Mundo

Papa Francisco tem indisposição e cancela missa

Do G1

O Papa Francisco cancelou nesta quinta (27) sua presença em uma missa em razão de uma “leve indisposição”, informou a Santa Sé. Porém, as outras atividades do dia foram confirmadas.

O pontífice, de 83 anos, que parecia resfriado na quarta-feira (26), não participou da missa desta manhã na basílica de São João de Latrão de Roma.

“Devido a uma leve indisposição, preferiu ficar perto da residência Santa Marta onde vive no Vaticano”, assegurou o diretor de comunicação da Santa Sé, Matteo Bruni, em comunicado.

O pontífice, que tem dificuldades para caminhar, quase nunca cancela um evento de sua agenda.

Na quarta, um dia normalmente agitado, apareceu resfriado, com tosse, na audiência geral organizada ao ar livre na praça São Pedro, no Vaticano. Ele apertou as mãos de dezenas de fiéis e manifestou seus pensamentos aos doentes com coronavírus em todo o mundo.

À tarde, participou da tradicional procissão da Quarta-feira de Cinzas na basílica de Santa Sabina em Roma e cumpriu o rito da cruz de cinzas, gesto que marca o início da Quaresma, tempo de oração e de reflexão para os católicos.

Diversos

Jovem caicoense é selecionado para evento sobre economia com Papa Francisco

De 26 a 28 de março deste ano, Assis, a cidade de São Francisco na Itália, vai receber mais de 2000 economistas e empreendedores com menos de 35 anos, de diversos países, para participar do encontro “A Economia de Francisco”, evento convocado pelo Papa.

O propósito do Papa Francisco é reunir jovens pesquisadores, estudantes, doutorandos; empreendedores e dirigentes empresariais; inovadores sociais, promotores de atividades e organizações locais e internacionais. Jovens que lidam com o meio ambiente, pobreza, desigualdades, novas tecnologias, finanças inclusivas, desenvolvimento sustentável; em síntese, se preocupam com o bem estar das pessoas.

A comitiva de jovens brasileiros contará com cem jovens, sendo a segunda maior delegação. O Rio Grande do Norte contará com um representante, o jovem caicoense Diego Vale. “Fui convidado pelo nosso Bispo de Caicó – Dom Antônio Carlos – a participar do encontro em Assis e contribuir com esse debate sobre um novo pacto econômico global, a partir de nossa experiência e percepção de empreendedorismo no semiárido. A Economia de Francisco discutirá uma economia mais justa, sustentável e inclusiva”, explica Diego.

O jovem caicoense de 32 anos é formado em Direito, mas atua desde 2011 como empreendedor na área de comunicação e marketing e com outros jovens elabora o projeto de implementação da Pastoral do Empreendedor na Diocese de Caicó. Diego Vale também é conselheiro da Câmara de Dirigentes Lojistas de Caicó, tem especialização em Fé e Política (CEFEP e PUC-RJ) e é mestre em Gestão Pública (UFRN).

Diego Vale Caicó

Diversos

Papa Francisco pede a estudantes que deixem o vício do celular

Da Agência Brasil

Durante discurso para estudantes do instituto público Ennio Quirino Visconti, escola secundária clássica de Roma, o papa Francisco pediu aos jovens, neste sábado (13), no Vaticano, que se “libertem da dependência” do telefone celular, que é “como uma droga.”

“Libertai-vos da dependência do celular! Por favor!”, clamou Francisco. Ele explicou “que os telefones celulares são um grande progresso de grande ajuda, e é preciso usá-los, mas quem se transforma em escravo do telefone perde a sua liberdade”.

O papa lembrou que “o telefone celular é uma droga” que “pode reduzir a comunicação a simples contatos”.

Diversos

Papa proclama Paulo VI novo santo da Igreja Católica

Da Agência Brasil

O papa Francisco proclamou santo hoje (14) o papa Paulo VI, cujo pontificado foi de 1963 a 1978, em uma grande cerimônia na Praça de São Pedro, na qual também será canonizado o arcebispo de San Salvador, Oscar Romero.

