Política

PT sem prefeito em capitais

O Partido dos Trabalhadores (PT) sai das eleições 2020 menor do que entrou.

Sem prefeito eleito de capital no 1º turno.

E com duas derrotas no 2º turno: Marília Arraes (Recife) e João Coser (Vitória).

Política

PT vai perder vaga na Câmara Municipal de Natal para o PTB

O Partido dos Trabalhadores vai perder uma das três vagas na Câmara Municipal de Natal, em decorrência da recontagem que será feita com os votos computados de Luciano Nascimento (PTB), que será considerado eleito.

Pelo PT, permanecerão com vagas na Câmara: Divaneide e Brisa. Daniel Valença vai para a condição de primeiro suplente.

As três vagas do PTB serão: Luciano, Peixoto e Hermes.

Política

Valor Econômico destaca: PT pode ter fracasso histórico no RN

O Jornal Valor Econômico destaca nesta segunda-feira (26) que o Partido dos Trabalhadores (PT) corre sério risco de um fracasso histórico na disputa pela prefeitura do Natal – capital de um Estado governado pelo partido.

Com elevada desaprovação em Natal, a governadora Fátima Bezerra não conseguiu, até agora, alavancar a candidatura do senador Jean Paul Prates, que patina em pesquisas lideradas por três candidatos de perfil conservador.

Com ampla margem sobre os adversários, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) é favorito e pode ser reeleito já em primeiro turno. De acordo com um levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, realizado entre os dias 12 a 14 de outubro com 700 eleitores, Dias tem 36,4% das intenções de voto, distante do segundo colocado, o deputado estadual Kélps Lima (Solidariedade), que tem 10,3% e empata tecnicamente com Delegado Leocádio (PSL), com 6,4%, no limite da margem de erro de quatro pontos percentuais.

O cenário que se desenha em Natal não é exatamente uma surpresa. A cidade está na lista de capitais nordestinas onde o presidente Jair Bolsonaro venceu Fernando Haddad (PT), ao lado Aracaju, João Pessoa e Maceió, em 2018.

Historicamente, o PT tem participações importantes nas eleições em Natal, indo com frequência ao segundo turno, mas o desempenho esse ano pode ser irrisório. As dificuldades começam pelo fato de a atual governadora Fátima Bezerra enfrentar elevada desaprovação. Segundo levantamento do Ibope, realizado no início de outubro, a gestão da governadora é considerada ruim ou péssima por 40% dos natalenses. Apenas 26% consideram a gestão da petista boa ou ótima na capital. Já o presidente Bolsonaro é considerado bom ou ótimo por 39%.

Nos bastidores, comenta-se que o deputado estadual Fernando Mineiro e a deputada federal Natalia Bonavides, que eram os candidatos mais óbvios, não quiseram representar o PT. Opção que restou, Prates que chegou ao cargo de senador como suplente da então senadora Fátima Bezerra, disputa votos pela primeira vez.

Ao Valor Econômico, o candidato disse que faz parte da ala do partido que acredita que o PT deve renovar as suas lideranças. “O PT colocar nos ombros de Lula a responsabilidade de salvar o partido é muita coisa”, afirmou o petista. “Nossa campanha terá Lula na medida certa. Temos que mostrar ele, ajudar na sua defesa, mas não posso fazer disso a plataforma para a cidade”, disse Prates.

Em uma campanha curta, com escassos debates e inúmeras restrições para atos com aglomeração, Prates precisa driblar o desconhecimento. O candidato disputa Natal com uma chapa puro sangue, já que a esquerda se dividiu. Fernando Freitas (PCdoB), Rosália Fernandes (PSTU) e Nevinha Valentim (Psol), têm 1%, 0,4% e 0,3% das intenções de votos, respectivamente. O levantamento do Paraná Pesquisas, contratado pelo próprio instituto, está registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-05048/2020. O com nível de confiança é de 95%.

Candidato à reeleição, prefeito Álvaro Dias assumiu o cargo depois que o ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) renunciou para disputar o governo do Estado em 2018. Embora não seja o defensor mais ferrenho do presidente Bolsonaro entre os postulantes conservadores, Dias é sempre lembrado pelo fato de ter distribuído cloroquina e ivermectina na rede pública, durante a pandemia.

O tucano faz uma gestão com avaliação ótima ou boa por parte de 63% dos eleitores, segundo Ibope. Embora tenha atraído o DEM e MDB para sua coligação, a maior na disputa, Dias não é original dos clãs Alves e Maia.

Política

Confrontos no PT de Natal

Confrontos estão ocorrendo no PT de Natal.

