Política

No Agreste, Ezequiel diz que fará campanha de filiações ao PSDB em todas as regiões

Neste sábado (6), foi realizada a convenção municipal do PSDB de Pedro Velho, onde o jovem médico Dr. Targininho foi aclamado como novo presidente do Diretório Municipal.

Presidente estadual do partido, deputado Ezequiel Ferreira, participou do ato político, que reuniu aliados de todo o Agreste.

“Iniciamos juntamente com todos os deputados filiados ao PSDB um movimento para fazer o partido forte e presente em todo Rio Grande do Norte. Estamos recebendo novos prefeitos, vice-prefeitos e vamos também montar nominatas fortes para aumentar a representatividade nas Câmaras Municipais. Aqui no Agreste Potiguar teremos muitos nomes fortes para concorrer a prefeito e a vice na próxima eleição”, frisou Ezequiel, que também preside a Assembleia Legislativa.

Política

Edital de Convenção

As Comissões Provisórias do PSDB no Rio Grande do Norte que realizarão convenções extraordinárias até a primeira semana de julho, já podem lançar seus respectivos editais de convocação para os filiados da legenda, de acordo com estatuto partidário.

Conforme calendário aprovado pelo presidente estadual do partido, deputado Ezequiel Ferreira, as convenções devem ocorrer entre 1º e 7 de julho, e os editais precisam ser lançados com uma antecedência mínima de 15 dias em relação aos eventos.

Política

Convenções do PSDB nos municípios

O PSDB vai realizar suas convenções nos municípios extraordinárias entre os dias 1º e 7 de julho.

O calendário foi aprovado pelo presidente estadual da legenda, deputado Ezequiel Ferreira.

“Estamos dando sequência ao trabalho para fortalecer ainda mais o PSDB no Estado, contribuindo para que a legenda tenha forte atuação nos municípios potiguares e esteja representada nas próximas eleições na maior quantidade de cidades do RN”, disse o presidente da legenda.

Conforme a resolução, “os diretórios municipais que, por qualquer motivo, deixarem de realizar sua convenção na data base fixada, restarão dissolvidos automaticamente, oportunidade em que o Diretório Estadual designará uma Comissão Provisória”.

Política

Comitiva do RN participa de convenção nacional do PSDB em Brasília

Presidente regional do PSDB no Rio Grande do Norte, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza participou nesta sexta-feira (31), em Brasília, da 15ª Convenção Nacional da sigla, que aconteceu no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), que escolheu por consenso, o ex-ministro das Cidades, Bruno Araújo, presidente da Executiva Nacional.

Além de Ezequiel, a comitiva do Rio Grande do Norte foi composta pelos deputados Gustavo Carvalho e Tomba Farias, da ex-deputada Larissa Rosado, presidente do PSDB Mulher e do presidente da Câmara Municipal de Bento Fernandes, Geyson Barbosa, que assumiu a Juventude Tucana.

No RN o PSDB conta em seus quadros com a maior bancada na Assembleia Legislativa, cinco deputados estaduais (Ezequiel Ferreira, Gustavo Carvalho, José Dias, Raimundo Fernandes e Tomba Farias), 107 vereadores, 30 prefeitos e vice-prefeitos, e ainda com diretórios e comissões Provisórias no Agreste, Seridó, Mato Grande, Central, Trairi, Potengi, Vale do Açu, Alto, Médio e Oeste Potiguar.

7e024a84-4378-4522-a1e8-1d5a7e527235

Política

Ezequiel é reconduzido à Presidência do PSDB no RN

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em convenção estadual, nesta sexta-feira (26), reconduziu o deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, à presidência do partido para o biênio 2019/2020. O evento reuniu deputados, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças de todas as regiões do RN, no auditório da Assembleia Legislativa.

Durante o discurso, Ezequiel Ferreira fez a convocação para as lideranças: “Política não se faz só. Agradeço a cada liderança que participou ativamente do pleito de 2018 e desta convenção. Voltem aos seus municípios e construam candidaturas fortes para que possamos eleger o maior número de prefeitos e vereadores. Temos que fazer o partido crescer no Rio Grande do Norte. E vamos trabalhar juntos para isto”, disse Ezequiel Ferreira.

