Poder

Protesto em São Paulo contra STF por acabar com prisão em segunda instância

Do G1

Manifestantes fizeram um ato na Avenida Paulista na tarde deste sábado (9) contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância. O ato também foi realizado em outras cidades do país.

Com a decisão, réus condenados só poderão ser presos após o trânsito em julgado, isto é, depois de esgotados todos os recursos. A decisão levou à soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deixou a carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba nesta sexta (8).

Política

Direita faz protesto no domingo (30) em Natal

No próximo domingo (30), movimentos de direita de todo o país sairão as ruas para defender a aprovação das pautas do governo que envolvem a Reforma da Previdência, o pacote Anti-crime, defesa da Lava Jato e Ministro Sérgio Moro.

Em Natal, a manifestação está marcada para às 15h, na frente do Midway Mall, no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira.

O movimento está sendo organizado em Natal pelo Grupo Força Democrática, junto com o Grupo Radar, Endireita Natal, Puro Sangue e o Grupo Operação DJ.

Diversos

CODERN lamenta invasão de manifestantes ao Porto de Natal

Nota

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) lamenta veementemente o episódio ocorrido na noite desta quinta-feira (08), onde um protesto com a presença de manifestantes do Movimento dos Sem Terra (MST), denominado de “Marcha das Mulheres”, invadiu o Porto de Natal, impondo sérios riscos aos próprios invasores e aos trabalhadores portuários, em plena atividade.

Repudiamos a depredação ao patrimônio público, com as pichações feitas e informamos a não ocorrência de confronto entre os manifestantes e os guardas-portuários, que agiram com total sensibilidade e eficiência, convencendo o grupo a desocupar o local.

A CODERN já está tomando as providências jurídicas cabíveis.

Pichação

Geral

Manifestantes que protestam contra a PEC-55 e atraso salarial do Estado invadem a FIERN

Diversos sindicatos protestam neste momento pela Avenida Salgado Filho, em Natal, contra a PEC-55, que tramita no Senado Federal, após aprovação da Câmara dos Deputados, limitando os gastos públicos. O protesto também é direcionado contra o atraso salarial por parte do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

O protesto seguia pacífico até enquanto passou em frente ao prédio da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), e uma pequena parte do grupo invadiu o local.

Em nota, o presidente da FIERN, Amaro Sales lamentou o ocorrido e anuncia que vai levar o assunto ao conhecimento do Poder Judiciário.

“O direito de manifestação é legítimo, todavia, a invasão de propriedade é crime. Obstruir o direito de ir e vir de trabalhadores também não é legítimo. A FIERN, situada na Avenida Senador Salgado Filho, em Natal-RN, fechou seus portões principais ainda ontem a noite e determinou todo o fluxo de pessoal pelo acesso auxiliar. Hoje os portões foram arrombados e o espaço interno invadido.

A FIERN lamenta profundamente o fato e levará o assunto ao conhecimento do Poder Judiciário que, serenamente, precisa, a exemplo da decisão liminar ontem proferida em relação as estradas federais, tomar medidas ainda mais firmes contra práticas que atentam contra a legalidade e a democracia”.

z

Manifestantes em protesto na Av. Salgado Filho

z

Invasão ao prédio da FIERN

Política

Em Natal, manifestantes pró-Dilma deixam a cidade sem ônibus e a UFRN sem aula

Terça cinzenta…

Terça de caos em Natal.

A cidade amanheceu sem ônibus nas ruas e com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) tendo aulas suspensas em virtude de um protesto pró-Dilma.

Vários pontos de congestionamento estão registrados neste momento na Capital do Estado, pessoas sem conseguir chegar ao trabalho e alunos sem transporte para as escolas.

No campus Central da UFRN, os manifestantes ainda atearam fogo em pneus, às margens da BR-101, provocando uma onda de fumaça nas proximidades.

Política

PM estima que 12 mil pessoas protestaram contra Dilma em Natal

Segundo estimativas da Polícia Militar, 12 mil pessoas saíram às ruas de Natal neste domingo (15), para protestarem contra a Presidenta Dilma Rousseff (PT). 

Ainda de acordo com as informações passadas ao blog pela assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, não existe qualquer tipo de registro de ocorrência na delegacia móvel, que se encontra próximo aos locais de manifestação. Logo, tudo está ocorrendo de forma pacífica e na maior tranquilidade. No carro de som que acompanha a manifestação são proferidas palavras de agradecimento ao planejamento de segurança e a presença da Polícia Militar durante todo o ato.







Avenida Salgado Filho tomada pela multidão de manifestantes. 

Política

Governador Robinson Faria não cumpre o que prometeu e falta ao protesto em defesa da Presidenta Dilma Rousseff

O governador Robinson Faria (PSD) declarou em entrevista à imprensa que participaria de qualquer manifesto a favor de sua aliada, a Presidenta da República, Dilma Rousseff (PT).

“Sou Governador de Todos. Mas deixo bem claro que sou aliado e defensor da presidenta Dilma. Qualquer manifestação pró-Dilma eu estarei presente. Sou aliado dela, confio no seu governo, confio na parceria com o nosso Estado e por conta disso estarei com muita alegria dando apoio a qualquer movimento político em defesa de Dilma”.

O detalhe é que Robinson declarou que iria a qualquer protesto a favor de Dilma, mas faltou o de agora há pouco, que percorreu as ruas do Centro.

Foi orientado a não ir.

E atendeu o conselho da assessoria.

Os PTistas sentiram a ausência do governador e comentaram durante o protesto, que por sinal já terminou.

Sem categoria

Permissionários de alternativos fazem protesto em Natal

Permissionários do transporte alternativo de Natal fecharam no final da tarde desta terça-feira (29) as duas pontes que ligam a zona Norte às demais regiões da cidade. A categoria protesta pela implementação do sistema de bilhetagem unificada no transporte de passageiros na capital.

Um grupo de manifestantes ainda passaram pela Câmara Municipal do Natal e pela Prefeitura.

Fotos: Márlio Forte

z

Sem categoria

Imprensa potiguar fará ato público em protesto pela morte trágica de cinegrafista da Band

Na segunda-feira (17), os profissionais da imprensa do RN (jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas, diagramadores e chargistas/caricaturistas), farão um ato público a partir das 8h, na Praça 7 de Setembro, no centro da cidade (em frente à Assembleia Legislativa), contra a morte trágica de Santiago Andrade, cinegrafista da Band, no Rio de Janeiro.

O evento é organizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte.

Sem categoria

SINSP/RN repudia práticas anti-sindicais ao ato do Fórum Estadual dos Servidores

A direção do SINSP/RN repudia o vandalismo contra os outdoors que divulgam o Ato Público do Fórum Estadual dos Servidores que será realizado hoje, dia 22, a partir das 13h, nas proximidades do Midway Mall. A peça publicitária localizada nas proximidades do Estádio Arena das Dunas, local onde será encerrada a caminhada dos servidores, foi quase totalmente suja com cimento e tinta preta.

O material usado para inutilizar a divulgação indica bem a natureza dos marginais que praticaram o ato de depredação. O vandalismo atenda contra a liberdade de expressão do movimento sindical em sua legitima luta por mais saúde, educação e segurança pública para a população.

A Entidade Sindical durante o ato público seja respeitado o direito democrático de livre manifestação dos trabalhadores. Todos juntos em uma só voz “da Copa eu abro mão. Queremos mais dinheiro para saúde, segurança e educação!”

z