes e encaminhar para os cursos profissionalizantes na medida do possível. No entanto, não houve procura pelos mesmos, salvo por um dos ambulantes que inclusive participou de um curso de Panificação”, informa o documento.

Cidades

Mossoró do Petróleo e da gasolina cara

O município de Mossoró é o maior produtor em terra de Petróleo do país.

Apesar do título, a gasolina continua sendo vendida com o preço bem acima de outras cidades.

Enquanto em Natal, a gasolina está sendo vendida por R$ 3,99.

Em Mossoró, a maioria dos postos cobram entre R$ 4,30 e R$ 4,35.

Alguém explica?

Cidades

Ministério Público diz que pela primeira vez Prefeitura de Mossoró cumpriu orçamento ao Fundo da Infância e Adolescência

Pela primeira vez, a Prefeitura de Mossoró cumpriu integralmente a lei orçamentária anual destinando a dotação para o Fundo da Infância e Adolescência (FIA). Foram repassados para o fundo o montante de R$ 325.267,00 previsto para 2018. Além disso, o Município também transferiu a quarta parcela de R$ 64.161,89 referente a uma dívida com o FIA.

A divulgação feita pelo Ministério Público ressalta a atuação da Promotoria e o acordo feito com o Município, homologado pela Vara da Infância e Juventude, no âmbito de uma ação civil pública.

“São repasses vultosos que valorizam o FIA e a participação democrática da discussão sobre o orçamento, pois a comunidade será mobilizada para escolher os projetos para a atenção e a garantia dos direitos das crianças”, declarou o 4º promotor de Justiça de Mossoró, Olegário Gurgel.

Cidades

Servidores de Mossoró receberam salários ontem (30)

A Prefeitura de Mossoró anuncia que foram creditados ontem (30) os salários de todo o funcionalismo municipal.

Estão sendo pagos na próxima semana o terço de férias da educação, décimo-terceiro dos aniversariantes de janeiro e plantões.

Com o pagamento, a Prefeitura dá continuidade à política de valorização do servidor público municipal. O cronograma segue desde o início da atual gestão, que inclui também antecipação dos repasses.

Cidades

Rosalba não vai gastar com Carnaval de Mossoró para manter as prioridades dos salários em dia e obras

A Prefeitura de Mossoró anuncia que não vai haver carnaval em 2019 com recursos municipais. A medida visa conter gastos e direcionar investimentos para serviços essenciais, a exemplo do pagamento da folha salarial do funcionalismo, programa Semear, entre outros.

“Estamos anunciando que não será realizado carnaval em 2019 porque precisamos manter rigorosamente em dia o cronograma de pagamento do servidor, além de investir em programas para o homem do campo, como o Semear, que consiste na compra de sementes e óleo diesel para o corte de terra. São ações que devem ser realizadas no início ano para aproveitamento das primeiras chuvas”, informa a prefeita Rosalba Ciarlini.

A iniciativa faz parte de uma série de ações de contenção de despesas do Município, visando maior investimento em áreas que garantam o pleno funcionamento administrativo da Prefeitura e o melhor atendimento à população.

Cidades

Prefeitura de Mossoró quita salários deixados em atraso pela gestão anterior

A Prefeitura de Mossoró quitou todos os débitos relativos a salários de 2016 deixados pela administração anterior. O Município creditou hoje (16) os valores que correspondem a 1,3% dos servidores que restavam das dívidas salariais referentes a dezembro, contabilizando R$ 340.546,61. No total, a atual gestão repassou aos funcionários o equivalente a R$ 26.097.142,05, isso inclui salários de novembro e dezembro.

“É preciso ressaltar que fizemos um grande esforço para pagar as dívidas salariais deixada pela gestão anterior, assumindo também o compromisso de pagamento do salário do servidor rigorosamente em dia. Não atrasamos um mês sequer, em tempos de recessão econômica e dificuldades”, enfatiza a prefeita Rosalba Ciarlini. O valor superior a R$ 26 milhões inclui ainda todos os encargos sociais atrasados, já efetuados desde o início de 2017. Também estão inclusos pagamentos de direitos trabalhistas, como indenizações, plantões, diárias operacionais e horas-extras de todos os servidores.

