Unimed Natal reabre Centro Covid para dar suporte aos casos da doença

A Unimed Natal reabre, na próxima segunda-feira (15), o Centro de referência Covid-19 que volta a funcionar temporariamente nas instalações do Centro Clínico Via Direta. O funcionamento será de segunda à sexta-feira das 7h às 21h e também aos sábados e domingos, das 7h às 12h, incluindo realização de exames de SWAB. E para que haja maior segurança de lojistas, funcionários, corpo clínico e pacientes, além da sanitização da área e da adoção de todos os protocolos de segurança, o Centro Covid ficará totalmente isolado do shopping por grades e terá acesso lateral de veículos exclusivo.

Além desta, outras medidas estão sendo adotadas pela cooperativa para enfrentar o crescimento no número de casos. Com a suspensão das cirurgias eletivas e da recomendação ontem(8) do adiamento das atividades ambulatoriais, houve a possibilidade de disponibilização de mais leitos no Hospital Unimed (HU) dando suporte à rede credenciada. A capacidade do HU duplicou nas duas últimas semanas.

O Centro Clínico Clinico Virtual, passou a funcionar com maior número de profissionais disponíveis para agendamentos e o Laboratório Unimed Unidade Tirol também está realizando atendimentos aos sábados das 7h às 13h, ampliando ainda mais a possibilidade de diagnóstico do vírus.

Panorama:
Entre 14 e 20 de Junho de 2020 a rede hospitalar da Unimed Natal atingiu o pico de internações com 106 pacientes com Covid, nos 7 hospitais credenciados. Esse número se manteve abaixo de 30 entre setembro e novembro retomando um patamar em torno das 50 internações até o início de 2021. Desde o dia 5 de fevereiro, no entanto, o número de internações na rede hospitalar da Unimed segue em escalada tendo crescido 189% em 40 dias, passando de 57 pacientes internados para 165 nesta sexta-feira, 12 de março, sendo que mais da metade destes pacientes ocupam leitos de terapia intensiva ou semi-intensiva.

Diante desta situação, completado 1 ano da chegada do Coronavírus no RN, o presidente da Unimed Natal, Dr. Fernando Pinto alerta: “Este é um momento crítico e é fundamental a cooperação de cada para conseguirmos prestar o atendimento necessário. Evitem aglomerações, mantenham a higienização das mãos e o uso constante de máscara. Só assim, e com a vacinação em massa, poderemos superar o Coronavírus e evitar mais mortes.”