No evento o partido ainda teve filiações do prefeito Lusimar Porfirio (São Francisco do Oeste); o vice-prefeito Dr. Estácio Rubinstein (Santo Antônio) e Alany Samuel, vice-prefeito de São Francisco do Oeste. Ex-prefeito Chico de Erasmo (Serra de São Bento) também se filiou. O prefeito Valdemir Belchior (Pedra Grande) também se filiou recentemente, além de vários pré-candidatos a prefeito em 2020.

Ezequiel Ferreira agradeceu a participação e empenho dos deputados do partido para a convenção estadual: Gustavo Carvalho, José Dias, Tomba Farias, que são vice-presidentes da Executiva Estadual, além de Raimundo Fernandes, líder do PSDB na Assembleia, que foi representado pelo assessor Júnior Colaço; ao ex-governador e ex-senador, Geraldo Melo, ao empresário Haroldo Azevedo e lideranças de outros partidos como o deputado estadual, George Sores (PR), o deputado federal, Benes Leocádio (PRB), o prefeito de São Paulo do Potengi, Naldinho (PSD), que preside a Femurn. Os vereadores de Mossoró, Sandra Rosado e João Gentil, e os vereadores em Natal, Aroldo Alves e Dickson Jr.

As ex-deputadas Márcia Maia e Larissa Rosado, assumem respectivamente, a Fundação Trotônio Vilela e o PSDB Mulher.

Política

Juventude do PSDB anuncia caravana pelo Nordeste

Nas próximas semanas, antes da convenção marcada para maio que escolherá o novo presidente do partido, a Juventude do PSDB vai colocar o pé na estrada.

A “militância tucana” cruzará o Nordeste de carro, fazendo paradas para “discutir políticas públicas e o legado do PSDB”, comentou com O Antagonista Marcos Saraiva, líder do grupo.

“Queremos discutir como o partido deve se organizar daqui para frente. Vão ser mais de 5 mil quilômetros de estrada. Chegaremos à convenção prontos para apresentar um caminho visto no chão, em uma região onde o PSDB sempre teve muita dificuldade. Temos de começar a reverter isso.”

Política

Dória avança para assumir comando nacional do PSDB

Do Estado de São Paulo

O governador eleito, João Doria, deu um passo importante para assumir o controle do PSDB nacional e alinhar o partido à base de apoio ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Após um período de distanciamento e ruídos na relação, Doria almoçou com Geraldo Alckmin e teve com ele uma conversa reservada de duas horas em um tradicional restaurante da capital paulista.

Derrotado na disputa presidencial, Alckmin sinalizou que não vai oferecer resistência ao avanço de Doria e deve deixar a presidência do PSDB em maio, quando será realizada uma convenção da legenda.

“O Geraldo continua tendo grandeza de alma, espírito elevado e desprendimento. O que faz dele merecedor de respeito e admiração”, afirmou Doria ao Estado.

O ex-governador foi eleito em dezembro de 2017 para presidir o PSDB. Aliados de Doria vinham defendendo que Alckmin deixasse o cargo sem completar os dois anos de mandato. Ao Estado, porém, o ex-presidenciável tucano disse que, pelo estatuto, já havia previsão de se realizar a convenção em maio.

Em caráter reservado, o entorno de Doria já fala no nome do deputado federal Bruno Araújo (PE) como o mais cotado para presidir a legenda no lugar de Alckmin. “Doria é quem vai indicar o próximo presidente do PSDB”, disse o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, que é aliado do governador eleito.

A executiva do PSDB deve se reunir no próximo dia 22, em Brasília, para definir o calendário de convenções. A ideia é que nova cúpula do partido seja eleita no dia 31. Antes serão feitas a convenções municipais e estaduais.

Sobre a posição do PSDB em relação ao futuro governo Bolsonaro, Doria disse que o partido não vai fechar questão formalmente de apoio à nova administração. “Não é preciso frechar questão. Isso é passado. Fechamos questão em apoiar o Brasil”, afirmou

No almoço, Alckmin disse ao governador eleito que pretende dar aulas, palestras e voltar à medicina após deixar a presidência do partido.

A ofensiva de Doria sobre o PSDB começou logo após sua vitória no 2° turno, quando ele passou a pregar uma nova “correlação e forças” na sigla.

