Diversos

Frota de Ônibus será mantida amanhã em Natal

Após uma reunião de avaliação realizada na tarde de hoje, a Prefeitura decidiu que irá manter amanhã a mesma frota que operou no dia de hoje. Segundo a avaliação da STTU, foram registrados poucos problemas de veículos lotados, e só nas primeiras horas da manhã. No resto do dia, os veículos circularam sem registrar aglomeração de pessoas.

Também será publicado hoje um decreto formulado em comum acordo com a Federação do Comércio e Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (AEBA) determinando que o comércio de rua nos bairros do Alecrim e Cidade Alta deve funcionar no horário das 9 às 17 horas, excetuando farmácias, supermercados, postos de combustíveis, padarias e unidades de saúde. Permanecem fechados durante todo o dia, conforme decreto estadual, shoppings centers, bares e restaurantes, que poderão atuar apenas no sistema de entregas domiciliares.

Natal

Prefeito convoca reunião para rediscutir suspensão do transporte coletivo

O prefeito Álvaro Dias convocou para hoje (21), às 10 horas, na Prefeitura, uma reunião com entidades como Fiern, Fecomércio, CDL, Seturn, hospitais privados, Secretarias Municipais de Saúde e de Mobilidade para rediscutir a medida que suspende o transporte coletivo a partir de domingo na cidade durante 15 dias.

A ideia é buscar um consenso diante da necessidade de preservar a condição de mobilidade dos trabalhadores dos serviços essenciais e de outro evitar aglomeração de pessoas nas ruas e no próprio transporte.

Natal

Seturn solicita nova revisão da passagem de ônibus para R$ 3,50

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn) protocolou ofício no final da manhã desta terça-feira (4), solicitando a ampliação do pleito de reajuste tarifário devido à proximidade da data base de motorista e cobradores para o dia 1º de maio e a inflação de janeiro, fevereiro e março. Com isto, o Seturn amplia o pleito para R$ 3,50, quando em ofício datado de 31 de janeiro deste ano pleiteava R$ 3,40.

No ofício Nº 0089 / 2017 o consultor técnico do Seturn, Nilson Queiroga explica que há 63 dias sem definição ao pedido de 31.01.2017, para atualização do valor da passagem para deslocamento urbano de passageiros pelas empresas associadas ao Seturn, de R$ 2,90 para R$ 3,40, mais uma vez, premidos pelas dificuldades econômico-financeiras por que passa o sistema de transporte urbano de passageiros pede definição urgentíssima do reajustamento, desta vez para R$ 3,50, corrigindo a inflação dos dois meses que se passaram. “Acrescida da tendência de agravamento das dificuldades financeiras em razão do dissídio coletivo da categoria, normalmente com data de 1° de maio de cada ano”, disse Queiroga.

Segundo a exposição de Nilson não há como o Seturn suportar a tarifa sem reajustamento, menor dentre todas as capitais brasileiras e, também, inferior à maioria dos municípios brasileiros com transporte coletivo instituído, dos quais 70 já receberam os seus devidos aumentos nos primeiros três meses deste ano.