Sem categoria

Ricardo Motta: “João Faustino foi um homem público de atitudes moderadas sem perder a firmeza dos seus ideais”

Do presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ricardo Motta:

“João Faustino, um cordial amigo que tive, foi um homem público de atitudes moderadas sem perder a firmeza dos seus ideais. Um homem de formação democrática e de diálogo. Um conciliador nato, respeitado por todas as forças políticas do Rio Grande do Norte pelo seu estilo onde o radicalismo jamais encontrou lugar. Estou perplexo pela sua morte brusca, ao mesmo tempo em que me solidarizo com todos os seus familiares.”

Sem categoria

Ricardo Motta participa da Assembleia Cidadã em Acari e almoça com Isaías Cabral

Na manhã desta quinta-feira (26), a Assembleia Legislativa instalou na cidade de Acari, o Projeto “Assembleia Cidadã”, oferecendo a população local os serviços médicos na área de odontologia, pediatria e verificação da Pressão Arterial e da Glicose.

Também foram proferidas palestras educativas.

O presidente da Casa, deputado Ricardo Motta (PMN), participou da ação de cidadania.

Em seguida, almoçou na residência de Dona Vicência, mãe do pré-candidato a prefeito pelo PMDB, Isaías Cabral.

No almoço, Ricardo estava acompanhado pelo filho, o pré-candidato a vereador de Natal, Rafael Motta, e do assessor Pedro Alves, chefe de gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Foto: Blog de Nelder Medeiros

Isaías, Ricardo, Rafael Motta e Pedro Alves

Sem categoria

Ricardo Motta falta a primeira reunião do Conselho Político formado por Rosalba

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PMN), vai faltar a primeira reunião do Conselho Político formado pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

A reunião deverá ocorrer ainda nesta quarta-feira (25), em Brasília, com a presença da própria governadora, do primeiro damo Carlos Augusto, ministro Garibaldi Filho, senador José Agripino Maia e dos deputados federais João Maia e Henrique Alves.

Motta, que cumpre agenda em Natal, tem compromisso nesta quinta-feira (26), em Acari, na Região do Seridó, quando acompanhará mais uma edição da Assembleia Cidadã.

Sem categoria

Natal sediará o maior encontro parlamentar da América Latina

Será anunciada nesta terça-feira (24), na Assembleia Legislativa, a programação da 16ª Conferência Anual da União Nacional dos Legislativos e Legisladores Estaduais (Unale), que pela primeira vez acontecerá em Natal, de 29 de maio a 01 de junho, no Centro de Convenções.

O anúncio será às 9h30 e terá a presenças do presidente da Assembleia Legislativa Ricardo Motta, do presidente da Unale José Luis Tchê e do deputado Gustavo Fernandes, presidente da comissão organizadora do encontro.

A Conferência é o maior encontro parlamentar da América Latina e se constituiu em um grande fórum de discussões e troca de experiências para o fortalecimento da democracia e aperfeiçoamento das ações do poder legislativo estadual, tratando de temas relevantes no contexto nacional atual.

Cerca de 1500 participantes – entre eles mais de 400 deputados e representantes de mais de 30 países – estarão reunidos em torno do tema “Matriz energética e alternativas para o futuro” promovido por meio de debates e palestras técnicas sobre as políticas de produção e distribuição de energia, demandas atuais e futuras, novas fontes e sintonia com o meio ambiente.

Outros tópicos de interesse nacional também serão discutidos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas no Brasil. Os deputados Roberto Dinamite e Romário participarão de uma mesa redonda durante o evento.

 

Sem categoria

Rosalba e Ricardo Motta na Festa da Padroeira de Goianinha

Na noite desta quinta-feira (12), a governadora Rosalba Ciarlini e o presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta, visitaram o município de Goianinha para participar da festa da padroeira Nossa Senhora dos Prazeres.

Ambos foram recebidos pelo prefeito da cidade, Júnior Rocha e pelo ex-prefeito-prefeitável Disson Lisboa.

