A ex-governadora Rosalba Ciarlini (DEM) acaba de ser condenada por improbidade administrativa pela segunda câmara do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, composta pelos desembargadores Virgílio Macedo, Judite Nunes e Ibanêz Monteiro.

Em uma de suas gestões à frente da Prefeitura de Mossoró, Rosalba pagou passagem a uma pessoa estranha aos quadros da Prefeitura, identificada por Rita de Menezes Fernandes.

Rosalba terá que devolver o valor das passagens e pagar multa equivalente ao dobro do valor da passagem.

O relator do processo foi o Desembargador Virgílio Macedo.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. Joalto

    Improbidade na prefeitura de Mossoró por causa de uma passagem… Tá de brincadeira né?