Natal

Urbana intensifica limpeza pelas ruas de Natal

Realizar a limpeza da cidade é o compromisso da Companhia de Serviços Urbanos de Natal – URBANA. Fazendo parte do cotidiano e da responsabilidade da Companhia, várias equipes estão presentes nos bairros executando os serviços de capinação, varrição e pintura de meio fio. Vale destacar que as principais avenidas da capital potiguar estão sendo contempladas com ações nas quatro regiões.

Alguns dos trechos onde o trabalho está à todo vapor: no bairro de Lagoa Nova, na avenida Antônio Basílio; em Igapó, avenida Felizardo Moura;  Cidade da Esperança, avenida Rio Grande do Norte; e na Ribeira, na avenida Rio Branco. A Prefeitura do Natal, por meio da Urbana, está recebendo a aprovação da população pelos serviços de limpeza e cuidados com a cidade do Natal.

20160610_085616(0)

Natal

Valério Sá assume presidência da Urbana‏

O economista Valério Gurgel Sá assumiu a presidência da Companhia de Serviços Urbanos de Natal – URBANA. Graduado em economia pela Universidade Gama Filho do Rio de Janeiro, o executivo traz no curriculum experiências profissionais como diretor geral da Mossoró Agro-industrial SA – Maisa em São Paulo, superintendente da Mossoró Agro-industrial SA e Maisa Indústria e Comércio SA, em Mossoró/RN, além de sócio gerente da Soagri Comercial importação e exportação Ltda, empresa produtora de frutas para exportação com atuação em países como: Holanda, Espanha, Itália, Inglaterra, Alemanha, Suécia, Noruega e Islândia.

Entre os objetivos para sua gestão à frente da Urbana, vale ressaltar o aumento da eficiência econômica da Companhia, que é responsável pela limpeza da cidade do Natal.

Valerio Sa

Natal

Urbana antecipa horário da coleta de lixo nos dias 24 e 31 de dezembro

A Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) informa nos dia 24 e 31 de dezembro o horário da coleta do lixo domiciliar da capital potiguar ocorrerá em horário diferenciado em todas as quatro regiões administrativas, acontecendo das 16 às 22 horas. Normalmente, os profissionais da Urbana e das empresas que realizam a complementação do trabalho recolhem os resíduos das 22 às 3 horas da manhã, mas em virtude dos festejos de fim de ano a direção da Companhia optou pela antecipação do horário para dar a chance aos profissionais que também participem das celebrações junto as suas famílias.

A direção da Urbana solicita a população que faça o descarte antecipado do lixo para facilitar o trabalho dos garis, evitando maiores transtornos e deixando a cidade limpa. Nesta sexta-feira (25), a coleta ocorre em horário normal, das 22 às 3 horas da manhã.

Política

Processo licitatório da Urbana teve participação do MP e TCE

No final do ano passado, após dois anos de trabalho intenso, ainda na gestão do então presidente Jonny Costa, a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) anunciou as empresas vencedoras no processo licitatório de limpeza pública do município, referente aos lotes 01, 02 e 03. O preço final ficou R$ 10 milhões abaixo do estabelecido no edital.

“O primeiro, sob a responsabilidade da empresa Marquise, contempla os serviços nas zonas Norte e Oeste, e tem o valor de R$ 137.667.123,28 milhões, nos cinco anos de vigência do contrato. A empresa Vital, vencedora do lote 02, cobrirá as zonas Sul e Leste, com contrato no valor de R$ 166.301.970,00. Já o terceiro lote, no valor de R$ 57.271.939,80 milhões, ficará com a Marquise também, responsável pela aquisição de equipamentos e a administração da estação de transbordo. Os contratos totalizam R$ 361.241.033,08 milhões, com um período de vigência de 60 meses (5 anos)”, explicou ao Blog, o Diretor de Operação da Urbana, Glauber Nóbrega, nesta quarta-feira (04), após ser questionado sobre o detalhamento do valor do processo licitatório.

“Todo o nosso processo licitatório foi transparente e teve a participação direta do Ministério Público e do Tribunal de Contas do nosso Estado”, complementou Glauber.

1 – O processo foi questionado pelo Tribunal de Contas do Estado, sob acusação de “sobrepreço”. Hoube “sobrepreço”?

“O que houve foi uma orçamentação onde o Tribunal de Contas não concordou. Depois nós acordamos com eles de usar uma metodologia do Governo Federal que é a mesma utilizada pelo DNIT e fazer uma nova orçamentação, mas ficou praticamente os mesmo valores. Então, na verdade houve questionamentos por sempre os processos licitatórios da Urbana terem sido verificados erros. Mas, agora está provado, de forma transparente, que fizemos o correto, seguindo à risca as recomendações jurídicas. Tanto que a licitação está em vigor, toda aprovada”.