Rosalba Ciarlini ressaltou a organização da festa e declarou “que o prefeito e todos os que ajudaram estão de parabéns. A festa está organizada, com o povo feliz, muita segurança e assistência do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em vários pontos. Conheci essa festa e é notável que ela vem crescendo a cada ano. Estão de parabéns o prefeito e população”, afirmou.

Sem categoria

Ricardo Motta solicita obras ao Governo

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PMN), apresentou dois requerimentos solicitando ao Governo do Estado benefícios para os municípios de Currais Novos, Jucurutu e São Rafael, nas áreas de Educação e de Estrada.

Em um dos expedientes, ele reivindicou ao diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) a recuperação da rodovia que liga as cidades de Currais Novos a Jucurutu, na região Seridó.

A outra solicitação ainda nessa área foi para o DER executar os serviços de capinação na RN-118, no trecho que liga o município de Jucurutu à BR-304, para melhorar as condições de tráfego naquela estrada.

No setor de Educação, o deputado Ricardo Motta solicitou a reforma geral da escola estadual Tristão de Barros, incluindo a construção de uma quadra poliesportiva, no município de São Rafael.

Sem categoria

Ricardo Motta faz lançamento do projeto Assembleia na Copa‏

Com o objetivo de inserir o legislativo nas ações voltadas para a realização da Copa do Mundo de 2014, o presidente da Assembleia Legislativa deputado Ricardo Motta lançou esta manhã o projeto “Assembleia na Copa”, que tem por objetivo promover a inserção da Casa na mobilização da sociedade natalense em apoio ao maior campeonato de futebol do mundo.

“De todas as conquistas decorrentes da realização da Copa de 2014 em Natal, as mais importantes serão as oportunidades de emprego e de renda para o nosso povo. Não apenas no período dos jogos, quando teremos um fluxo muito maior de turistas na capital do nosso Estado, mas, principalmente, depois, em função do aquecimento do turismo potiguar decorrente da ampliação das vagas de trabalho em hotéis, restaurantes e em função de empreendimentos que se instalarão em Natal e no seu entorno”, disse.

Ricardo Motta lembrou que a Assembleia Legislativa cumpriu o seu papel, no que diz respeito à Copa de 2014, sobretudo em relação à  Arena das Dunas, quando aprovou o Fundo Garantidor, o que permitiu ao governo do Estado firmar uma parceria público privada para a construção do estádio que será o palco dos jogos da Copa em Natal.

O presidente da Assembleia Legislativa disse ainda que “dentro desta perspectiva de prestação de serviço à comunidade é com grande satisfação que nos reunimos hoje para o lançamento desse Projeto que irá oferecer cursos de inglês a profissionais da cadeia de turismo. É uma forma de prepara-los para receber melhor os turistas estrangeiros que chegarem à nossa cidade”.

 

 

Sem categoria

Ricardo Motta presta contas de missão potiguar aos Estados Unidos‏

O potencial turístico do Rio Grande do Norte chamou atenção de um dos maiores grupos de hotelaria do mundo, o Metro Goldwyn Mayer (MGM Resorts). O presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta acaba de chegar dos Estados Unidos, onde participou de reuniões com representantes do grupo e trouxe boas notícias para o Estado. Nos próximos dois meses, integrantes do MGM Resorts visitarão o RN para tratar de investimentos que devem ser feitos no setor hoteleiro.

De acordo com Ricardo Motta, o grupo possui um faturamento de US$ 8 bilhões por ano. “Eles demonstraram um grande interesse no nosso Estado. Querem realizar um grande investimento no RN, com a construção de um Resort de padrão internacional. Isso vai gerar emprego para a nossa população. O grupo possui 60 mil funcionários e 50 mil leitos espalhados por todo o mundo”, declarou Ricardo, que viajou ao lado dos secretários estaduais Benito Gama e Obery Rodrigues.

Paralelo à reunião com os integrantes da MGM, a comitiva potiguar tratou ainda de investimentos sobre voos charter para Natal e sobre taxação da importação de frutas. “O Proimport RN foi muito elogiado por lá”, disse Ricardo Motta. Por fim, os representantes do RN estiveram em Nova York para tratar sobre investimentos sobre Energia Eólica. De acordo com o presidente da AL, um grupo norte-americano pretende investir US$ 220 milhões no estado. “Espero que essa viagem possa surtir efeitos a curto prazo. Agradeço à governadora Rosalba Ciarlini pela oportunidade de liderar essa missão e ter contribuído para bons resultados”, declarou Ricardo Motta.

