Estado

Terra volta a tremer em municípios do RN

A terra voltou a tremer no estado do Rio Grande do Norte neste domingo (07). Às 22h44 UTC (19h44, hora local), um tremor de terra, de magnitude preliminar 1.7 mR, foi registrado na região do município de Portalegre. Diversos moradores, ao entrarem em contato com Eduardo Menezes, técnico do Laboratório Sismológico da UFRN, relataram ter escutado e sentido o abalo sísmico. Esse é o quinto tremor de terra a ser registrado somente neste domingo no estado do Rio Grande do Norte. O Laboratório Sismológico registrou pela manhã três eventos no município de Pedra Preta e, já à noite, um tremor de terra na região do município de Caraúbas. As magnitudes preliminares desses eventos variam entre 1.2 mR (Pedra Preta) e 2.7 mR (Caraúbas).

No final do mês de janeiro deste ano, três eventos, de magnitudes 1.5 (dois eventos) e 1.1 mR, também foram registrados no município de Portalegre pelas estações sismográficas operadas pelo LabSis. O Laboratório Sismológico segue monitorando e divulgando a atividade sísmica do estado do Rio Grande do Norte e da região Nordeste em tempo real.

Interior

Tremor de terra é registrado nas proximidades de Lajes

A Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) registrou no último sábado (06), às 04h13, um tremor de terra nas proximidades do município de Lajes.

O tremor teve magnitude preliminar calculada em 1.6.

Lajes, distante 125 km de Natal, conheceu um período de intensa atividade sísmica em 1.963. Nessa época os eventos de maior magnitude ocorreram em 27/08 (3.7) e 02/10 (3.9). Esporadicamente alguns eventos tem sido registrados desde então.

Lajes

Cidades

Tremor de terra é registrado em João Câmara

No início desta segunda-feira(06), às 03:21 UTC (00:21, hora local), ocorreu um novo tremor na região de João Câmara, desta vez de magnitude preliminar 2.0. Esse evento foi sentido por moradores de João Câmara, segundo a Defesa Civil local.

O evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

A atividade sísmica na região de João Câmara continua ocorrendo ao norte de Lagoa Rachada, nos limites dos municípios de João Câmara e Poço Branco, onde se iniciou a intensa atividade sísmica de 1986.

Cidades

Cidade do RN registra tremor de terra

Na madrugada desta terça-feira (13), por volta das 03h da madrugada, o município de Taipu registrou um tremor de terra de magnitude 2.6 na escala Richter.

As atividades sísmicas vem sendo monitoradas pelo Laboratório Sismológico da UFRN já desde a última sexta-feira (09).

Taipu já teve um tremor de terra com magnitude 4.3 na escala Richter, registrado em 2010.

Geral

Tremor de terra atinge Região Metropolitana de Curitiba

Um tremor de terra foi registrado na região de Rio Branco do Sul e Itaperuçu, na Região Meropolitana de Curitiba, na madrugada de ontem (18), segundo o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP). O abalo sísmico foi sentido em outras cidades do estado.

O tremor registrado na região de Rio Branco do Sul e Itaperuçu teve magnitude de 3.5 graus e com profundidade superficial.

*Com informações do G1

Sem categoria

UFRN registra primeiro tremor de 2014 em Pedra Preta

Da Tribuna do Norte

O Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) registrou um novo tremor no município de Pedra Preta, a 149 quilômetros de Natal, ocorrido no fim da tarde desse domingo (5). De acordo com o laboratório, a magnitude registrada foi de 1.9 na escala Richter.

Registrado pela estação de Riachuelo, esse foi o primeiro evento sismológico notado pela estação em Pedra Preta neste ano. A atividade sísmica na cidade já dura mais de três anos, tendo registrado diversos tremores de magnitude acima de 3 graus na escala Richter, causando pequenos danos estruturais e assustando a população.

Sem categoria

Tremor de terra em Florânia

O município de Florânia, localizado a 220 km de Natal, viveu momentos de pânico no início da manhã desta sexta-feira (08).

Foi registrado um abalo sísmico de 2,1 graus na escala Richter.

O fenômeno chegou a ser registrado nas estações de Pau dos Ferros e Riachuelo.

Não houve acidentes, mas a população está bastante aflita.