CidadesPolítica

Governo do Estado entrega mais 484 cisternas‏

Na noite desta quarta-feira (25), a secretária de Assistência Social, Julianne Faria, foi até o município de Lagoa Nova, no Seridó, para festejar a entrega de mais 484 cisternas. O Governo do Estado, através da Sethas, em convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), desenvolve o Programa de Cisternas no Rio Grande do Norte. Nesta etapa, foram entregues 302 em Lagoa Nova, 151 em Cerro Corá e 31 em Bodó, construídas em parceria com o Serviço de Amparo aos Projetos Alternativos Comunitários (Seapac).

A entrega simbólica das cisternas foi comemorada com uma missa em ação de graças no assentamento José Milanês, em Lagoa Nova, celebrada pelo bispo da Diocese de Caicó, Dom Antônio Carlos, com o pároco de Lagoa Nova, padre Valdeci, e o vigário Episcopal das Pastorais Sociais, padre Ivanoff. A celebração reuniu beneficiados pelas cisternas e moradores de toda a região.

Foto: Cedida

1cisternas

Cidades

Caminhões-pipa do governo federal serão remanejados para município de São Miguel

O Ministério da Integração Nacional vai remanejar para São Miguel alguns caminhões-pipa que estão atendendo a municípios do Rio Grande do Norte onde começou a chover. Esse foi o compromisso assumido na tarde desta quarta-feira (25) pelo ministro Gilberto Magalhães Ochi, em audiência da qual participaram o senador Garibaldi Filho, os deputados federais Walter Alves e Rafael Motta, o deputado estadual Raimundo Fernandes e o prefeito de São Miguel, Dario Vieira.

Na mesma reunião, o senador Garibaldi, o deputado Walter Alves e o prefeito de Serra do Mel, Fabinho Bezerra, solicitaram a liberação de R$ 5 milhões para a construção de um poço tubular de alta profundidade, que será utilizado para reforçar o abastecimento de água na zona urbana do município. A prefeitura entraria com uma contrapartida de R$ 800 mil.

Foto: Cedida

  

Política

Prefeitos pedem apoio de Agripino na luta por medidas de combate à seca no RN‏

Os prefeitos de Passa e Fica, Pepeu Lisboa (PMDB), e de Almino Afonso, Lawrence Amorim (PMDB), estiveram no gabinete do senador José Agripino nesta terça-feira (10), em Brasília, para fazer um apelo ao parlamentar em defesa do combate à seca no Rio Grande do Norte. Os prefeitos reclamam do aumento de despesas para os cofres municipais com a aquisição de carros-pipa e da ausência de medidas federais que possam solucionar efetivamente essa questão crônica para a região Nordeste.  “A seca é um problema secular. No momento, os prefeitos estão se sentindo quase órfãos porque as ações – que deveriam chegar de forma efetiva, não para combater o efeito, mas a causa – não chegam”, critica Pepeu lembrando que a transposição do Rio São Francisco poderia ser uma solução, mas virou um “conto de fadas” para os nordestinos.

Defensor do municipalismo, o senador José Agripino garantiu apoio aos prefeitos. Segundo Agripino, se o governo federal conseguisse cumprir as promessas feitas ao Nordeste brasileiro, como a transposição do Rio São Francisco, a atualização do Pacto Federativo e o desassoreamento das barragens, a seca no Nordeste estaria praticamente solucionada. “O quadro é grave, é de aflição para centenas de famílias no meu Estado. O ganha-pão das pessoas está indo embora, mas existe uma completa insensibilidade do governo federal em relação ao tema”, ressaltou Agripino.

 Já o prefeito Lawrence Amorim demonstrou indignação ao fazer referência as constantes vindas à capital federal  para “mendigar recursos federais”. “Este ano a coisa está difícil porque nem o orçamento foi aprovado e a liberação das emendas depende disso. O município precisa deixar de ser o primo pobre da nação. É por isso, que viemos aqui pedir o apoio dos nossos parlamentares para nos ajudar nessa luta, acabar com essa peregrinação”, desabafa.

