Diversos

Projeto da UFRN traz estudantes de Cuba para se qualificar no Brasil‏

Temas fundamentais no desenvolvimento agrícola, relacionados ao cultivo de alimentos e ao aproveitamento de áreas marginalizadas para a produção de biocombustíveis, são objeto de estudo do Projeto de Formação e Qualificação de Profissionais Brasileiros e Cubanos.

Coordenado, no Brasil, pela professora Cristiane Macedo, do Centro de Biociências (CB) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o projeto é uma parceria entre a UFRN, a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e a Universidade de Havana (UH-Cuba) e promove o intercâmbio de professores, pesquisadores e estudantes de pós-graduação dos dois países.

A temática central do estudo está relacionada à atual situação que países da América Latina vivem, onde o processo de desertificação se acentua cada vez mais devido ao desmatamento, ao uso intensivo do solo e à irrigação mal conduzida, que originam a salinização. A pesquisa é inserida no contexto do melhoramento de plantas e da busca por alternativas aos combustíveis fósseis.

No Rio Grande do Norte, 92% do seu território é de clima semiárido, onde a presença de elevados teores de sais solúveis no solo e na água é um processo natural, e que vem afetando o desenvolvimento da fruticultura no estado. A área de cultivo de algumas fruteiras de subsistência para o pequeno e médio agricultor apresenta uma sensível diminuição em todo o estado, provocada pelo aumento da salinidade e o déficit hídrico.

A exemplo do Brasil, Cuba também sofre com o processo de desertificação. Assim, o projeto estuda os efeitos do estresse hídrico e salino na fisiologia das plantas, problemas referentes à concentração ou ausência de água e sais solúveis no solo, tendo em vista a seleção de espécies de interesse econômico para ambos os países, mais adaptadas ao cultivo nessas regiões.

Nesse sentido, a pesquisa busca conhecer melhor os mecanismos de toxidez e resistência ao clima semiárido, onde são realizados estudos bioquímicos relacionados, por exemplo, a proteínas que possam implicar meios de tolerância à salinidade e ao déficit hídrico, conhecimento de fundamental importância, pois permite acelerar o processo de identificação e seleção de plantas mais resistentes.

PINHÃO MANSO

PINHÃO MANSO

Estado

Ministro empossa reitora da UFRN para segundo mandato

A professora Angela Maria Paiva Cruz tomou posse como reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), para um mandato de quatro anos (2015-2019), em solenidade realizada às 11h desta terça-feira, 26, em Brasília, presidida pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. Esta é a segunda vez que a professora conduzirá o reitorado da Instituição.

Em seu pronunciamento, no salão de atos solenes do Ministério da Educação (MEC) repleto de convidados e autoridades, a atual reitora da UFRN aludiu a alguns dos aspectos que marcaram o seu primeiro mandato (2011-2015), período em que a UFRN “conheceu notável consolidação da expansão, planejada e permitida pelo Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, o Reuni”, disse Angela.

“Buscamos obstinadamente a excelência nas atividades acadêmicas, promovemos uma importante melhoria na interiorização do ensino superior, com a criação de novos cursos de graduação, de pós-graduação, de Educação a Distância, além dos cursos técnicos do PRONATEC, que alcançam mais de 100 municípios do RN”, complementou.

A cerimônia contou com as presenças da senadora Fátima Bezerra, do senador Garibaldi Filho e do ministro Luiz Alberto Farias, do STJ, do ex-reitor Ótom Anselmo, do vice-reitor eleito Daniel Diniz, dos professores Valter Fernandes (Pró-reitor de Pesquisa), Álvaro Ferraz (diretor do Instituto Internacional de Física), Carmen Rego (secretária da Secretaria de Educação a Distância), Anderson Paiva (Inova Metrópole) e José Zilmar Alves da Costa (Superintendente de Comunicação).

z

 

z1

Geral

UFRN inaugura sinal digital da TVU na presença de Henrique, Garibaldi e Fátima Bezerra

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inaugurou na tarde desta sexta-feira, 15, o sinal digital da Televisão Universitária (TVU) e a ampliação das instalações do prédio do Departamento de Comunicação Social (DECOM).  

A solenidade aconteceu no auditório do Laboratório de Comunicação (LABCOM) e contou com a presença da reitora da UFRN, Angela Maria Paiva Cruz, do superintendente de comunicação da Universidade, José Zilmar Costa, do presidente da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Nelson Breve Dias, além do chefe do Departamento de Comunicação Social, Sebastião Faustino.

Ainda estiveram presentes outros gestores e autoridades públicas, como é o caso do Ministro Henrique Alves e dos senadores Fátima Bezerra e Garibaldi Alves. 

Em sua fala, Henrique se colocou à disposição da UFRN: “Como sempre estive”. 

E a senadora Fátima ressaltou os investimentos feitos nos últimos 12 anos na instituição. 

O Governo do Estado esteve representado pela Secretária de Comunicação, Juliska Azevedo. 

