O deputado federal Walter Alves (MDB-RN) cobrou, em pronunciamento realizado na tarde de hoje (8), durante o grande expediente, no Plenário da Câmara, a suspensão do corte de verbas das universidades e institutos federais anunciado pelo Ministério da Educação (MEC). Para Walter, a medida do Governo Federal é um grave equívoco.

“Para se ter uma ideia da magnitude do corte anunciado, as instituições federais de ensino sediadas no RN perderão, este ano, R$ 103 milhões. Não podemos permitir essa medida equivocada. É preciso dialogar e encontrar outros caminhos que não sejam o de praticamente inviabilizar o funcionamento do ensino superior e tecnológico”, disse Walter Alves.

Walter explicou que, apenas a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) perderá R$ 60 milhões, o equivalente a um terço do orçamento da universidade. Os Institutos Federais (IFs), por sua vez, perderão R$ 27 milhões, praticamente inviabilizando o seu funcionamento. A Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa) vai ter uma perda de R$ 16 milhões.

Walter Alves em pronunciamento na Câmara - 08.05 (2)

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.