UERN deve ser orgulho para o RN

A UERN (Universidade do Estado do Rio Grande do Norte) foi criada em 28 de setembro de 1968, pela Lei Municipal nº 20/68. Nasceu com o nome de Universidade Regional do Rio Grande do Norte – URRN-, vinculada à Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte – FURRN.

Em 08 de janeiro de 1987 foi estadualizada pelo então governador Radir Pereira, através da Lei Estadual nº 5.546.

Além de Mossoró, onde foi criada, a UERN hoje possui campi em Assu, Caicó, Natal, Patú e Pau dos Ferros.

A importante instituição deve ser motivo de orgulho, pelo fato de possibilitar o acesso dos jovens norte-riograndenses ao ensino superior. Sem falar de sua função social, na medida em que possibilita o acesso de alunos oriundos das escolas públicas, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Norte.

Então, a Universidade deve ser reconhecida como uma instituição que desempenha importantes papéis para o desenvolvimento humano, regional e sustentável na sociedade contemporânea.

Ela tem a missão não apenas de possibilitar aos alunos a obtenção de um diploma, um emprego e remuneração satisfatória, mas principalmente deve ser capaz de produzir novos conhecimentos e aplicá-los à realidade social, considerando a necessidade de ser acessível a toda a sociedade, em todos os níveis sociais para que haja inclusão social, exercendo tanto uma função social quanto política.

A UERN retribui o investimento que recebe do poder público, desenvolvendo estudos, pesquisas e projetos de extensão compatíveis com as reais necessidades da população em benefício comum, ou seja, ela contribui com a sociedade.

Vamos defender a nossa Universidade Estadual. Afinal, não somos o único Estado do Brasil a ter uma Universidade mantida pelo Governo do Estado. Na Paraíba é assim, Ceará também, Bahia, Alagoas, Maranhão, Pernambuco, entre tantos outros.