Foto: Mariana DiPietro

laurencio_pepeu_agripino (1)

CidadesCotidianoEconomiaPolítica

Ministério do Desenvolvimento Agrário recebe bancada potiguar para cobrar subsídio do milho

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) foi o destino da bancada do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (11), para agilizar a renovação da portaria interministerial que concede subsídio ao milho vendido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no estado.

Os parlamentares do RN ouviram do ministro Patrus Ananias o compromisso de levar à presidência da República uma proposta em conjunto com o Ministério da Agricultura. “Além do pedido de reeditar uma nova portaria garantindo o subsídio ao milho levamos o pleito de que haja uma interferência no valor do milho vendido no estado, que pratica um dos preços mais altos da região. Sabemos que sem o auxílio do governo, a venda é feita com preço de mercado, mas prejudica em excesso o pequeno produtor”, destacou o deputado federal Felipe Maia, presente na audiência.

Os senadores Garibaldi Alves (PMDB) e Fátima Bezerra (PT), e os deputados federais Beto Rosado (PP) e Assis Carvalho (PT-PI) também estiveram presentes no encontro.

Fotos: Assessoria

(null) (null)

Política

Ministra da Agricultura recebe bancada do RN para tratar do subísido do milho‏

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, recebeu na tarde desta terça-feira (10), os senadores Fátima Bezerra (PT) e Garibaldi Alves (PMDB),  além dos deputados federais Beto Rosado (PP), Felipe Maia (DEM), Rafael Motta (PROS) e Walter Alves (PMBD). Eles foram cobrar a publicação da portaria interministerial que garante o subsídio para o milho comercializado pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB).

Da ministra, ouviram que a portaria será reeditada com regras mais rígidas, para beneficiar apenas os pequenos agricultores que mais precisam do subsídio. A portaria que subsidiava o milho até dezembro de 2014 garantia o benefício para uma faixa mais abrangente de agricultores. Hoje, sem o subsídio, a saca de 60 kgs é comercializada por R$38,40 pela CONAB.

Foto: Cedida

z

Política

Beto Rosado defende ações contra a seca em seu primeiro discurso na Câmara dos Deputados

O deputado federal Beto Rosado (PP) defendeu a ampliação das ações contra a seca, durante o seu primeiro discurso no plenário da Câmara dos Deputados.

Na sessão desta segunda-feira (9), ele subiu à tribuna da Casa para apresentar os efeitos da estiagem no Rio Grande do Norte, cujos reservatórios estão com apenas 28% da sua capacidade alcançada e mais de dez municípios em estado de colapso devido à falta d’água.

Destacando que as regiões mais afetadas são as que ficam os reservatórios do Seridó e de Pau dos Ferros, Beto Rosado lembrou que o estado enfrenta o seu quinto ano consecutivo de seca. “E como engenheiro agrônomo, acompanhei essa situação de perto, quando fui secretário de Agricultura de Mossoró, e durante a campanha, quando percorri os municípios do interior e as comunidades rurais”, ressaltou.

No discurso, o deputado pediu ainda que o Seguro Safra seja aditivado e que o governo federal faça um levantamento da situação em cada estado, com as possíveis soluções para amenizar os efeitos da seca, pensando em um plano nacional de enfrentamento, com soluções a curto, médio e longo prazo. Ele também cobrou a publicação de uma nova portaria interministerial para que o subsídio do milho comercializado pela Conab volte a valer.

Foto: Gustavo Lima

z

Política

Situação da seca no estado é apresentada ao Ministério da Integração

O deputado federal Beto Rosado (PP) e o secretário estadual de Recursos Hídricos, Mairton França, participaram de reunião com o secretário Nacional de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração, Osvaldo Garcia. Na ocasião, foram apresentados o panorama atualizado da seca no Rio Grande do Norte e projetos de enfrentamento, com soluções a curto, médio e longo prazo.