Sem categoria

Definitivo: Rosalba não viajará aos Estados Unidos

Do Blog de Thaisa Galvão

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, foi convidado pela governadora Rosalba Ciarlini para chefiar a comitiva formada pelos secretários Benito Gama (Desenvolvimento Econômico) e Obery Rodrigues (Planejamento) em viagem aos Estados Unidos.

Eles vão a Washington e Las Vegas para contatos no BID e BIRD.

A governadora, mesmo sabendo que poderá deixar o país sem transmitir o cargo ao vice-desafeto Robinson Faria, entregou a Motta a missão de viajar como chefe de poder.

 

Sem categoria

Rosalba e Ricardo Motta nos Estados Unidos

A governadora Rosalba Ciarlini e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, vão participar entre os dias 16 e 23 de março do Road Show sobre os Investimentos do Rio Grande do Norte, nas Cidades de New York e Las Vegas, nos Estados Unidos.

Os secretários Benito Gama (Desenvolvimento Econômico) e Obery Rodrigues (Planejamento), também já estão confirmados na comitiva.

Sem categoria

Ricardo Motta assina termo de compromisso para reedição do livro de Cascudo‏

“No Brasil, não se faz cultura sem falar em Câmara Cascudo”. As palavras do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta marcaram a solenidade de assinatura do termo de compromisso para a reedição do livro “Uma história da Assembleia Legislativa”.

O parlamentar e a filha do historiador, a presidente do Instituto Câmara Cascudo, Ana Maria Cascudo, assinaram o documento na manhã desta quarta-feira (29), no gabinete da Presidência da Casa.

A previsão para o lançamento do livro – que já está na gráfica -, é maio deste ano.

Sem categoria

José Agripino recebe Ricardo Motta e João Maia para falar sobre política

Acompanhando a governadora Rosalba Ciarlini em agenda administrativa na capital federal, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ricardo Motta, aproveitou para fazer uma visita ao senador José Agripino (DEM).

O encontro aconteceu no gabinete do presidente nacional do Democratas no Senado e contou com a presença do deputado federal João Maia (PR).

No encontro, o grupo conversou sobre investimentos em solo potiguar,  ações de infraestrutura para a realização dos jogos da Copa do Mundo em Natal, além de política local com foco nas eleições municipais de outubro.

Sem categoria

Assembleia Legislativa forma primeira turma de especialistas em Gestão Pública

A realização de teleconferências, disseminando conhecimentos sobre temas relevantes para a população e integrando municípios em todo o Estado, ampliando o leque de atuação do Instituto do Legislativo Potiguar (ILP) como uma das metas para 2012, foi o anúncio feito hoje (27) pelo presidente Ricardo Motta, durante o reinício das atividades letivas do ILP.

Além da aula inaugural proferida pelo professor Florian Madruga, presidente da Associação Brasileira das Escolas Legislativas e de Contas (ABEL), a solenidade foi marcada pela entrega dos certificados à primeira turma de especialistas em Gestão Pública e pela instalação, para o ano letivo que se inicia, dos cursos Tecnologia em Gestão Pública (graduação) e de Especialização em Gestão Pública, ambos realizados em parceria com a Unp.

“O ILP cada vez mais vem cumprindo com competência a sua nobre missão educacional, de capacitar e de valorizar os nossos servidores. Vem fazendo a diferença no dia-a-dia da Assembleia e essas pessoas também estão fazendo a diferença nos setores em que atuam, pois estão mais preparadas e motivadas a prestar um serviço com cada vez mais qualidade”, disse o presidente.

De sua instalação, em 2008, até hoje, o ILP já ofereceu mais de 120 cursos, se aproximando da marca dos 3.500 alunos inscritos.

