Natal

Obras de recuperação de Mãe Luíza serão entregues nesta segunda-feira

Depois de mais de um ano do desastre que levou 85 casas ao chão, rompeu tubulações de água e formou um imenso buraco na encosta de ligação à rua Guanabara, em Mãe Luíza, a Prefeitura do Natal irá entregar aos moradores, nesta segunda-feira (07), a nova rampa de acesso, escadaria, academia funcional, posto policial e os serviços de macro e microdrenagem de outras vias do bairro.

A cerimônia de inauguração do novo espaço será às 17h, e contará com a presença do prefeito Carlos Eduardo, do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, do senador Garibaldi Filho, secretários, vereadores e líderes comunitários.

“Dos R$ 5,6 milhões de reais repassados pelo Ministério da Integração Nacional para as ações de reconstrução, cerca de R$ 400 mil serão devolvidos”, afirma o Secretário de Obras, Thomaz Neto. 

Foto: DDrone  

Natal

Henrique consegue liberação de R$ 2,4 milhões e obras de Mãe Luiza são retomadas

A Prefeitura do Natal, por intermédio da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), confirma a informação que o Ministério da Integração liberou a ordem de pagamento no valor de R$ 2,4 milhões de reais referente a parcela em atraso para continuidade dos serviços de recuperação da encosta do bairro de Mãe Luíza. Ao final, a recuperação da Rua Guanabara, a construção do muro de arrimo e a reurbanização da encosta custará em torno de R$ 5,6 milhões.

De acordo com o titular da Semov, Tomaz Pereira Neto, os serviços tinham sofrido paralisação na segunda por parte da empresa TeconPav, que toca a obra desde o mês de janeiro. “Estávamos com um sério problema para resolver. A descontinuidade dos serviços de urbanização da encosta localizada na rua Guanabara era algo perigoso, principalmente nessa semana de chuvas na cidade. O cenário era nebuloso”, confirmou o secretário.

A boa notícia foi dada no começo da tarde de ontem, quando o prefeito Carlos Eduardo obteve a confirmação do ministro do Turismo, Henrique Alves (que ajudou nas conversas com o Ministério da Integração), que a ordem de pagamento estava liberada e que na manhã desta terça-feira (28), o dinheiro será depositado na conta especifica aberta pela Prefeitura para a obra em Mãe Luíza. “Ficamos felizes com a notícia e agora é tocar com os serviços, que acredito, estarão finalizados em 10 de setembro. Com a reurbanização da rua Guanabara concluída, poderemos dar continuidade aos trabalhos de microdrenagem em outras vias do bairro. Sem o medo de desabamentos ou outros problemas”, ressaltou o secretário Tomaz Neto.

  

Natal

Obras de Mãe Luíza param por falta de recursos

As obras de reestruturação da área do bairro de Mãe Luíza, que desabou no ano passado em virtude das fortes chuvas que atingiram Natal, começam a semana paradas, mesmo com 75% já executadas, devido à falta de recursos.

O Ministério da Integração Nacional atrasou o repasse dos recursos.

O projeto tem um valor total de R$ 7,5 milhões. O governo federal já liberou a primeira parcela dos recursos, correspondendo a 30% do valor total do projeto, faltando outras duas parcelas.

Toda a estrutura de macrodrenagem já foi concluída e a estabilização da encosta está em fase de acabamento. Foram instalados 70 metros de tubulação, aumentando em seis vezes a capacidade de escoamento existente. Além disso, os 60 operários que trabalham na área estão executando a rampa de acessibilidade que mede 300 metros, bem como a escadaria com 73 metros de extensão.

Foto: Ilo José

z

Cidades

Prefeitura inicia macrodrenagem de Mãe Luiza‏

As obras de macrodrenagem da encosta do bairro de Mãe Luiza, localizado na zona Leste, foram iniciadas na manhã desta terça-feira (3). A empresa Teconpav  recebeu os primeiros mil metros de tubulação, de um total de 2.200 metros. De acordo com o secretário adjunto de Operação da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), Caio Múcio Pascoal, a macrodrenagem vai escoar as águas da chuva, não permitindo que as mesmas acumulem em um único lugar.

Ele disse que a drenagem principal, que vai da rua Guanabara à avenida Silvio Pedrosa também começou. Dos 70 metros de tubulação previstos, 18 metros já foram feitos, o que corresponde a seis vezes mais à galeria que existia no local. Ainda segundo Caio Múcio, serão precisos mais quatro meses para a segurança total da obra. “A escadaria que construiremos mede 73 metros e a rampa de acessibilidade chega aos 300 metros”, informou o adjunto.

Foto: Cedida

Sem categoria

Moradores da comunidade vão atuar nas obras de recuperação de Mãe Luiza‏

Os moradores de Mãe Luiza vão atuar nas obras de recuperação da área afetada pelas chuvas que caíram no mês de junho de 2014. A Prefeitura do Natal pediu a empresa responsável pelas obras que os moradores da comunidade qualificados para o serviço fossem priorizados. Aguardadas ansiosamente pela população do bairro, as obras de recuperação e urbanização da área afetada pelas chuvas em Mãe Luíza iniciam nesta semana, mais precisamente nesta terça-feira (13), com o início da instalação do canteiro de obras, que inclui escritório, tapumes, maquinário e mobilização de pessoal.

De acordo com o secretário adjunto de Conservação da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), Valter Fernandes, após a montagem do canteiro central, a construtora Teconpav – empresa vencedora da licitação – dará início à drenagem, iniciando na rua Silvio Pedrosa até a rua Guanabara. “Pedi à construtora que priorizasse o pessoal da comunidade, desde que tenham qualificação para o serviço”, disse o secretário.

Ainda segundo ele, a etapa seguinte será a montagem da estrutura de contenção e a macro e microdrenagem da parte superior. Em seguida, serão construídas uma escadaria e rampas de acesso, reconstrução da rede de esgoto e de abastecimento de água, culminando com a pavimentação.

A obra de Mãe Luiza está orçada em R$ 7,5 milhões.