Estado

Governo do RN anuncia que só concluirá pagamento de agosto aos servidores em 05 de outubro

O Governo do Estado paga neste dia 29, sexta-feira, parcela de R$ 4 mil a 21.800 servidores ativos, inativos e pensionistas que têm vencimentos acima deste valor.

O pagamento será liberado após as 12 horas. O complemento dos salários acima de R$ 4 mil será pago no dia 05 de outubro.

Também no dia 29 será pago o salário de setembro aos servidores da Educação e dos órgãos da administração que possuem arrecadação própria (DETRAN, IPERN, IDEMA, JUCERN, DEI).

Estado

Auditores fiscais cruzam os braços e param atividades no RN

O Fisco estadual decidiu parar o trabalho, enquanto o governo não quitar os salários de julho. Nesta segunda-feira (28), os auditores bateram o ponto mas cruzaram os braços das 10 às 12 h num ato de protesto em todas as repartições fiscais.

“Estamos demonstrando nossa capacidade de organização, unidade e de luta. Basta de desrespeito!”, explicou o presidente do Sindifern, Fernando Freitas.

Os atos vão continuar até que os salários sejam regularizados.

Fisco

Estado

Governo do Estado tem 15 dias para responder sobre retirada de insalubridade

Nesta quinta-feira (21), ocorreu uma audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT), sobre as condições de trabalho dos servidores da saúde e os processos administrativos que vêm provocando a retirada de adicionais de insalubridade dos servidores. A reunião foi convocada pela promotora Ileana Neiva Mousinho e contou com representantes do Sindsaúde e da Sesap. O secretário de Administração, Cristiano Feitosa, não compareceu.

O Sindsaúde denunciou que vários servidores estão recebendo cartas de notificação com a retirada do adicional de insalubridade. Ou seja, o governo estaria descumprindo o acordo feito em 2016, no qual a Searh se comprometeu a não realizar a retirada dos adicionais.

Na reunião, o Ministério Público informou ao Sindsaúde que enviou um documento ao secretário, cobrando o cumprimento do acordo e a realização de laudos nos locais de trabalho e a elaboração do PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais), como condição para qualquer retirada de adicional. “Como assim tirar o adicional sem o PPRA? Sem o laudo ninguém tira adicional. Todo mundo sabe disso”, afirmou a procuradora.

A procuradora Ileana afirmou que enviou um ao secretário, cobrando que os adicionais sejam reimplantados e que o acordo seja cumprido. Ela informou que deu prazo de 15 dias para que o secretário se manifeste.

Estado

Em greve, servidores da saúde do Estado ocupam plenário da Assembleia Legislativa

Os servidores da saúde estadual, em greve há 14 dias, estão neste momento no Plenário da Assembleia Legislativa.

Os manifestantes entraram depois que os deputados aprovaram o congelamento no Orçamento do estado, sem aceitar as emendas apresentadas. A maioria dos deputados deixou o Plenário.

Outros servidores da saúde e de outras categorias permanecem nas galerias, mas foram impedidos de entrar.



Estado

Governo do Estado paga parcela aos servidores que recebem acima de R$ 4 mil somente em 22 de junho

O Governo do RN deposita em 19 de junho, no decorrer do dia, o salário dos 14.490 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem entre R$ 3.001 e R$ 4 mil.

Acima de R$ 4 mil

Em relação aos 22.064 servidores ativos, aposentados e pensionistas que ganham acima de R$ 4 mil, o Governo vai depositar em 22 de junho, no decorrer do dia, uma parcela de R$ 4 mil. O complemento desta faixa salarial será pago, sem distinção, em data a ser anunciada a partir da disponibilidade de recursos.

Estado

Servidores farão protesto contra o Governo Robinson nesta quinta (18)

O funcionalismo público do RN terá uma paralisação nesta quinta-feira (18), com um ato público a partir das 09h, em frente à Governadoria. O objetivo é cobrar do governo o atendimento de uma pauta unificada, que tem como principal ponto o pagamento em dia dos salários. Os sindicatos e entidades que compõem o Fórum dos Servidores Estaduais protocolaram um pedido de audiência e esperam ser recebidos pelo governador Robinson Faria.

Os servidores estão insatisfeitos com o atraso constante e a ausência de um calendário de pagamento. No Nordeste, apenas o Rio Grande do Norte e Sergipe continuam atrasando o pagamento de servidores e aposentados. Sendo que o RN é o único a não divulgar a data de pagamento até o início do mês.

O funcionalismo pede ainda a reposição salarial, para recuperar o poder de compra dos salários. Os servidores da saúde, por exemplo, estão há sete anos com o salário-base congelado e pedem um reajuste de 32,06%.

Outro ponto a retirada da mensagem 118 da Assembleia Legislativa, que prevê o aumento de 3% na contribuição previdenciária dos servidores ao IPERN, e o combate ao assédio moral e o desmonte do serviço público.

Estado

Servidores do Estado sem um centavo

Hoje já é terça-feira, 16 de maio, 1º dia da segunda quinzena do mês e o Governo do Estado ainda não efetuou o pagamento – sequer – da parcela de R$ 4 mil para os servidores que recebem acima disso, sejam pensionistas, aposentados ou da ativa que não pertencem a Educação, nem a Administração Indireta.

z

Estado

Servidores do Estado paralisam atividades no proximo dia 01 contra atraso de salários

Sindicatos de Servidores do Estado estiveram reunidos no final da semana passada para traçar ações de enfrentamento ao atraso de pagamento dos servidores e a falta de compromisso do Governo do Estado com os trabalhadores. 