Sem categoria

Membros da unale se reúnem com Ricardo Motta para organizar Conferência Anual

Os últimos detalhes para a realização 16ª Conferência Anual na União Nacional dos Legislativos e Legisladores Estaduais (Unale), que acontecerá em Natal, estão sendo definidos hoje e amanhã na Assembleia Legislativa. Na manhã desta segunda-feira (27) foi criada a Comissão Organizadora da Conferência, que terá como presidente o deputado Gustavo Fernandes. O evento, que já é considerado pela entidade nacional como o maior de sua história, acontecerá no final de maio, no Centro de Convenções de Natal e deve reunir cerca de 400 deputados de todos os estados brasileiros, além de 25 delegações com parlamentares internacionais.

O presidente da Assembleia, o deputado Ricardo Motta recebeu os deputados Lauri Gisch, diretor geral da Unale, Joarez Ponticelli (PP-SC) e Hélio Soarez (PP-MA). Estes dois últimos fazem parte da Comissão Organizadora do evento. Na ocasião, os parlamentares discutiram assuntos como a programação da Conferência e o cronograma de ações da organização. A partir das 16h, os deputados farão uma visita ao Centro de Convenções para conhecer o espaço. “Este evento é motivo de orgulho para o nosso estado. É uma oportunidade para estreitar as relações entre o legislativo de todo o Brasil”, disse o deputado Ricardo Motta.

 

Sem categoria

Ricardo Motta faz revista a Tropa da Polícia Militar‏

O presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Ricardo Motta acaba de fazer revista à tropa da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, dando início à solenidade que abre os trabalhos legislativos.

A cerimônia aconteceu na Praça 7 de setembro, em frente a Casa Legislativa.

Neste momento, a governadora Rosalba Ciarilini faz a leitura da mensagem anual, onde apresenta as metas para o exercício de 2012 e uma prestação de contas de 2011.

Sem categoria

Ricardo Motta diz que o PMN torce para que haja uma união do PSD com o governo Rosalba

Do Diário de Natal/O Poti, edição deste domingo (12)

Liderado político da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), o presidente da Assembleia Legislativa (AL), Ricardo Motta (PMN), manifestou, em entrevista a’O Poti/Diário de Natal, simpatia pela pré-candidatura do deputado federal Rogério Marinho (PSDB) à prefeitura de Natal. No entanto, frisou que a escolha do nome que será apoiado pela sua legenda dependerá de conversas internas do partido e da definição da governadora. “O PMN apoiará a candidatura que nosso sistema político indicar. Nós fazemos parte de uma coligação que tem a governadora Rosalba Ciarlini como comandante. O PMN haverá de ouvir também internamente nossos companheiros. Rogério Marinho é um excelente nome, como outros que também pleiteiam”, declarou. O parlamentar também comentou a desistência da filiação ao PSD aos “45 minutos do segundo tempo”, a pré-candidatura do filho Rafael Motta (PP) a vereador de Natal, os desafios da Assembleia Legislativa para 2012, a onda de violência que Natal enfrenta hoje e a preparação da cidade para a Copa de 2014.Confira a entrevista:

O ano passado foi decisivo para o senhor politicamente. O senhor chegou a compor a comissão provisória do PSD, mas, no momento final, decidiu permanecer no PMN. Por que essa decisão?

Minha amizade com o vice-governador Robinson Faria está acima de questões políticas. Eu, como presidente do poder legislativo, preferi ficar num partido que tivesse autonomia. Não pretendia me filiar à legenda do vice-governador, que faz parte do Executivo. Queria uma legenda desvinculada do governo, para ter autonomia. Se tivesse ido, ficaria subordinado ao Executivo. Então, optei pela independência. Mas, em nenhum momento isso abalou minha amizade com Robinson. Foi isso que ocorreu. Existe uma afinidade, uma amizade entre nós. Não ocorreu mudança de rumo. Minha decisão foi para preservar a independência dos poderes. Isso ocorreu em anos anteriores, quando Robinson saiu do PFL e fundou o PMN noRN. Ele, por meio da sua competência, fez com que fosse um dos maiores partidos do estado.

Por que então o senhor deixou para decidir ficar no PMN somente no momento final, e não desde o início, quando Robinson o convidou para o PSD?