Governadores
Nesta quinta-feira, os governadores tucanos eleitos esse ano – Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul, e Reinado Azambuja, do Mato Grosso do Sul, participaram de uma entrevista coletiva no escritório de Doria na qual foram anunciados dois novos secretários do governo.

O ato acabou se transformando em uma demonstração de força do governador eleito de São Paulo e reforçou a aproximação do PSDB com Bolsonaro. Em sua fala, Doria ressaltou que os três Estados somam 59 milhões de habitantes e 37% do PIB.

“Não se trata de fazer adesão ao governo Bolsonaro, mas de fazer adesão ao Brasil e às boas praticas. Não é neutralidade. Não seremos neutros. Vamos apoiar todas as iniciativas econômicas e institucionais que vierem ao encontro dos brasileiros, sobretudo os mais pobres e mais humildes.”

Em sua fala, Leite abordou o que chamou de necessidade de atualização dos processos internos do PSDB e pediu mais “democracia” na sigla. “Não há espaço para desejos de protagonismo eleitoral que estejam acima da agenda do País”, disse o governador eleito do Rio Grande do Sul.

A mensagem foi um recado claro à ala do PSDB que resiste ao alinhamento com Bolsonaro e prega que o partido vá para a oposição. Mais comedido, Azambuja afirmou que o PSDB “tem um compromisso” com o Brasil, que tem “pressa” em promover reformas estruturantes.

O trio de políticos tucanos unificou discurso para um encontro previsto para a semana que vem dos governadores eleitos com Bolsonaro.

Temer
Após o almoço com Alckmin, Doria se reuniu em São Paulo com o presidente Michel Temer e defendeu um esforço para a aprovação da reforma da Previdência. “A reforma da Previdência, mesmo que parcial, é importante para o futuro do Brasil e para os investidores externos”, afirmou o governador eleito.

Em seguida, Doria recebeu em seu escritório o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A pauta do encontro também foi a reforma da Previdência.

Política

Presidente da Juventude Tucana declara apoio a Carlos Eduardo

O presidente Albert Einstein avaliou por meio de nota à imprensa o posicionamento de alguns parlamentares do PSDB em apoio à candidatura de Fátima Bezerra.

Albert afirmou que, apesar do Presidente do PSDB/RN, Ezequiel Ferreira, ter dado declaração liberando os filiados, o seu posicionamento unilateral em apoio à candidatura do PT ao governo do Rio Grande do Norte, acaba maculando a imagem do PSDB potiguar.

“Eu sempre irei prezar pelo fortalecimento institucional do PSDB. Enquanto Juventude, viemos mostrando isso desde quando defendemos candidatura própria do partido ao governo do estado. Respeitamos o Presidente Ezequiel, mas não podemos corroborar com esse posicionamento fisiológico e unilateral que só macula a imagem do PSDB.”

Albert reunirá a executiva da Juventude do PSDB para elaboração de um manifesto contestando a posição dos parlamentares que aderiram a candidatura da senadora petista e declarando o apoio da JPSDB ao candidato Carlos Eduardo.

Política

PSDB rachado no 2º turno do RN

O PSDB chega ao segundo turno no RN, rachado igual ao PSDB nacional.

Com a senadora Fátima Bezerra, candidata do PT ao Governo do Estado, estão os deputados estaduais Ezequiel Ferreira, Raimundo Fernandes e Márcia Maia.

Com o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, candidato ao Governo do RN pelo PDT, estão o deputado federal Rogério Marinho e os estaduais Tomba Farias, Gustavo Carvalho, Zé Dias e Gustavo Fernandes.

Política

Em nota oficial, PSDB libera filiados no RN para apoio no segundo turno

Nota oficial do PSDB – RN

“Os filiados ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) no Rio Grande do Norte foram liberados pelo partido para escolherem os candidato ao pleito eleitoral do segundo turno. A decisão do partido foi anunciada nesta quinta-feira (18) após consultas e reuniões nos últimos dias.

Nacionalmente, o PSDB liberou todos os filiados nos estados para escolha do candidato à Presidência da República.”

Política

PR e PSDB continuam indefinidos sobre segundo turno no RN

Dois importantes partidos no Rio Grande do Norte continuam sem definição em relação ao segundo turno no Rio Grande do Norte, o PR, presidido pelo deputado federal eleito João Maia, e o PSDB, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza.