O calendário de pagamento dos valores em atraso de 2016 foi um compromisso assumido com as categorias no início da gestão, em janeiro de 2017. O Município montou um cronograma de repasses de acordo com as faixas salariais, atendendo a todo o funcionalismo municipal.

Cidades

Prefeitura de Mossoró busca acordo e aguarda repasse do Governo do Estado para cirurgias eletivas

A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria de Saúde, explica que a liberação das cirurgias eletivas não depende exclusivamente da Prefeitura de Mossoró, mas também da liberação de recursos financeiros do Governo do Estado.

No Termo de Cooperação Técnica Financeira firmado entre a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ficou definido que a Prefeitura de Mossoró se responsabilizaria pela complementação de 40% do valor SUS das cirurgias de média complexidade e o Governo do RN com os outros 60%, uma vez que o Município atende pacientes de outras regiões. No entanto, desde fevereiro de 2018, nenhum valor foi repassado à Prefeitura chegando a uma dívida de mais de R$ 16 milhões.

“O Município tem uma pactuação com o Governo do Estado na qual ele tem que repassar um valor correspondente a 60% de complementação e o Município tem que arcar com 40%. Infelizmente desde fevereiro não existe repasse por parte do governo do Estado, chegando a uma dívida na casa dos 16 milhões.”, destaca a secretária de Saúde, Saudade Azevedo.

A secretaria ainda destacou que o Município fez um levantamento do que se deve e está chamando os prestadores para uma negociação, afim de chegar a um acordo. “Recebemos ontem a visita de técnicos da Secretaria Estadual de Saúde, do secretário adjunto, Dr Petrônio Spinelli, e da coordenadora Hospitalar da Rede de Hospitais do Estado, Dra Milena, e nós estamos aguardando um posicionamento deles para que a gente possa fazer uma proposta, um cronograma de pagamento do Município. Vamos buscar acordos para voltar a realizar as cirurgias.”, explicou.

Política

Prefeitura de Mossoró estabelece novas diretrizes para estagiários; Oposição cria fato político

A Prefeitura de Mossoró tem atualmente mais de 600 estagiários, sendo 248 somente na Secretaria Municipal de Educação.

Decidiu estabelecer critérios e regras para se adequar à lei.

Para isso, o executivo vai rescindir o contrato atual dos estagiários, fazer convênios com as instituições de ensino, examinar tecnicamente cada candidato e abrir novamente a contratação.

Uma comissão de estagiários já foi recebida pelo secretário de administração, Pedro Almeida e também com a Procuradoria, para dialogar sobre o assunto.

A oposição aproveitou o momento e deu o tom político, sob a liderança da deputada estadual eleita Isolda (PT), que participa do movimento.

E na nesta quinta-feira (03), quando participava da cerimônia de recondução ao cargo da presidente da Câmara, vereadora Izabel Montenegro, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) foi surpreendida com um protesto pedindo a permanência dos atuais estagiários.

Protesto que tinha mais líderes políticos e integrantes de oposição do que os próprios estagiários.

Cidades

Salários são creditados nas contas dos servidores municipais de Mossoró

A Prefeitura de Mossoró já repassou os valores referentes aos salários dos servidores municipais. Os pagamentos foram creditados nas contas hoje (28) para todo o funcionalismo.

Com o repasse do mês de dezembro, a Prefeitura de Mossoró dá continuidade ao cronograma de pagamento definido desde o início da atual administração. Mesmo com a diminuição da arrecadação municipal, os salários foram pagos rigorosamente em dia durante todo o ano de 2018, a exemplo do que também ocorreu em 2017.

O décimo-terceiro salário todos os servidores aniversariantes do mês de dezembro também foi repassado no último dia 20.