Participei desde o início do processo de criação do PSD, com os deputados Raimundo Fernandes, Vivaldo Costa, Gesane Marinho, todos os deputados daquele grupo. Mas, em seguida, numa análise mais profunda, vimos que poderíamos trabalhar em partidos distintos, o PMN como o PSD. Infelizmente, houve desdobramentos, que foi o rompimento do PSD com o governo. Daí, o PMN não teve nenhuma participação nisso. Pelo contrário. O PMN torce para que haja uma união entre os dois.

O PMN vai apoiar a candidatura do deputado federal Rogério Marinho a prefeito de Natal?

O PMN apoiará a candidatura que nosso sistema político indicar. Nós fazemos parte de uma coligação que tem a governadora Rosalba Ciarlini como comandante. O PMN haverá de ouvir também internamente nossos companheiros. Rogério Marinho é um excelente nome, como outros que também pleiteiam. Todos eles estão capacitados para receber nosso apoio. Mas é um assunto para ser discutido internamente pelo PMN, sem perder a sintonia com a governadora.

Mas hoje a tendência do apoio do grupo é por Rogério?

Pelo que tenho acompanhado, é por Rogério. Já conversei com ele. Eu tenho certeza que ele prefeito dará uma grande levantada na administração municipal. Mas existem outros nomes que pleiteiam ser candidatos que também têm condições.

O senhor acredita que Rogério Marinho tem densidade eleitoral para segurar a candidatura até as convenções?

A campanha não começou. A campanha não está deflagrada. Somente o futuro dirá. Aqui houve uma época em que Geraldo Melo tinha 3% das intenções de voto e foi governador do Rio Grande do Norte.

Quando o tema são as eleições de 2012, DEM, PMDB e PR falam em formação de bloco onde for possível compor. Deixam o PMN de fora da aliança. O seu partido está sendo excluído das articulações?

Não. De forma nenhuma. O PMN está em perfeita sintonia. O PMN está afinado com o sistema, com os partidos co-irmãos. Na verdade, houve uma reunião prévia entre eles em Brasília. Mas, o PMN está afinado. Tenho a convicção de que eles contam com o PMN, da mesma forma que o PMN também conta com eles.

Como o senhor define sua relação política e institucional com o governo hoje?

Eu diria que excelente. Tudo que temos pleiteado do governo, o governo tem sido sensível. Da mesma forma, a Assembleia Legislativa mostrou que é parceira do governo e acima de tudo do Rio Grande do Norte. Todas as mensagens do governo, praticamente, foram aprovadas, depois de discutidas. Tivemos várias matérias neste ano. A Assembleia tem sido solidária com o governo. E digo mais: a recíproca é verdadeira. O governo do estado não tem nos faltado. Espero que essa parceria, amizade e cordialidade continuem até o final da legislatura.

O senhor disse que a recíproca é verdadeira, mas o que se vê na Assembleia Legislativa são reclamações dos deputados da base, por falta de espaço no governo e emendas não liberadas. A recíproca é mesmo tão verdadeira?

A gente não pode dar aquilo que não tem. Foram liberadas algumas emendas. Outras não foram, muitas vezes até por falta de projeto. Se você tem em sua casa uma empregada que merece ganhar mil reais, mas sua receita só dá pra pagar R$ 700, você só vai pagar o que pode. Quando a receita melhorar, você paga o que ela merece. É assim a situação do governo. Esperamos que, neste ano de 2012, o governo saia do sufoco e possa contemplar os deputados, com indicações e liberação de emendas. Isso é o que tenho escutado da governadora.

Quais os desafios da Assembleia para este ano?

Não existem desafios maiores, porque estou lá há muitos anos. Já passei por vários períodos eleitorais. Esse é um ano eleitoral. Tenho certeza de que as sessões serão normais, com boa freqüência dos deputados, apesar de estarem fazendo campanhas nos municípios. Com a volta do horário das sessões pela manhã, a disponibilidade de tempo será maior. E os debates também serão freqüentes. Acredito que muitos assuntos políticos serão abordados. Também continuaremos realizando audiências públicas sobre temas importantes para a sociedade, como a Copa de 2014, a segurança, as estradas e outros assuntos. O desafio maior foi neste primeiro ano, por causa dos planos de cargos e salários e os movimentos grevistas. Acredito que o governo tem uma perspectiva real de superação dos problemas do ano passado. Com isso, deveremos ter uma Assembleia menos congestionada. Essa é a nossa perspectiva. É o que sinto.