Francisco utilizou como é habitual a frase em latim para proclamar a santidade do papa e pedir que fosse inscrito nos livros dos santos da Igreja.

Durante a cerimônia de hoje também vão ocorrer as canonizações da considerada a primeira santa boliviana, embora nascida em Madri, Nazaria Ignacia March; dos sacerdotes italianos Francesco Spinelli, Vincenzo Romano e do laico Nunzio Sulprizio, além da religiosa alemã Maria Katharina Kasper.

Mundo

Papa Francisco defende o apego à fé contra guerra e ódio

O Estadão

Em um discurso improvisado no domingo de Páscoa, o papa Francisco encorajou as pessoas a entregarem seus “corações temerosos” à fé. O papa citou guerras, doenças e ódio no mundo, reconhecendo que muitos se perguntam onde Deus pode estar em meio a tanto mal e sofrimento.

Dezenas de milhares de fiéis enfrentaram pesadas revistas de segurança e, mais tarde, uma forte chuva para chegar à praça São Pedro, onde o Francisco celebrou uma missa nos degraus que levam à Basílica de São Pedro.

Nesta Páscoa, o papa Franscisco quebrou a tradição e deu uma homilia- prática que instruir fieis sobre a religião – informal durante a missa para tentar responder aquilo que ele descreveu como uma pergunta incômoda para muitos fiéis: por que existem tantas tragédias e guerras no mundo se Jesus voltou dos mortos, uma crença que os cristãos celebram toda Páscoa.

“A Igreja nunca deixa de dizer, ao ser colocada diante de derrotas e de nossos corações fechados e cheios de medo: ‘pare, o Senhor levantou’. Mas, se o Senhor ressuscitou, como podem ocorrer essas coisas?”, disse Francisco citando acidentes, doenças, tráfico de pessoas, vingança e ódio.

A Páscoa, disse Francisco, não é apenas “uma festa bonita cheia de flores”. “É mais que isso”, afirmou, descrevendo a ocasião como um momento para refletir sobre o mistério da fé. O papa afirmou que a Páscoa traz “um sinal no meio de muitas calamidades: um senso de olhar para frente, de dizer não olhe para um muro quando há um horizonte, há vida e há alegria.

Contra o terrorismo. O papa Franscisco condenou o ataque contra a retirada de civis que aconteceu na Síria no sábado, 15.

Após a explosão de um carro bomba, ao menos 112 pessoas morrem em Aleppo. O papa considerou o ataque uma ação ingóbil e repugnante. “Deus está cuidando, de seu jeito, de quem trabalha para trazer confortor para a população síria”. Fonte: Associated Press.

Foto: L’Osservatore Romano/AP

Mundo

Papa Francisco evoca a Paz na mensagem de Natal

*Com informações do G1

Em sua tradicional mensagem de Natal, o Papa Francisco evocou a paz a todos que perderam seres queridos em “atos de terrorismo que espalharam medo e morte no coração de tantos países e cidades”. O Papa falou na varanda da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

De acordo com a agência France Presse, dezenas de milhares de fiéis deveriam ouvir ao meio-dia a mensagem de Natal “Urbi et Orbi” (“À cidade e ao mundo”).

O Papa citou a guerra na Síria, o conflito no Oriente Médio e a situação em países latino-americanos ao evocar a paz.

Papa Franciso acena neste domingo (25) da varanda da Basílica de Saõ Pedro, no Vaticano (Foto: REUTERS/Alessandro Bianchi)

Mundo

Papa Francisco pede diálogo e paz no Brasil

Do Estadão:

O papa Francisco apelou nesta quarta-feira, 10, para o ” diálogo ” no Brasil e para que o País caminhe pelas sendas da harmonia e da paz “. Ao final de sua audiência semanal no Vaticano, o pontífice argentino decidiu fazer uma referência especial à crise brasileira, aproveitando-se da presença de peregrinos do País no local.