Candidatos a vereador disputam o fundo partidário e tempos de inserções.

E nos bastidores já sabe que a governadora Fátima Bezerra trabalha na surdina pela eleição de Rodrigo Bico para vereador de Natal.

E Fernando Mineiro está atuando em prol da reeleição da vereadora Divaneide Basílio.

Política

PT chega à eleição sem nenhum prefeito nas 100 maiores cidades do Brasil

Informações do UOL

Maior partido de centro-esquerda do país, o PT chega às eleições 2020 sem governar nenhuma cidade entre as cem mais populosas do país, segundo levantamento feito pelo UOL.

Em 2016, o PT enfrentava o recente impeachment da então presidente Dilma Rousseff e uma série de denúncias de corrupção, envolvendo inclusive o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que fizeram o partido sentir nas urnas o peso de uma rejeição inédita.

Ao todo, o PT elegeu 255 prefeitos, uma queda de 60% quando comparada a 2012, quando venceu 644 disputas. A única capital que conseguiu foi Rio Branco, com a reeleição de Marcus Alexandre. Mas ele renunciou em abril de 2018 para concorrer, sem sucesso, na disputa pelo governo do Acre —hoje a prefeita é Socorro Neri, filiada ao PSB.

“Realmente, 2016 foi um ano muito ruim para nós e tivemos um baixo número de candidaturas às prefeituras: foram 990 ao todo. Estávamos mais acuados, com dificuldade, em meio a uma ação muito forte de perseguição —e quando não tínhamos o mesmo espaço de defesa. As eleições retrataram esse momento”, afirma a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), presidente nacional do PT.

O resultado ruim foi sentido em perdas marcantes nos dois principais redutos do partido. O PT foi derrotado em todas as cidades do ABC paulista pela primeira vez e não conseguiu eleger nenhum prefeito nas capitais e mesmo em grandes cidades do Nordeste.

Atualmente, o PSDB é o partido que tem mais prefeituras entre as cem cidades mais populosas do país, com 28. O MDB vem em seguida, com 15. O prefeito de Maceió, Rui Palmeira, deixou o PSDB e está sem partido.

Política

Presidente do PT de Assu renuncia ao cargo

Presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) de Assu, Francisco das Chagas Soares renunciou ao cargo nessa segunda-feira (31), de forma irrevogável, alegando não concordar com a ‘intervenção branca’ feita pela Comissão Executiva Estadual que decidiu por uma aliança com o atual prefeito Dr. Gustavo.

Os membros do Diretório Municipal também pediram afastamento.

O Diretório Municipal tinha decidido por apoiar a candidatura de Ivan Júnior, quando o Diretório Estadual decidiu pela aliança com Dr. Gustavo, que é irmão do deputado George Soares, líder do Governo Fátima na Assembleia Legislativa.

Política

PT poderá decidir neste final de semana quem será o candidato a Prefeito de Natal

O Diretório Municipal do PT poderá decidir neste final de semana quem vai concorrer pelo partido ao cargo de Prefeito de Natal.

É fato que o partido já tomou a decisão de candidatura própria.

E avalia dois nomes: o senador Jean-Paul Prates ou o médico Alexandre Motta, que disputou uma vaga de senador em 2018.

A deputada federal Natália Bonavides está descartada. Por decisão própria.

Política

PT de Assu decide não fazer aliança com PL; Membros da Executiva Estadual do PT pedem suspensão da deliberação

Um problema político para a governadora Fátima Bezerra resolver.

O Diretório do PT de Assu decidiu que não vai fazer aliança com o PL no município, partido do líder do Governo Fátima na Assembleia Legislativa, deputado George Soares.

Três membros da executiva estadual do PT, da ala interna do partido chamada ‘Avante’, a mesma a qual pertence a governadora, solicitaram a suspensão da deliberação.

A decisão final vai sair na próxima sexta-feira (26).

Política

PT e PCdoB divididos na disputa pela Prefeitura de Natal

O PT da governadora Fátima Bezerra e o PCdoB do vice-governador Antenor Roberto vão caminhar divididos na disputa pela Prefeitura de Natal.

O PT já definiu que terá candidatura própria. Avalia os nomes da deputada federal Natália Bonavides, do senador Jean-Paul Prates e do médico Alexandre Motta, que mais tem circulado e demonstrado vontade.

E nesta sexta-feira (28), o PCdoB anunciou que o auditor fiscal e engenheiro Fernando Freitas é o pré-candidato do partido à Prefeitura de Natal.