Com o ano eleitoral, haverá uma força-tarefa para votar os projetos prioritários do Executivo neste primeiro semestre, tendo em vista que no segundo semestre os deputados deverão se dedicar às campanhas eleitorais no interior?

Não acredito nisso. Vamos votar de acordo com o que for chegando. Mesmo estando em período eleitoral, as reuniões das comissões e as sessões ocorrerão normalmente. As audiências públicas talvez sejam encurtadas. Mas, nas comissões não. Não creio que haja descontinuidade do trabalho legislativo.

A cidade de Natal vive hoje uma onda de violência. A Polícia Militar já contabiliza mais de 70 assaltos neste ano. Como a Assembleia Legislativa se posiciona diante dessa situação? O que pode ser feito para mudar esse quadro?

A Assembleia acompanha esse quadro com bastante preocupação. Estamos sentindo isso no nosso cotidiano. Mas, estamos vendo também o aumento no efetivo policial nas ruas. Foi uma determinação da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e do comandante da Polícia. A governadora também chamou os policiais cedidos a outros poderes para retornar às ruas. AAssembleia será parceira mais uma vez do governo neste sentido. Vamos nos reunir para abordar esse assunto. Estamos vendo com muita preocupação, mas estamos vendo que o governo vem tomando todas as providências cabíveis.

O senhor disse que a Assembleia Legislativa se preocupa com a situação da segurança pública. Por que, então, a Casa não veio a público se posicionar em relação a essa onda de violência?

Veja bem, a própria Assembleia Legislativa votou sobre a questão dos agentes penitenciários, dos policiais civis… As galerias estão sempre lotadas. A Assembleia em nenhum momento foi omissa. Mostrou a sua cara e está pronta para colaborar. Vamos ter uma conversa, inclusive, sobre os servidores cedidos à Assembleia. Já pedi para fazer o levantamento e com certeza no início dos trabalhos teremos essa definição.

É um número muito alto?

Não. Existe uma rotatividade muito grande. Recentemente, abortamos um assalto que teria a caixas eletrônicos. A Assembleia é colaboradora do governo do estado, sobretudo no quediz respeito à segurança do cidadão.

O senhor acha que essa decisão da Assembleia de entregar os policiais cedidos pelo governo deveria também ser tomada por outros órgãos?

Claro que será. O Executivo terá essa conversa com outros poderes. Tenho convicção de que os outros órgãos vão colaborar. Claro que resguardando também a segurança de suas instituições. No caso da Assembleia, já mandei fazer um estudo para ficarmos com o mínimo de condições possível para funcionar e colocar os demais à disposição da Polícia Militar.

Nesta década, os órgãos fiscalizadores têm descoberto vários escândalos de corrupção. Um exemplo recente é o caso do desvio de recursos dos precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Que atitudes o senhor tem tomado para prevenir a corrupção na Assembleia?

Respeitamos muito a independência dos poderes. O judiciário está tomando suas providências no caso dos precatórios. Nós, na Assembleia Legislativa, temos nosso controle interno, a procuradoria, a comissão de advogados permanentes… por tanto, não tenho preocupação neste sentido com a Assembleia Legislativa. A Casa tem o seu poder investigativo interno para evitar eventuais distorções ou irregularidades.

Em visita a Natal, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que existe a possibilidade de Natal receber a Copa de 2014 sem as obras de mobilidade. Qual a posição da Assembleia em relação a isso?

Nós estamos dois meses avançados no cronograma do estádio. Mas, claro que o problema da mobilidade tem que ser resolvido. Quem mora aqui sabe o que enfrenta. A solução do problema da mobilidade é tão importante quanto a construção da Arena das Dunas e a preparação da rede hoteleira. Eu quero externar a satisfação do poder legislativo ao ânimo que o ministro tem dado ao Rio Grande do Norte.