Nos bastidores, membros dos dois partidos já estão apoiando a candidatura a governador do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), como é o caso do deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) e de prefeitos no interior filiados ao PR, que também tem o deputado George Soares e o prefeito de Assu, Gustavo Soares apoiando Fátima Bezerra (PT) desde o primeiro turno.

A expectativa é que até o fim de semana os dois partidos se pronunciem oficialmente.

João Maia já iniciou uma consulta aos correligionários locais e deu uma pausa para cumprir agenda política em Brasília.

Política

“Nós não apoiaremos nem o Haddad, nem o candidato Bolsonaro”, diz Alckmin

Após reunião da Executiva Nacional do PSDB nesta terça-feira (9), o presidente nacional da legenda, Geraldo Alckmin anunciou a decisão dos tucanos de liberar os correligionários e afirmou não vão apoiar nenhum candidato no segundo turno da disputa presidencial entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL).

“O PSDB decidiu liberar os seus militantes e os seus líderes. Nós não apoiaremos nem o Haddad, nem o candidato Bolsonaro. O partido não apoiará nem um nem outro e libera seus filiados e líderes para que decidam de acordo com a sua consciência, convicção e realidade de seus estados. Essa foi a decisão ouvindo todo o partido.”, disse Alckmin em coletiva na sede do partido, em Brasília.

O presidente tucano destacou que esta posição é a coerente e já vinha sendo sinalizada ao longo de sua campanha à Presidência da República.

“Nós vínhamos ao longo da campanha apontando isso, que entendíamos que não era nenhum dos extremos, que seria a solução nesse momento difícil que o Brasil atravessa e vamos manter a coerência. Não nos sentimos representados nem por um nem por outro. Nós falamos isso a campanha inteira.”, pontuou.
Geraldo Alckmin adiantou que o PSDB junto ao ITV irá em busca de um projeto para se aproximar da sociedade.

“O partido vai após o segundo turno, através do ITV, da nossa direção partidária, procurar um trabalho maior ainda de aproximação com a sociedade civil.”, contou.

“Nosso compromisso é com o Brasil. O que for de interesse do país o PSDB coerentemente apoiará. O PSDB tem que recomeçar o seu trabalho.”, finalizou Alckmin.

Do PSDB

Política

Representantes do PSDB no RN participam de convenção nacional tucana

Uma delegação do PSDB no Rio Grande do Norte participou neste sábado (4), da Convenção Nacional do PSDB, no CICB – Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília – DF. A delegação potiguar foi composta pelo deputado federal Rogério Marinho, a deputada estadual Márcia Maia, o pré-candidato a deputado estadual, Dr. Thiago Almeida, a vereadora Carla Lopes, do PSDB Mulher, além de Albert Einstein, da Juventude Tucana e os delegados: jornalista Rodrigo Rafael e o publicitário Washington Dantas.

O PSDB confirmou neste sábado o lançamento da chapa presidencial encabeçada por Geraldo Alckmin (PSDB) e a senadora gaúcha Ana Amélia (PP). Geraldo Alckmin, pré-candidato a presidente da República, tem elogiado o condução do PSDB no Rio Grande do Norte, presidido pelo deputado Ezequiel Ferreira de Souza. O partido tem a maior bancada de deputados estaduais no Estado. “Vamos fazer juntos uma grande campanha. O PSDB é o partido que mais cresceu no Estado. E é esta militância que vai fazer a diferença”, declarou Alckmin.

Política

PSDB lança Geraldo Melo ao Senado, oficializa aliança com Robinson e terá candidatos na proporcional

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) oficializou neste domingo (29) seus candidatos no RN para a eleição de outubro.

O partido, depois de ouvir todas as instâncias da agremiação, lançou nomes ao Senado, deputado federal e grande nominata a deputado estadual, no auditório do Hotel Holiday Inn, no bairro de Lagoa Nova, em Natal.

“O nosso PSDB é o partido que mais cresceu no Rio Grande do Norte porque somos conscientes da nossa responsabilidade e do nosso desejo de fazer mais, muito mais, pelo Rio Grande do Norte”, salientou o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente estadual do PSDB, ao saudar os convencionais.