Fotos: Heitor Gregório e Ivanízio Ramos

  

  

  

Diversos

Ministro das Comunicações cancela vinda à Natal

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inaugura o sinal digital da Televisão Universitária (TVU) e a ampliação das instalações do prédio do Departamento de Comunicação Social (DECOM) na tarde desta sexta-feira, às 15h, no auditório do Laboratório de Comunicação (LABCOM).

O presidente da Empresa Brasileira de Comunicação, Nelson Breve, e a reitora Angela Maria Paiva Cruz fazem o descerramento da placa. Confirmaram presença à solenidade o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, os senadores Fátima Bezerra e Garibaldi Alves e o governador do estado do Rio Grande do Norte, Robinson Faria. Por motivos de saúde, o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, que participaria do evento, não poderá vir a Natal para a inauguração.

Com a inauguração do sinal digital da TVU, a UFRN se torna a primeira instituição federal do país a explorar um canal de TV digital em sinal aberto, antecipando em dois anos o prazo de encerramento das transmissões analógicas.

Operando no canal 5.1, a TVU Digital traz dois grandes benefícios: a qualidade da imagem e a acessibilidade com o recurso closed caption (opção de legendas para a sua programação), além de criar a possibilidade do uso de recursos de interatividade. Para os telespectadores que possuem TV a cabo ou via satélite a transmissão é automática e já está disponível. Já o público dos canais abertos deve ressintonizar a televisão.

Novas instalações

Além do sinal digital, será inaugurada também a ampliação das instalações do prédio do Departamento de Comunicação Social da UFRN (DECOM). O novo anexo do prédio do DECOM possui 2.381,47m² de área construída e conta com um total de quatro andares, onde estão incluídas 13 salas de aulas, um estúdio de rádio, um estúdio de TV, um auditório, três salas de informática, áreas de secretaria e chefia de departamento, dez salas de professores, além de banheiros. A obra custou R$ 2,216 milhões.

CotidianoDiversosPolítica

Rafael Motta levará pleitos da UFRN ao ministro Cid Gomes

O deputado federal Rafael Motta, vice-líder do PROS na Câmara dos Deputados, se reuniu na manhã desta segunda-feira (23) com a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, professora Ângela Paiva, para conhecer novos projetos de pesquisa e expansão da instituição no Estado. E, no encontro, o parlamentar se comprometeu a levar pleitos da UFRN ao ministro da Educação Cid Gomes, que é correligionário dele no PROS.

“Como ex-aluno da UFRN, sinto que tenho um compromisso com essa instituição e sei da relevância da UFRN para o ensino superior do Rio Grande do Norte e para a educação potiguar como um todo”, ressaltou Rafael Motta, que concluiu o curso de graduação em Engenharia de Produção na Universidade Federal do RN.

Entre as demandas apresentadas pela reitora, está a liberação de emendas coletivas da bancada potiguar, que não foi feita no orçamento federal de 2014, e o envio, para o Congresso, da lei orgânica das Universidades Federais, que dará mais autonomia financeira e administrativa para as UFs brasileiras.

“Levarei essas demandas ainda nesta semana para o Ministério da Educação para reforçar o pedido feito pela reitora Ângela Paiva e tenho certeza que o ministro Cid Gomes fará o possível para contribuir na melhoria da Educação no RN”, antecipou Rafael Motta.

Foto: Assessoria

z

Política

Robinson busca parcerias com a UFRN

O Governador Robinson Faria recebeu em audiência na Governadoria, na tarde desta segunda-feira (9), a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Ângela Paiva Cruz, e representantes da instituição. O objetivo foi a apresentação de algumas ações já desenvolvidas pela UFRN em diferentes áreas e que contam com o apoio do Governo do RN.

Os pontos abordados passaram por saúde, educação, cultura, tecnologia, recursos hídricos e políticas públicas, com ênfase na mobilidade urbana, como a terceira ponte, por exemplo.

O Governador Robinson Faria demonstrou interesse em manter as parcerias já firmadas entre Governo do RN e UFRN, e se colocou à disposição para novas iniciativas que sejam traduzidas em benefícios para diferentes áreas do conhecimento e desenvolvimento social.

Foto: Vivan Galvão

z

Sem categoria

Henrique recebe homenagem de aposentados da UFRN

Câmara, Henrique Eduardo Alves, foi homenageado na manhã desta sexta-feira (23), em Natal, por professores aposentados da UFRN pelo apoio prestado durante o andamento da ação dos precatórios. Na ocasião, Alves recebeu uma placa assinada pelas entidades de representação da categoria, incluindo o Sindicato, a Adurn e a Apurn.

A solenidade de entrega ocorreu no Centro de Convivência da UFRN com a presença da reitora da instituição, Ângela Paiva; do ministro do TST, Emmanoel Pereira; dos médicos Paulo Xavier e Ivo Barreto; do vereador de natal e professor Joanilson de Paula Rego; dos professores aposentados e ativos, além dos presidentes da Apurn, professor Freitas, e da Adurn, professora Ângela.