Atualmente, a média de armazenamento dos reservatórios do estado é de 28,5% da capacidade, 4,5% abaixo da média do mesmo período do ano passado, que era de 33%. Além disso, 152 municípios permanecem em Situação de Emergência devido à seca, segundo decreto estadual.

Foto: Assessoria

(null)

Política

Robinson promete instalar e equipar 1700 poços tubulares já perfurados no RN

Com algumas cidades já em colapso pela falta de chuvas numa das estiagens que mais tem castigado o Estado nos últimos anos e outras cidades em situação de alerta, especialmente no Alto Oeste e no Seridó, o governador Robinson Faria se reuniu na manhã desta sexta-feira, 30, com gestores e equipe técnica da Caern, Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Instituto de Gestão das Águas (Igarn), Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape) e Instituto de Defesa de Inspeção Agropecurária do RN (Idiarn) para apresentação de um Plano Emergencial de Enfrentamento à Seca, com medidas tanto em caráter emergencial, quanto de médio e longo prazos.

“As medidas emergenciais dizem respeito à instalação de poços. Existem em todo o Estado 1.700 poços perfurados que ainda não entraram em funcionamento e vamos providenciar o mais rápido possível a instalação e equipagem desses poços. Manteremos também os convênios com carros-pipa e vamos concluir a Adutora do Alto Oeste”, pontuou o governador.

Foto: Rayane Mainara

z

CidadesPolítica

Governo Federal garante a Fátima Bezerra que Operação Carro-Pipa vai continuar no RN

A senadora diplomada Fátima Bezerra manteve contatos, na tarde desta quinta-feira (29), junto ao Ministério da Integração (MI), para tratar da continuidade da Operação Carro-Pipa no RN. A interlocução da parlamentar se deu junto a representantes do MI e com o general Adriano Pereira Júnior, chefe da Defesa Civil Nacional.

A deputada estava preocupada quanto a uma possível paralisação do serviço, uma vez que 119 municípios potiguares dependem dos 524 carros-pipa, mantidos pela operação do Governo Federal, para o abastecimento de água potável.

Ainda na tarde de hoje, o general Adriano Pereira garantiu à deputada que o Governo realizou a reabertura de um crédito, via Secretaria de Orçamento Federal (SOF), o qual garantirá a continuidade da Operação Carro-Pipa no RN.

Sem categoria

Vereador de São Paulo sugere cancelar o Carnaval por causa da crise hídrica

Do G1

O vereador Gilberto Natalini (PV-SP) pediu nesta quinta-feira (22) ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) e ao prefeito Fernando Haddad (PT) que cancelem toda a programação do Carnaval 2015 na capital por causa da seca que atinge os reservatórios.

O parlamentar alegou que a festa ameaça o abastecimento de água na região metropolitana porque atrai milhares de pessoas para a cidade. A programação de blocos de rua começa no fim de janeiro e os desfiles no Anhembi ocorrem entre 13 e 15 de fevereiro.

O Sistema Cantareira, reservatório que abastece 6,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo, opera com 5,4% da capacidade nesta quinta-feira. Outros sistemas que atendem a capital, como o Alto Tietê, também estão com níveis críticos por causa da falta de chuva desde o ano passado.

Sem categoria

Depois de São Paulo, Rio de Janeiro também pode passar crise devido a falta de água

Primeiro foi São Paulo.

E agora o Rio de Janeiro também começa a sofrer com o problema da falta de água.

O nível do reservatório de Paraibuna, o maior de quatro que abastecem o estado do Rio de Janeiro, atingiu o volume morto nesta quarta-feira (21). De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a usina hidroelétrica foi desligada após o nível atingir zero.

O volume morto é a água que está abaixo do nível das comportas e precisa ser puxada por bombas. O do reservatório de Paraibuna tem dois trilhões de litros de água. Segundo a Secretaria Estadual do Ambiente, por enquanto, não haverá mudanças no abastecimento para a população do estado e o racionamento a curto prazo está descartado, mas os moradores terão que colaborar, economizando água.