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) tem encontrado dificuldades para realizar as obras de mobilidade que são de responsabilidade do governo. Como a Assembleia pode ajudar neste sentido?

A Assembleia Legislativa pode ajudar reivindicando empenho dabancada federal, dentro dos nossos limites, também por meio da imprensa. Tenho certeza de que a nossa bancada tem sido sensível aos interesses do Rio Grande do Norte. Nós faremos uma das copas mais bonitas, como disse o ministro Aldo Rebelo. A Assembleia é a voz, é o carro de som do povo potiguar. Cada órgão tem que fazer sua parte. Tanto a prefeitura quanto o governo do estado. Conversando com o secretário Demétrio Torres (da Secopa), recebi dele a resposta de que estamos rigorosamente em dia, tanto na questão do estádio quanto em relação às obras de mobilidade.

A imagem do legislativo brasileiro diante da sociedade é negativa. No caso específico do RN, o que o senhor fará para melhorar essa imagem?

Tenho participado de reuniões no Brasil todo sobre Assembléias Legislativas. A nossa tem sido um modelo nacional. Foi a que mais fez audiências públicas no ano. Recebeu o prêmio do Ministério da Justiça por causa das ações no combate às drogas. Nossa TV recebeu premiação do Ministério Público pela mesma causa. Nossa Assembleia é exemplar. Várias vêm aqui para observar nossas ações e levá-las para outros estados. Então, a imagem da Assembleia é bastante positiva. Estamos no caminho certo. Vamos fazer com que cada vez mais nós possamos fazer os potiguares se orgulharem do nosso poder legislativo, que já nos orgulha no Brasil inteiro.

A imprensa nacional tem criticado a submissão do Congresso Nacional à presidenta Dilma Rousseff (PT). Na visão do senhor, existe submissão também do legislativo potiguar em relação ao governo do estado?

Não. De forma nenhuma. O que ocorre é que, antes de o governo fazer o encaminhamento, chama a Assembleia para discutir as mensagens que serão encaminhadas. É o que não ocorre no caso de Brasília. No caso do Import-RN, por exemplo, antes de ser encaminhado foi debatido com o legislativo e as classes produtoras do Rio Grande do Norte. Foi algo que de tão debatido se tornou consensual. Apenas dois deputados não votaram a favor. Em Brasília, não. As coisas funcionam de outra forma.

Hoje, o presidente estadual do PMN, deputado Antônio Jácome, é muito próximo da prefeita de Natal, Micarla de Sousa. Existe a possibilidade de o partido apoiar uma eventual candidatura dela à reeleição?

O PMN faz parte de uma coligação liderada pela senhora governadora do RN. Nós não seremos dissidentes da governadora. Respeito a posição do deputado Antônio Jácome, o mais votado do estado. Mas, não existe nenhuma definição neste sentido. É uma posição unilateral do deputado. O PMDB, por exemplo, até ontem fazia parte da gestão de Micarla. No momento oportuno, o PMN vai ouvir todos os partidos da coligação e, capitaneados pela governadora, tomar sua posição.

O governo do estado aparece com mais de 50% de desaprovação popular. A que fatores o senhor atribui esse índice negativo?

Atribuo às dificuldades. Não vou analisar a gestão passada. Todo mundo sabe como a governadora pegou o estado. Como ela poderia com o orçamento de 2011 pagar dois? Quitar as dívidas de 2010? Então é difícil. Mas, vejo um verdadeiro holofoteno final do túnel. Tenho certeza de que o governo vai deslanchar. Vem muitos investimentos por aí. Várias indústrias chegarão. Já estão chegando. Uma grande indústria já se prepara para se instalar no RN por causa do Import-RN.

Qual a posição da Assembleia em relação à posição da presidenta Dilma Rousseff de vetar os recursos para a construção de um novo porto de Natal?

A Assembleia vê com preocupação. Mas, eu digo com certeza que faremos essa ampliação, nem que seja com recursos da iniciativa privada. A própria receita gerada com o Import-RN será para o porto.