Emocionado Geraldo Melo falou com o coração. “Hoje quero agradecer. Agradecimento é a palavra. Estava longe da vida pública. Mas o destino aprontou uma comigo. Meu PSDB me trouxe de volta. E estou disposto para lutar e servir”, declarou Geraldo Melo diante de prefeitos, vice-prefeitos, presidente de Câmaras Municipais, vereadores e ex-prefeitos de todas as regiões do Rio Grande do Norte que participaram da festa democrática do PSDB que ainda lançou Ezequiel Ferreira e Haroldo Azevedo, suplentes de senador.

Coligado ao PSDB, o pré-candidato a reeleição o governador Robinson Faria, esteve presente na convenção.

Entre os candidatos à reeleição para a Assembleia estão Ezequiel, Tomba Farias, Márcia Maia, Gustavo Carvalho, Larissa Rosado, José Dias e Raimundo Fernandes, além do médico Thiago Almeida.

Para a Câmara Federal foram registrados Rogério Marinho e Sandra Rosado.

Política

PSDB potiguar fará convenção partidária na manhã do próximo domingo (29)

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB/RN) convoca seus filiados para participarem da convenção estadual que se realizará na manhã do domingo, dia 29, no Hotel Holiday Inn, situado na Av. Sen. Salgado Filho, 1906 – Lagoa Nova, Natal – RN, a partir das 8h. O momento alto será a partir das 9h.

Caberá aos convencionais: A escolha de candidaturas do partido para as eleições gerais 2018, na esfera estadual; definir a nominata que irá compor a(s) coligação(ões) proporcional(is), composta por candidatos a Deputado Federal e Deputado Estadual; escolher candidatos a Senador e suplente de Senador; definir as coligações majoritária e proporcional; denominar as coligações; representantes de Coligações e demais matérias pertinentes a eleição 2018.

No PSDB está confirmado o nome do ex-governador Geraldo Melo para concorrer a uma das vagas ao Senado Federal.

No Rio Grande do Norte, o PSDB tem hoje o deputado federal Rogério Marinho, a maior bancada estadual com os deputados José Dias, Márcia Maia. Larissa Rosado, Raimundo Fernandes, Tomba Farias, Gustavo Fernandes, Gustavo Carvalho e Ezequiel Ferreira, este presidente da Assembleia Legislativa.

Política

Presente ao encontro do PSDB, Prefeito de Caicó não confirma apoio a Robinson Faria

O prefeito de Caicó, Batata Araujo, comparardes a reunião do seu partido, o PSDB, que definiu a pré-candidatura ao Senado do ex-governador Geraldo Melo e a coligação com o PSD na majoritária.

Entretanto, Batata não anunciou seu apoio a Robinson.

Disse ao Blog de Marcos Dantas que vai ouvir os aliados antes de sua definição.

Em Caicó, Robinson já tem o apoio do deputado estadual Vivaldo Costa (PSD), adversário de Batata, que já lançou a pré-candidatura a prefeito em 2020 do médico Judas Tadeu, na presença do governador e do próprio Batata, durante agenda do Chefe do Executivo Estadual no município.

Política

Executiva do PSDB encaminha pré-candidatura de Geraldo Melo ao Senado e coligação com PSD e outras siglas

A Executiva Estadual do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) se reuniu na manhã desta sexta-feira (29) e decidiu por unanimidade lançar o nome do ex-senador e ex-governador Geraldo Melo, como pré-candidato ao Senado, numa composição com o Partido Social Democrático (PSD), do governador Robinson Faria e outras siglas. A convenção do partido será agendada para 28 de julho para respaldar todos os nomes que concorrerão em outubro. O PSDB irá lançar nomes para o Senado, suplência de senador, deputados federais e nove nomes à Assembleia Legislativa.

“Ouvimos os segmentos do PSDB, que hoje é um dos maiores partidos do Rio Grande do Norte e democraticamente, suas lideranças e pré-candidatos encaminharam através da Executiva Estadual, que o nome do senador Geraldo Melo irá concorrer numa aliança com o PSD do governador Robinson Faria e outras siglas”, explicou o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, que presidiu a reunião.

O senador Geraldo Melo agradeceu o respaldo do PSDB ao seu nome.

O deputado federal e candidato a reeleição, Rogério Marinho enfatizou a união partidária. “Estamos juntos e prontos para fazer do PSDB um partido sempre disposto a promover melhorias para o país e nosso Rio Grande do Norte”.

