A situação do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) se agrava. As condições de atendimento na unidade hospitalar evidenciam, mais uma vez, o caos na saúde pública do Estado.

De acordo com denúncia do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado do Rio Grande do Norte (SINDSAÚDE), que inclusive repassou o vídeo abaixo ao blog, pacientes estão amontoados em salas e corredores.

Nesta segunda-feira (23), foi realizada a 23ª contagem do Corredômetro-RN. Foram registrados 146 pacientes recebendo atendimento em macas, nos corredores e em outros locais, nos quatro maiores hospitais do estado: Walfredo Gurgel, Santa Catarina e Deoclécio Marques, na Região Metropolitana, e o Tarcísio Maia, em Mossoró.

No Tarcísio Maia, eram 15 o número de pacientes em macas.