Sem categoria

Imprensa internacional destaca problema de falta d´água no interior RN‏

O site do jornal El País destacou uma reportagem produzida pela jornalista Mariana Ceratti, do Banco Mundial, que visitou o Estado à convite do RN Sustentável. Mariana esteve no Rio Grande do Norte, em Dezembro e junto com a imprensa da capital e do interior visitou seis comunidades que possuem editais que serão contemplados pelo RN Sustentável, com recursos do Banco Mundial.

Na matéria que também está disponível nas versões português e espanhol, no site do Banco Mundial, a jornalista mostra como vive os moradores da comunidade de Ursulina, em Caraúbas, que não possui água nas torneiras há 17 anos.

Além de relatar as dificuldades e o sofrimento dessas pessoas, a matéria mostra também que a solução para o sonho de consumir água potável está próxima; ela virá com os recursos do RN Sustentável.

No twitter do @el_pais, o post obteve mais de 120 retuites, e mais de 70 curtidas.

Sem categoria

Assembleia vai discutir endividamento rural do Nordeste

Na próxima sexta-feira (25), às 9:30h, na Assembleia Legislativa, ocorrerá uma Audiência Pública, cuja temática será O ENDIVIDAMENTO RURAL DO NORDESTE: UM DESAFIO PARA A PERMANÊNCIA E A SOBREVIVÊNCIA DO HOMEM NO CAMPO.

Para a audiência, solicitada pela coordenadora do Movimento Grito da Seca do RN, Joana D´Arc Pires S. Silva, com a propositura do Deputado Fábio Dantas (PCdoB), foram convidados os órgãos do governo e representantes de entidades que integram o setor rural, os bancos do Brasil e Nordeste, deputados estaduais, federais e senadores, além dos produtores rurais.

Segundo Joana D’Arc, “o endividamento rural nordestino é um problema antigo que tem sido agravado pelas estiagens que assolaram a região, principalmente pela atual seca, a pior dos últimos cinquenta anos. Apesar da legislação vigente sobre essa matéria e das medidas provisórias editadas pelo governo federal, a cobrança de altas taxas de juros incididas sobre os empréstimos, aliada aos efeitos das grandes e sucessivas secas que determinaram perdas das safras e a morte dos rebanhos, tais fatores contribuíram sobremaneira para a inadimplência das dívidas rurais”.

z

 

Sem categoria

Rosalba determina perfuração de poços em Currais Novos e Acari

Em uma reunião realizada na noite desta segunda-feira (24), a Governadora Rosalba Ciarlini recebeu os prefeitos de Currais Novos, Vilton da Cunha, e Acari, Isaías Cabral, vereadores das cidades, representantes da CDL e auxiliares do Governo para apresentar as medidas emergenciais e definitivas para a regularização do abastecimento de águas nas cidades do Seridó. A reunião teve a presença do diretor presidente da Caern, Yuri Tasso, do diretor do IPEM, Carlson Gomes, da técnica da Semarh, Joana D´arc, do ex-prefeito de Currais Novos, Geraldo Gomes, e do deputado estadual Ezequiel Ferreira.

Na audiência, a Governadora determinou que, de forma emergencial, fossem perfurados poços em Currais Novos e Acari, e autorizado o levantamento de poços nas comunidades rurais para serem inclusos no projeto. Com isso, serão analisados locais para perfuração na comunidade Barra Verde e estudada a possibilidade de utilizar a bacia do Gargalheiras para perfurar mais unidades.

Além disso, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) já tem a indicação de um aluvião (depósito formado por sistema fluvial) próximo a Currais Novos, na região conhecida como Acauan. Os poços instalados não serão tubulares para que seja dada a vazão suficiente para a população, e uma máquina perfuratriz será destinada para o processo.

Foto: Vivian Galvão

z

Sem categoria

Rosalba pede ações para convivência com a Seca aos Ministérios da Integração Nacional e Casa Civil

A Governadora Rosalba Ciarlini participou de uma audiência conjunta promovida pelo Ministério da Integração Nacional e a Casa Civil da Presidência da República, em Brasília, na manhã desta quinta-feira, 20. Ela estava acompanhada do secretário de Recursos Hídricos, Leonardo Rego, do presidente da Caern, Yuri Tasso, das técnicas da Semarh, Ieda Maria e Joana D’arc Medeiros e de Maria Geni Formiga, da Caern.

