Sem categoria

PF flagra casal grego com 8,39 quilos de cocaína no aeroporto de Natal‏

A Polícia Federal prendeu em flagrante na noite desta quarta-feira, 22 de janeiro, no aeroporto internacional Augusto Severo, em Parnamirim/RN, dois estrangeiros de nacionalidade grega acusados de tráfico de drogas: um estudante, 21 anos e uma professora, 25 anos. Eles pretendiam embarcar em um voo para Lisboa, Portugal, levando 8,39 quilos de cocaína camuflados em uma mala.

A prisão do casal aconteceu quando os policiais da Imigração procediam uma fiscalização de rotina junto aos passageiros na área de embarque internacional e, ao passar pela máquina de raios X, uma das malas apresentou indícios de que continha substância suspeita. De imediato, os seus proprietários foram identificados e conduzidos para uma revista, onde ficou constatado através de teste preliminar, de que havia cocaína em um dos compartimentos.

Os acusados receberam voz de prisão e seguiram para a superintendência da PF, em Lagoa Nova, onde foram autuados. Ali, a mala foi totalmente esvaziada e, no fundo falso, estavam 09 pacotes plásticos contendo a droga, a qual após ser periciada, constatou-se seu alto grau de pureza.

Durante o interrogatório, o homem se recusou a responder a maioria das perguntas, enquanto que a mulher, confessou que eles haviam sido contratados na Grécia, por um desconhecido, que custeou todas as despesas da viagem até o Brasil e ainda propôs uma gratificação de €8 mil euros, caso a “encomenda” levada de Natal fosse entregue na cidade de Lyon, na França. Ela disse também que, como a mala chegou vazia às suas mãos, mas tinha um peso considerável, imaginou que estivesse transportando “ouro”.

Indiciados por tráfico internacional de drogas, o casal de estrangeiros permanece sob custódia da PF, à disposição da Justiça.

Esta foi a primeira de 2014 e a maior apreensão de cocaína feita pela Polícia Federal no aeroporto Augusto Severo, nos últimos cinco anos.

z

Sem categoria

Turismo Sexual em Natal será investigado pela PF durante a Copa

A Polícia Federal prepara uma força-tarefa para atuar no combate ao turismo sexual e a venda de mulheres para prostituição durante a Copa do Mundo.

Um grupo ficará de olho na movimentação de estrangeiros que virão ao Brasil para os jogos, mas com segundas intenções.

O trabalho será feito em todas as cidades sede, mas há preocupação maior com o Rio e Natal.

Sem categoria

Wilma depõe na Polícia Federal e segue para Nova Cruz

A ex-governadora Wilma de Faria (PSB), pré-candidata a prefeita de Natal, deixou agora há pouco a sede da Polícia Federal.

A prefeitável foi convocada a prestar um depoimento sobre a venda de letras do tesouro, segundo informações da Tribuna do Norte.

Agora…Wilma segue para prestigiar a Festa de São Sebastião em Nova Cruz, ao lado do prefeitável Cid Arruda.