2 – Como vai funcionar os contratos?

“Os contratos iniciam agora no dia 01 de Março. E nós vamos acompanhar rigorosamente juntos com os órgãos de fiscalização o trabalho dessas empresas”.

Detalhe: A Urbana é uma empresa Mista, criada em 23 de Outubro de 1980, na gestão do então prefeito José Agripino Maia, hoje Senador da República.

Sem categoria

Juiz suspende sessão pública para contratação de empresa pela Urbana

O juiz convocado Herval Sampaio, determinou a suspensão da sessão pública de abertura do convite para contratação direta relativo aos serviços previstos nos Lotes 01, 02 e 03 da Concorrência nº 01/2013-URBANA, que estava marcada para esta quarta-feira, 21 de maio.

A decisão do magistrado atende ao Agravo de Instrumento com suspensividade, interposto pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – ABRELPE, contra pronunciamento proferido pelo Juízo da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

Nos autos do Mandado de Segurança nº 0804853-96.2014.8.20.0001, aquele Juízo entendeu por ouvir o presidente da Comissão Permanente de Licitação da URBANA antes de proferir decisão de suspensão do procedimento licitatório que trata sobre serviços pertencentes ao sistema de limpeza urbana do Município de Natal.

Então, inconformado, a ABRELPE alegou a urgente necessidade de apreciação da medida liminar, uma vez que a sessão de abertura dos envelopes para a contratação direta na modalidade convite era prevista para hoje (21).

A associação sustentou a ilegalidade da dispensa de licitação, uma vez que as decisões que desclassificaram as empresas licitantes que participavam da Concorrência Pública nº 01/2013 da URBANA não se afiguram corretas, pois as propostas atendiam as exigências editalícias.

Sem categoria

Urbana retoma licitação para definir as empresas que atuarão na limpeza pública de Natal

O processo licitatório para saber quais as empresas que irão prestar o serviço de limpeza pública na capital potiguar será retomado pela Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana). A continuação do processo licitatório foi aprovada nesta segunda-feira (24) pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que acolheram o parecer favorável do auditor da corte de contas, Claudio Emerenciano. Com isso, a licitação segue com seus trâmites legais e a expectativa da diretoria da Urbana é que a abertura dos envelopes com as propostas aprovadas aconteça na próxima semana.

A licitação havia sido suspensa pelo auditor do TCE, Claudio Emerenciano no dia 4 de fevereiro deste ano, por causa de um recurso interposto pelo Sindicato das Empresas de Veículos e Bens Móveis (Sinloc/RN). Como a apreciação do recurso e a ratificação da decisão da Primeira Câmara poderiam resultar na modificação do edital da licitação, o certame foi suspenso até o julgamento do agravo.

O assessor jurídico da Urbana, Leonardo Pereira, informou que o próximo passo que será tomado pela companhia é a finalização do processo de julgamento da documentação das empresas que apresentaram propostas. A comissão responsável pela análise desses papeis está finalizando essa correção para dizer quais empresas estarão habilitadas a passar de fase. De acordo com ele, a publicação desse resultado deve sair no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (26). Após essa fase, abre-se um período de contestação e os possíveis recursos deverão ser julgados em até cinco dias.

z

Sem categoria

Urbana suspende sessão pública que apontaria empresas vencedoras da licitação

A Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) suspendeu a sessão pública que seria realizada nesta quinta-feira (23), para que a comissão julgadora do certame licitatório apontasse as ganhadoras do edital público para ampliar a coleta de lixo. A suspensão foi motivada por um recurso impetrado nesta quarta-feira (22), pela empresa Marquise.

A abertura dos envelopes com as propostas de preço estava marcada para às 8h00, no auditório da Varella Barca,  da seccional regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN). Uma nova data será marcada para a abertura dos envelopes com as propostas de preço, após a análise do recurso.

Sem categoria

Sessão pública nesta quinta-feira apontará empresas vencedoras da licitação da Urbana‏

A comissão julgadora do certame licitatório da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) vai apontar na próxima quinta-feira (23),  as empresas ganhadoras do edital público para ampliar a coleta de lixo na capital. Concorrem aos quatro lotes da licitação as empresas Marquise, Vital e Corpus. A abertura dos envelopes com as propostas de preço ocorrerá às 8h00 no auditório Varella Barca, da seccional regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN).

Das 10 empresas que fizeram visita técnica à Companhia e às áreas que serão licitadas, medidas especificadas no edital, cinco apresentaram a documentação. A comissão julgadora analisou os documentos e habilitou as três empresas à participação na próxima etapa.