Também compareceram a reunião da Executiva os deputados estaduais José Dias, Gustavo Carvalho, Márcia Maia, Tomba Farias e Larissa Rosado. Os deputados Raimundo Fernandes e Gustavo Fernandes justificaram as ausências, já que cumprem agendas no interior. Os prefeitos Daniel Marinho (Nísia Floresta), Luís Eduardo (Maxaranguape), Robson Araújo (Caicó), Fernando Teixeira (Espírito Santo), Neto Mafra (Barcelona), Clécio Azevedo (Bom Jesus) e Serginho Fernandes (Serra Negra do Norte). O vice-prefeito de Touros, Flávio Teixeira e o vice-prefeito de Macau, Rodrigo Aladim, que é Secretário Geral do PSDB. O empresário Haroldo Azevedo, nome que pode se indicado para uma das suplências de Senado também prestigiou o evento.

Nem todos que compareceram à reunião vão acompanhar o PSDB no apoio à reeleição de Robinson. Como é o caso do deputado Tomba Farias e de alguns prefeitos.

Política

Médico que disputará vaga na Assembleia pelo PSDB comenta articulação do partido para a sucessão estadual

Médico ortopedista com atuação na capital e no interior, Dr. Tiago Almeida vai disputar pela primeira vez mandato de deputado estadual. Aos 39 anos, ele deverá sair de Parelhas, hoje com quase 17 mil eleitores, com uma grande votação. Em 2016, o jovem médico concorreu a prefeito e conseguiu 49,45% dos votos do terceiro maior colégio eleitoral do Seridó.

“Vamos colocar nosso nome para a população do Seridó e do Rio Grande do Norte ter uma nova opção para ajudar a melhorar a saúde pública do nosso Estado. Trabalhei no Hospital Walfredo Gurgel, maior unidade de Urgência e Emergência do RN. Também conheço unidades importantes da região metropolitana como o Hospital Deoclécio Marques, onde trabalhamos com cirurgias ortopédicas. Hoje, estamos percorrendo o interior e conhecemos a situação da saúde em mais de 80 municípios”, afirma Dr. Tiago.

Sobre os caminhos do PSDB para 2018, Dr. Tiago defende a unidade partidária. “Participamos de uma reunião do partido e todos os deputados concordaram na união e fazer uma melhor aliança para fortalecer nossa legenda. O PSDB tem um nome majoritário que é Geraldo Melo para o Senado. Como são duas vagas, o partido vai unir forças para conseguir uma representação no Estado”, argumenta o médico.

Política

Presidente do PSDB de Natal avalia que se partido apoiar Robinson “vai se desgastar”

Entrevistado do Jornal do Dia, da TV Ponta Negra, desta segunda-feira, 25, o presidente do diretório do PSDB de Natal, vereador Dickson Junior, defendeu que o foco da executiva estadual seja a campanha majoritária e não apenas a proporcional, como vem acontecendo, diante da envergadura da legenda e sua capacidade e missão de oferecer aos potiguares um bom projeto para tirar o estado da situação calamitosa que se encontra.

“Respeito a preocupação de reeleger deputados, mas acho que temos um problema maior que é o futuro do estado e a escolha do próximo governador que vai administrar o Rio Grande do Norte pelos próximos quatro anos. Estamos passando por muitas dificuldades, com a segurança, salários dos funcionários atrasados”, ressalta. Ele informa que já há unanimidade no diretório estadual de que a prioridade deve ser a composição das melhores nominatas para a reeleição dos parlamentares. “Respeito, mas discordo. Nossos deputados conseguem se reeleger em qualquer grupo político”, opina. E destaca que, pelas regras eleitorais vigentes, as alianças proporcionais não precisam seguir a majoritária.

Dickson espera que não decidam pelo apoio à reeleição do governador. “Se decidirem por Robinson (PSD), eu lamento, porque estaríamos indo na contramão. Está há cinco meses para terminar o mandato e iríamos aderir a um governo na reta final, que está com 82% de reprovação. Vamos rezar para que não tenhamos essa notícia. Se isso acontecer, o desgaste vai todo para nossos candidatos e vai prejudicar a reeleição deles”, analisa.

Para ele, o melhor caminho seria apoiar o vice-governador Fábio Dantas (PSB).