“Ao saudar vocês, peregrinos brasileiros, o meu pensamento vai à sua amada nação “, disse. ” Nesses dias em que nos preparamos para Pentecostes, peço ao Senhor que derrame abundantemente os dons do Espírito Santo para que, nesses momentos de dificuldade, o país caminhe pelas sendas da harmonia e da paz com a ajuda da oração e do diálogo. Que a proximidade de Nossa Senhora Aparecida, que como uma boa mãe jamais abandona seus filhos, seja defesa e guia no caminho”, disse.

O argentino tem acompanhado de perto a crise brasileira e, a interlocutores na Santa Sé, já indicou que está preocupado com a instabilidade social no maior país católico do mundo. Um dos canais de informação tem sido a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que tem municiado os conselheiros mais próximos de Francisco sobre os desdobramentos no Brasil.

Ainda na semana passada, o arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, chegou a conversar sobre o assunto com o papa, indicando sua preocupação. Francisco fez sua primeira viagem internacional justamente ao Brasil e indicou de forma inequívoca a necessidade de o País agir tanto para estabilizar crises internas como sendo uma ponte para o diálogo em diversas regiões do mundo.

O governo brasileiro havia visto na escolha de um papa sul-americano a oportunidade também de reforçar sua agenda internacional. Mas, durante sua viagem ao Brasil, Francisco também fez questão de alertar sobre a corrupção.

Nesta semana, o papa ainda recebeu a atriz Letícia Sabatella e a juíza do Tribunal de Justiça de São Paulo, Kenarik Boujikian, para uma audiência em que a crise também foi tratada.

z

Sem categoria

Prefeito de São Gonçalo do Amarante é recebido pelo Papa Francisco no Vaticano

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, viveu momentos de grande emoção esta semana. Durante viagem a Europa, onde irá receber um prêmio do Instituto Ambiental Biosfera, em Portugal, antes ele foi recebido em audiência pelo papa Francisco no Vaticano/Itália.

Na ocasião, o gestor municipal entregou ao Pontífice uma homenagem da Terra dos Mártires de Uruaçu em forma de medalha e recebeu um gesto de carinho do Santo Padre que o presenteou com um terço com o brasão papal.

A comitiva do Rio Grande do Norte ainda participou da celebração de uma missa solene na basílica de São Pedro, em comemoração ao aniversário da congregação do templo. O prefeito Jaime Calado, e mais os auxiliares Nazareno Alexandre e Joelma Máximo, além do assessor parlamentar Francisco Costa, foram convidados pelo cerimonial do Vaticano para a entrega das oferendas.

Ainda acompanharam o prefeito Jaime Calado o Padre Nunes, pároco da paróquia de Neópolis (Natal), o secretário municipal de Tributação, Mario David e o consultor jurídico Leonardo Braz com sua namorada Francielly Karla. A comitiva Potiguar teve o apoio do Ministério das Relações Exteriores e da Arquidiocese de Natal, representada pelo padre Flávio Medeiros, do clero de Natal, atualmente prestando serviço na liturgia do Vaticano.

IMG_0114-1.JPG IMG_0113.JPG

Sem categoria

No Vaticano, Dilma convida Papa Francisco para a Copa no Brasil

Do G1

Em viagem à Itália para participar da cerimônia que oficializará o arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, como cardeal, a presidente Dilma Rousseff foi recebida nesta sexta-feira (21) pelo Papa Francisco, no Vaticano.

Durante o encontro, a petista convidou o chefe da Igreja Católica a comparecer no Brasil para acompanhar a Copa do Mundo.

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

z

Durante audiênica no Vaticano, a presidente Dilma Rousseff entregou ao Papa Francisco uma bola autografada pelo ex-jogador Ronaldo Fenômeno