O encontro faz parte de uma rodada de reuniões que os dois órgãos federais estão fazendo com os estados nordestinos afetados pela estiagem histórica. Rosalba Ciarlini foi a segunda Chefe do Executivo a participar da reunião, iniciada ontem com a Paraíba.

Na ocasião, a Governadora apresentou as medidas mais urgentes que precisam ser tomadas para aumentar as ações de emergência e também fez um apelo pela liberação de recursos para concretizar as obras estruturantes que vão permitir o convívio com a seca no estado – uma das maiores dos últimos 70 anos – mesmo se 2014 for um ano bom de inverno.

As ações solicitadas pela Governadora:

– Instalação de 700 poços tubulares já perfurados.

– Adutora de Engate Rápido para Currais Novos.

z 

Sem categoria

Ezequiel Ferreira sugere instalação de adutora em Currais Novos

Em seu primeiro pronunciamento de 2014, o deputado Ezequiel Ferreira (PMDB) trouxe ao Plenário da Assembleia Legislativa o problema no abastecimento de água da cidade de Currais Novos, no Seridó. O parlamentar lembrou que o município é abastecido por dois açudes, o Dourado, que está seco e o Gargalheiras – localizado em Acari -, que está com apenas 12,42% de sua capacidade. A alternativa mais viável, segundo estudos realizados, seria construção de uma adutora conectada ao sistema adutor da microrregião da Serra de Santana.

“Temos que buscar soluções definitivas. Não dá para ficar dependendo apenas das chuvas. O município está à beira de um colapso. A adutora que traz água do Gargalheiras para Currais Novos foi construída na década de 1970. Diante da demanda crescente da água do meio urbano, é preciso buscar outras saídas. Currais Novos é uma das poucas cidades que não tem projeto de melhoria do sistema de abastecimento de água, tendo a mesma infraestrutura feita há 40 anos”, disse o deputado.

Foto: João Gilberto

z

Sem categoria

Meteorologista da Emparn prevê um bom inverno em 2014

Durante reunião de avaliação do Comitê de Combate à Seca realizada na tarde desta segunda-feira (10) foi feito um balanço das ações realizadas pelo Governo do Estado durante o ano de 2013 para o enfrentamento aos efeitos da estiagem mais longa dos últimos cem anos, além de um planejamento do que será realizado neste ano de 2014. Durante o encontro realizado no auditório da Governadoria, o coordenador de meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, também ressaltou que a perspectiva é de um inverno mais satisfatório, se comparado ao ano anterior.

Presidindo a reunião, a Governadora Rosalba Ciarlini garantiu que todas as ações emergenciais e de longo prazo que vêm sendo desenvolvidas terão continuidade para que as gerações futuras não sofram com o mesmo problema.

ilmar Bristot ressaltou que o comportamento dos oceanos tem se mostrado em melhor condição. “O Atlântico Norte está mais frio, o Atlântico Sul mais quente e o Pacífico numa situação de neutralidade. Essas condições indicam um comportamento de chuvas próximo à normalidade no Estado. Já observamos chuvas acontecendo no interior do Estado, no sul do Ceará e na Paraíba. No final de semana aqui no Rio Grande do Norte tivemos boas chuvas no Alto Oeste com acumulado entre 80mm a 90mm, o que já significa o início do período chuvoso para aquela região”, explica o meteorologista.

Questionado sobre a possibilidade de recuperação dos reservatórios do Estado, Gilmar Bristot se mostra otimista. “Tudo indica que podemos ter uma recuperação sim. Estamos esperando uma condição de normalidade, o que significa chuva de 700mm a 800mm em algumas regiões e, em outras, de 600mm a 700mm. Esses volumes já podem trazer uma recuperação mínima de 30% a 40% da situação de hoje”, conclui.

Foto: Ivanízio Ramos

z