Turma de magistrados celebra 33 anos de atividades

Os desembargadores Gilson Barbosa e Vivaldo Pinheiro, que integram o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, comemoram nesta terça-feira (14) os 33 anos da homologação de seus nomes como juízes nomeados para o Judiciário potiguar. 

A nomeação também inclui outros magistrados, dentre eles, Lindalva Medeiros, Berenice Capuxu, José Cordeiro, Maria Neíze de Andrade, Tálita Maranhão, Geraldina Fagundes de Sousa, Ivan Lira de Carvalho (atualmente, juiz federal), Edílson França (atualmente, secretário estadual de Justiça e Cidadania); além de Djalma Pacheco e Ângela Negreiros, já falecidos.

Os magistrados relembram as dificuldades e as melhorias que já ocorreram na magistratura do Estado. “Foram tempos muito difíceis, já que não tínhamos qualquer estrutura, desde fóruns, até mesmo equipamentos adequados. Hoje, temos outros desafios, mas o Judiciário está com outro perfil, mais acessível e com mais estrutura, para juízes e para atender ao jurisdicionado”, aponta o desembargador Gilson Barbosa.

Um encontro já foi definido, em um jantar, marcado em um restaurante localizado no bairro de Ponta Negra.