Natal

Prefeito contraria Conselho de Trânsito e reduz passagem de ônibus de R$ 4,35 para R$ 4,25

O Conselho Municipal de Transportes de Natal aprovou nesta quinta-feira (27) um reajuste no preço na tarifa de ônibus.

O valor aprovado foi de R$ 4,35 para pagamento em dinheiro.

Mas o prefeito Álvaro Dias contrariou o Conselho e por decreto deixa a passagem em R$ 4,25.

A passagem estava custando R$ 4,00 desde 06 de maio de 2019.

Oa empresários buscavam o reajuste da tarifa para R$ 4,68.

Natal

Bandidos assaltam dois ônibus em Natal

Bandidos fizeram arrastões em dois ônibus que trafegavam na noite de segunda-feira (12). Uma ocorrência foi na Zona Norte de Natal, na linha 70, que faz a rota entre Parque dos Coqueiros e Petrópolis.

A outra ocorrência foi na linha de ônibus que trafega entre o Planalto e a Ribeira.

Uma ocorrência ocorreu por volta das 18h30 e a outra logo em seguida, às 19h05.

Estado

Ônibus serão recolhidos em Natal às 19h e voltam a circular a partir das 05h desta terça (24)

A partir das 19h, os ônibus serão recolhidos para as garagens em Natal, voltando a circular nesta terça-feira (24), a partir das 05h até 22h. Assim, em não havendo ocorrências criminosas, paulatinamente a operação chegará à normalidade.

A circulação dos ônibus está comprometida em Natal e Região Metropolitana desde a semana passada, quando os bandidos atacaram aproximadamente 30 veículos entre carros e ônibus, devido a guerra de facção na Penitenciária Estadual de Alcaçuz.

Natal

Natal terá greve de ônibus nesta terça-feira (07)

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Rio Grande do Norte (Sintro-RN) e Seturn terminaram há pouco uma rodada de negociações sem acordo. Com isso, nesta terça-feira (07), ocorrerá uma greve da categoria, prejudicando a circulação normal dos transportes urbanos.

Durante o encontro que ocorreu na sede do Ministério do Trabalho, os empresários não apresentaram nenhuma proposta de reajuste, segundo declarou Harley Davidson, diretor do SINTRO-RN, em contato com a reportagem da Tribuna do Norte.

A categoria pede um reajuste de 14,28%.