Presidente, neste ano o seu filho, Rafael Motta, será candidato a vereador em Natal. Como será sua participação na campanha?

Ajudarei no que puder. Estarei com vários companheiros candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador. Claro que vou colaborar no que for possível. É meu filho. Vejo com legitimidade o desejo dele, que sempre foi um entusiasta. É uma coisa que ele quer, tem vocação. O povo haverá de julga-lo. Se ele for merecedor da confiança do povo, tenho certeza de que será, sairá vitorioso.

Por que o senhor não o filiou ao PP e não ao PMN?

Porque naquele momento estava em cima do prazo eleitoral e eu estava indefinido. Política se faz com a razão, com a cabeça. Naquele momento, vi que o PP, até por ser um partido coligado, achei por bem coloca-lo lá. É normal. A deputada Gesane Marinho, por exemplo, é do PSD e o irmão é do PMDB.

Há uma articulação para a deputada estadual Gesane Marinho voltar ao PMN?

Que seja do meu conhecimento, não. Mas, o que posso dizer é que ela está afinada com o governo. Isso ela tem demonstrado em todas as entrevistas, votações e tem participado das reuniões da base. Que ela está afinada com o governo está.

Quais as metas do senhor para este ano na Assembleia?

Realizar o que não foi possível realizar no ano passado, como o concurso público, o memorial, o painel eletrônico, a integração eletrônica de teleconferências, promoção dos servidores e expansão do ILP. Com esses projetos, acredito que chegarei onde almejo, que é dar mais dinamismo e transparência aos trabalhos legislativos.

Sem categoria

Assembleia retoma trabalhos legislativos no dia 15

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte retoma os trabalhos legislativos no próximo dia 15 de fevereiro. A sessão de abertura na qual a governadora Rosalba Ciarlini fará a leitura da sua mensagem anual começa às 16h. O presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta, afirmou que, do ponto de vista administrativo, as metas para 2012 são a instalação, o mais breve possível, do painel eletrônico no plenário da Casa para conferir maior transparência às votações, a realização do concurso público, a inauguração do Memorial do Legislativo e a promoção de campanhas publicitárias sobre temas como combate ao crack e violência no trânsito.

“São metas do poder legislativo como um todo, não apenas nossas ou da Mesa Diretora, a implantação o mais rápido possível do painel eletrônico, a inauguração do Memorial do Legislativo e ,principalmente, o concurso público, que é uma bandeira nossa. Está em fase de conclusão um estudo para detectar as necessidades de pessoal nos diversos setores da Casa”, assegurou o deputado Ricardo Motta.

Do ponto de vista parlamentar, segundo o presidente da Assembleia Legislativa, a meta é manter o nível de atuação e produção legislativa de 2011, como por exemplo o recorde de realização de audiências públicas, proporcionando a participação popular no debate de temas de interesse do Rio Grande do Norte.

Sem categoria

Ricardo Motta lembra que seu pai, Clóvis Motta, foi correligionário de Manoel Torres

“Trago aqui as homenagens da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Casa que Manoel Torres representou tão bem o Seridó durante quatro mandatos. Estou emocionado por lembrar da amizade que meu pai, o ex-deputado Clóvis Motta, tinha com Seu Manoel. Além de amigos, eram também correligionários”.

Discursou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, durante a missa de corpo presente de Manoel Torres.

Sem categoria

Ricardo Motta faz balanço do ano legislativo

Em entrevista hoje (20) à Sim! TV, no programa Sua Cidade, apresentado por Luiz Almir, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, fez um breve balanço do ano legislativo. Ricardo Motta falou sobre as atividades realizadas no parlamento durante o primeiro ano de sua gestão e sobre os projetos recentemente votados na Casa, como o IMPORT RN e o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2012.

Com relação ao OGE, o presidente afirmou: “Estamos muito otimistas que 2012 será um bom ano, com a previsão do aumento da arrecadação. Todos os governantes querem realizar o desejo da população por uma vida melhor e tenho muita convicção que chegaremos próximo do ideal. Vamos trabalhar com esse objetivo”, disse o presidente do legislativo estadual.

Ricardo Motta também falou sobre o IMPORT RN.