 

 

Cidades

Prefeitura de Mossoró efetua hoje pagamento dos servidores municipais

A Prefeitura de Mossoró paga hoje (30) os salários dos servidores municipais efetivos e comissionados. Os valores serão creditados nas contas até o fim da tarde.

Já os adicionais ao salário, tais como plantões, horas-extras, décimo terceiro, entre outras vantagens, serão pagos na próxima semana.

O Município continua cumprindo o cronograma de pagamento no último dia útil do mês. Desde que assumiu, a gestão paga rigorosamente os salários dos servidores em dia.

 

Diversos

Vinda de Mossoró, imagem de Santa Luzia terá peregrinação em Natal

A república mossoroense que mora em Natal terá oportunidade de festejar Santa Luzia, padroeira da cidade de Mossoró.

Uma programação foi divulgada:

Dia 30/11

16:00hs – Igreja de Santo Afonso Ligório, em Mirassol. Concentração para receber a imagem de Santa Luzia. Desfile em carro aberto e carreata até a Igreja de Santo Agostinho, no Conjunto dos Professores. Recepção pela banda da Polícia Militar

Dia 01/12

09:00 – visita e procissão na Liga Norteriograndense Contra o Câncer, no Alecrim. A imagem ficará disposta para visitação durante todo o dia na Capela do Hospital.

Dia 02/12

17:00 – Missa de Despedida na Capela de Santa Luzia do San Vale. (Rua lateral ao Atacadão).

Dia 03/12

Retorno para Mossoró

Cidades

Em Mossoró, APAMIM descumpre decisão judicial sobre atualização de informações no Portal da Transparência

Em decisão de junho deste ano, a Justiça determinou que a Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e Infância de Mossoró (APAMIM) divulgue o detalhamento dos dados financeiros mensalmente, com prazo estipulado até o 15° dia do mês subsequente. No entanto, as informações ainda não foram atualizadas no Portal da Transparência.

“(…)visando ao desafogamento deste processo e ao aprimoramento desta intervenção, determino à APAMIM que, através de site ou meio eletrônico adequado, a ser criado no prazo de 30 (trinta) dias, promova ali a devida prestação de contas, a qual deverá ser atualizada mensalmente, até o 15º dia útil do mês subsequente”, detalha o despacho publicado em junho.

A Procuradoria reiterou em requerimento a solicitação da atualização dos dados, sob pena de multa diária para a APAMIM.

A Prefeitura de Mossoró apresentou no sábado (10) o detalhamento financeiro dos últimos três anos com relação ao investimento e repasses SUS direcionados à APAMIM. O valor total é superior a R$ 27 milhões. O Município informou também a solicitação de auditoria para dar transparência e clareza à sociedade sobre os altos investimentos de recursos públicos naquela unidade.

Cidades

Azul Linhas Aéreas amplia oferta de voos semanais em Mossoró a partir de domingo (04)

Com atuação em 107 cidades brasileiras, a Azul Linhas Aéreas confirmou que a partir do próximo domingo (4), vai operar com seis voos semanais para Mossoró, o que deve incrementar ainda mais o fluxo de turistas para cidade. Desde junho, quando Mossoró passou a integrar a malha da Azul, a empresa aérea opera com voos aos domingos, segundas, quartas e sextas. A partir do dia 4 de novembro, os passageiros terão a opção de voos às terças e quintas.

Além da ampliação da oferta de vôos, a Azul Linhas Aéreas em parceria com o Município também está divulgando o destino Mossoró para agentes de viagens de 12 cidades brasileiras. A ação faz parte da campanha “Tudo Começa Azul”. “Com essa campanha de divulgação do destino e o aumento da oferta de vôos para Mossoró, esperamos fortalecer toda cadeia produtiva do turismo que é um importante vetor econômico, capaz de gerar oportunidades de emprego e renda”, comentou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Lahyre Rosado Neto.