A proposta do PCdoB é trabalhar um manifesto pela construção de uma nova cidade, intitulado de “Movimento 65”.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Política

Fátima e os prefeitáveis do PT de Natal prestigiam a festa pelos 40 anos do partido no Rio de Janeiro

A governadora Fátima Bezerra cumpriu agenda administrativa no Rio de Janeiro no decorrer da semana e já ficou por lá.

Nada de prévia carnavalesca.

Ao lado dos companheiros que podem disputar a Prefeitura de Natal, o senador Jean-Paul, a deputada federal Natália Bonavides e o médico Alexandre Motta, participou da programação pelos 40 anos do Partido dos Trabalhadores (PT).

Política

Hermano na expectativa do apoio do PT

O deputado estadual Hermano Morais se filiou ao PSB e definiu que vai disputar a Prefeitura de Natal.

Tem a expectativa do apoio do PT e da governadora Fátima Bezerra, tendo em vista que a deputada federal Natália Bonavides não quer entrar no pleito municipal.

O PSB faz parte da base de apoio do Governo Fátima.

Mas…o PT já decidiu que terá candidatura própria. Sem Natália, restam os nomes do senador Jean-Paul Prates e do médico Alexandre Motta, segundo a própria governadora.

Política

PT terá disputa interna por candidatura à Prefeitura de Natal

Começam as articulações para as eleições 2020.

Com a decisão da deputada federal Natália Bonavides não disputar a Prefeitura de Natal, o partido deverá ter uma disputa interna.

O senador Jean-Paul Prates tem interesse em disputar o cargo. Seria uma oportunidade de se tornar conhecido na capital de olho na eleição de 2022, quando pretende tentar renovar o mandato.

Já o médico Alexandre Motta, que disputou o mandato de senador na chapa da governadora Fátima Bezerra, também almeja a disputa.

O ex-deputado Fernando Mineiro – segundo se comenta internamente no PT – não tem demonstrado tanto interesse.

Política

PT quer conquistar Prefeitura de Mossoró em 2020 para tentar impedir Rosalba em 2022

A eleição de Mossoró é prioridade para o Partido dos Trabalhadores (PT).

Vai muito além de querer fazer a deputada Isolda chefe do executivo mossoroense.

O PT enxerga que a atual prefeita Rosalba Ciarlini (PP), sendo reeleita, será uma forte candidata ao Senado em 2022, quando o senador Jean-Paul Prates (PT) vai tentar à reeleição.

Fátima no Verão de Tibau com Isolda

Política

PT não abre mão de disputar as Prefeituras de Natal, Mossoró e Caicó

Informações circulam nos bastidores da política que o Partido dos Trabalhadores (PT) não abre mão de disputar a Prefeitura em três cidades do Rio Grande do Norte: Natal, Caicó e Mossoró.

Natal com o senador Jean-Paul Prates, o médico Alexandre Motta ou o ex-deputado Fernando Mineiro.

Em Caicó, ainda estuda um nome, podendo ser o bancário Genar Lucena pelo PT ou da professora Sandra Kelly, que atualmente é filiada ao PCdoB.

Já em Mossoró, o nome é o da deputada Isolda.

Política

PT do RN vai eleger novo diretório

O Partido dos Trabalhadores (PT) do Rio Grande do Norte vai eleger suas novas direções partidárias: diretório estadual, executiva estadual e presidência estadual neste final de semana.

Vai ocorrer na sede do América nos dias 08 e 09 de novembro.

Para o comando do Diretório Nacional, quatro estão na disputa e estarão em campanha no RN: Gleisi Hoffmann, Margarida Salomão, Valter Pomar e Paulo Teixeira.

Política

A conta no exterior do PT

Antonio Palocci, na CPI do BNDES, teria revelado que a conta no exterior na qual Joesley Batista depositou propina pertencia ao PT.

Segundo O Globo, ele teria revelado também “os nomes de outros empresários que deram propina ao partido por meio da mesma conta. Esses executivos não tinham ligação com Joesley e suas empresas”.

O Antagonista

Política

PT do RN se dividiu nos protestos entre Natal e Brasília

O PT do RN se dividiu nas manifestações que ocorreram ontem (15) contra o contingenciamento de recursos para as instituições federais.

FB

Em Natal, a governadora Fátima Bezerra compareceu na companhia do secretário Fernando Mineiro, do vice-governador Antenor Roberto (PCdoB), além do militante do PSOL, Guilherme Boulos, que disputou a Presidência da República em 2018.

Em Brasília, os parlamentares federais do RN marcaram presença: o senador Jean-Paul Prates e a deputada federal Natália Bonavides.

Jean Paul