Na reunião os sindicatos aprovaram a realização do ato público unificado no dia 01 de fevereiro, às 10 horas, em frente à Governadoria, com assembleia onde vai ser votado um indicativo de paralisação geral do Estado por 24 horas, no dia 15 de fevereiro, no caso do Executivo não tomar medidas para regularização do calendário de pagamento.

Estado

Órgãos públicos estaduais terão expediente normal na sexta-feira (30)

O Governo do Estado esclarece que os órgãos e repartições públicas estaduais terão expediente normal nesta sexta-feira (30), não havendo Decreto de Ponto Facultativo para a data.

Neste dia, o Governo lançará a Operação Verão 2016/2017, que nesta edição contará com um efetivo de 1445 homens entre policiais militares, policiais civis e bombeiros. A solenidade será às 10h30, na Escola de Governo Dom Nivaldo Monte, no Centro Administrativo.

Estado

Governo Robinson não tem recursos para pagar o 13° salário dos servidores

Segundo o G1 da Globo no Rio Grande do Norte, o Governo do Rio Grande do Norte não tem recursos para pagar o 13º dos servidores este ano. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan).

Além disso, o estado cortou investimentos, deixou de pagar fornecedores e vem pagando os salários de forma escalonada. Diante da situação, o governo avalia a possibilidade de decretar calamidade pela situação econômica. “Essa é uma matéria que vem sendo objeto de estudo de todos os governos da região Nordeste”, informou a Seplan.

z

Estado

Vizinho ao RN, Estado da Paraíba paga salário dos servidores em dia até 31 de outubro

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), precisa ir ao nosso vizinho Estado da Paraíba ter aulas com o governador Ricardo Coutinho (PSB).

Mesmo com a crise econômica atual, o Governo da Paraíba continua pagando aos servidores rigorosamente em dia.

Calendário:
28/10 – Aposentados e pensionistas
31/10 – Servidores da ativa

Poder

Assembleia Legislativa recebe em primeira mão pleito do Fórum dos Servidores

A Assembleia Legislativa foi a primeira instituição a receber o documento do Fórum Estadual dos Servidores Públicos, nesta sexta-feira (21), pedindo três ações prioritárias para reversão da situação de crise econômica no Rio Grande do Norte: aprovação da mensagem governamental 81 que cria o Fundo Estadual do Equilíbrio Fiscal; criação de um concelho permanente de crise financeira para encontrar caminhos para o desequilíbrio econômico atual; e a devolução de parte dos recursos excedentes dos demais poderes para o Poder Executivo cumprir compromissos com os servidores públicos estaduais.

Acompanhado pelos deputados Hermano Morais (PMDB) e Fernando Mineiro (PT), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), hipotecou total apoio do conjunto dos deputados estaduais aos anseios do Fórum.

“Desde o ano passado que o Poder Legislativo tem dado sua parcela de contribuição, abrindo mão de parte dos repasses constitucionais a que faz jus por entender que não há ilha no âmbito estadual e que a crise atinge a todos. Em 2015 e 2016 praticamos um orçamento realista e com reajuste abaixo da inflação e, para 2017, pactuamos com os demais poderes o congelamento do orçamento. Sem falar que estamos adotando medidas rigorosas de contenção de despesas desde 2015”, detalhou o presidente da Assembleia aos integrantes do Fórum que também estavam acompanhados da senadora Fátima Bezerra (PT).

Foto: Fábio Cortez

z

EstadoNatal

Estado não tem data para começar a pagar aos servidores; Prefeitura de Natal começa sexta (30)

O Governo do Estado, que terminou de pagar aos pensionistas o salário de agosto somente ontem (27), não tem data para começar a pagar o salário de setembro. Foi o que revelou o secretário Estadual de Planejamento, Gustavo Nogueira.

Nogueira revelou ainda que “a situação financeira do Rio Grande do Norte é muito delicada”. O secretário ressaltou que está acompanhando o comportamento das receitas para poder anunciar a data de pagamento dos servidores”. Atualmente as folha do Estado custa mensalmente R$ 424,75 milhões, que acrescida da contribuição previdenciária totaliza em R$ 479,6 milhões.

Prefeitura de Natal

Já a Secretária de Planejamento do Município de Natal, Virgínia Ferreira, informou que a Prefeitura de Natal está trabalhando para seguir o mesmo calendário de agosto. Na sexta-feira (30) deve começar o pagamento dos servidores da Urbana e Asban. Nos próximos dias será divulgado o calendário completo de pagamento dos servidores de Natal.

Estado

Sindicado é recebido pelo PGJ para tratar sobre possível demissão de servidores do Estado

Na tarde desta segunda-feira (26), a diretoria do Sindicato dos Servidores da Administração Direta do RN e o advogado do sindicato, Manuel Batista Dantas Neto foram recebidos pelo procurador-geral de Justiça do RN, Rinaldo Reis.

O objetivo foi conversar sobre os efeitos do anúncio da recomendação 001/2016 da PGJ, feita pelo Ministério Público ao Governo do Estado, alertando sobre o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), sugerindo cortes na despesa com pessoal.

O Sindicato dos trabalhadores da Administração Direta do Estado do RN vem buscando alternativas para ampliar o diálogo com o Governo e buscar soluções que não penalizem cada vez mais os servidores públicos estaduais.