Como agradecimento pelo gesto dos aposentados e suas instituições representativas, Henrique Eduardo destacou que cumpriu o seu dever como representante do povo potiguar e destacou que a vitória conquistada pelos professores junto ao Poder Judiciário constituiu o endosso da Justiça à luta dos trabalhadores para a recuperação de perdas importantes em seus vencimentos, como consequências de planos econômicos de diferentes governos.

IMG_1544.JPG

Sem categoria

Henrique Alves recebe da reitora da UFRN proposta de R$ 40 milhões em emendas parlamentares‏

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves,  esteve reunido nesta terça-feira (25) com a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Cruz. Ela entregou uma proposta no valor de R$ 40 milhões para nove projetos da UFRN. Os recursos serão destinados à universidade no Orçamento Geral da União de 2015. Os detalhes ainda serão discutidos em reunião da reitora com a bancada federal do Rio Grande do Norte, quando serão definidas todas as emendas dos deputados e senadores para o estado.

A construção da segunda unidade do Instituto de Medicina Tropical, vinculada ao Hospital Giselda Trigueiro, é uma das prioridades da reitora Ângela Cruz. São R$ 8 milhões no orçamento deste ano para as obras físicas e outros R$ 2 milhões no orçamento de 2015 para aquisição dos equipamentos. A licitação para a obra está em fase de conclusão.

Dos R$ 40 milhões pleiteados pela reitora, um quarto dos recursos (R$ 10 milhões) será usado no custeio do Instituto Internacional de Física e do Instituto do Cérebro. O trabalho desenvolvido pelas duas instituições é um dos principais responsáveis pela projeção da UFRN no exterior.

Foto: Ivanízio Ramos

z

Sem categoria

UFRN vai sustituir vestibular pelo ENEM

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte divulgou na última terça-feira (18), que utilizará o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem/SiSU), em substituição do vestibular, para o processo seletivo de 2014.

Este ano, para o ingresso na instituição em 2013, a medida será adotada para no mínimo 50% das vagas.

A decisão foi aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE).

Sem categoria

Mudança no vestibular da UFRN preocupa estudantes e professores

O ingresso na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está a um passo de ter mudanças. A proposta da Comissão Permanente do Vestibular (Comperve) para o concurso deste ano é que as vagas oferecidas sejam divididas 50% para o vestibular e 50% para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A novidade preocupa os estudantes que estão se preparando para as provas aplicadas no fim do ano.

“O Enem é uma prova muito cansativa, exige muito do aluno, mistura conteúdo. O vestibular é mais especifico. É um estilo de prova totalmente diferente”, explica Matheus Carvalho, aluno do Overdose Colégio e Curso que conhece os dois modelos. Já para a estudante Maria das Graças, a mudança não é favorável quando se avalia a credibilidade do Enem. “Se for avaliar pela credibilidade do Enem no Brasil vai ser ruim, há muitos problemas com erros”.

A medida, que para vigorar no concurso precisa ser aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFRN, já é realizada em outras universidades do país e para os professores potiguares acarreta uma mudança no programa de estudos. “Os alunos terão que interagir entre as disciplinas. Uma mudança radical no modo de estudar dos alunos”, afirma Evandro Brandão, professor de Biologia do Overdose.

Segundo Magda Pinheiro, presidente da Comperve, a proposta foi apresentada desde o resultado do vestibular 2012 e a definição deve sair entre os meses de abril e maio. “A UFRN está aderindo ao Enem gradativamente, até chegar a totalidade como na maioria das universidades do país. É uma tentativa de democratização do acesso à universidade federal”.

A mudança, além de interferir na preparação dos alunos, pode facilitar o acesso de estudantes de outros estados, como vêm acontecendo em outras regiões e preocupa os professores potiguares. No Acre, por exemplo, uma universidade já realizou 5 chamadas e não consegue fechar a turma porque os aprovados são de outras cidades.

 

Sem categoria

Prefeitura de Natal está em dívidas com a UFRN

Entre as muitas dívidas da Prefeitura de Natal, tem uma que está dandoo que falar: UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Por este motivo, a prefeita Micarla de Sousa levou falta no evento Previdência Social em Debate, ocorrido na manhã desta sexta-feira (04), no auditório da reitoria da Universidade.

Segundo informações que chegaram ao blog, a dívida é referente ao depósito de medicamentos, e se perpetua desde o início deste ano.

Sem categoria

Walter Alves protocola Moção de Aplauso para UFRN

A UFRN ficou entre as 100 melhores instituição de Ensino superior da América Latina, o ranking foi divulgado em 4 de outubro, pela Quacquarelli Symonds (QS), do Reino Unido. A UFRN obteve a 30ª colocação entre as universidades brasileiras e a quarta melhor colocação do Nordeste, atrás apenas das Universidades Federais do Ceará, Pernambuco e Bahia. “ É um resultado que orgulha todos os norte-rio-grandenses e por isso encaminhei na sessão de hoje a Moção de Aplausos para a instituição”, justifica Walter Alves.