Áudio: Roberto Fernandes e mais uma decisão na Arena

04/09/2015 às 09:43 por Marcos Lopes

Hélio dos Anjos: ” Não vamos ter grandes mudanças na equipe “

04/09/2015 às 06:07 por Marcos Lopes

Hélio dos Anjos, técnico do ABC e o jogo de hoje contra o Santa Cruz na Arena das Dunas Marinho Chagas e a substituição de Fábio Bahia por Jackson no treino de ontem: “ O Fábio Bahia foi por causa de uma situação que nós vivemos dentro do jogo lá em Lucas do Rio Verde, que foi um desgaste excessivo. Naquele momento, ele acusou um pequeno cansaço. Então, eu discuti com ele o cansaço e não a situação de escalação. Eu não discuti escalação com o grupo porque, infelizmente, devido a tudo o que nós passamos nessas últimas 48 horas, eu vou definir a minha equipe hoje antes da  primeira palestra. Na palestra de vídeo, eu oficializo. Nós não vamos ter grandes mudanças porque eu não vejo futebol dessa forma. O jogador é contratado para jogar, mas eu não vou ultrapassar limites desses atletas que estão chegando”.

O time para começar o jogo está definido com Gilvan, Ednei, Sueliton, Adriano Alves e Marcílio; Fábio Bahia, Rafael Miranda, Wellington Bruno e Edno; Bismark e Rafael Oliveira. Jackson eu acredito que fica mesmo como opção de banco.

A Copa do Nordeste

04/09/2015 às 05:00 por Marcos Lopes

Lançamento e sorteio dos grupos da Copa do Nordeste acontece no próximo dia 24  em Natal, em evento que será realizado em hotel da Via Costeira.

Alagoas: CRB (campeão alagoano): 11 participações, com 1 vice e Coruripe (vice): 1 participação, com 1 fase de grupos

Bahia: Bahia (campeão baiano): 11 participações, com 2 títulos, 3 vices e 2 semifinais; Vitória da Conquista (vice): 1 participação, com 1 fase de grupos e  Juazeirense (3º lugar): estreante

Ceará: Fortaleza (campeão cearense): 8 participações, com 2 semifinais e  Ceará (vice): 11 participações, com 1 título, 1 vice e 2 semifinais

Maranhão: Imperatriz (campeão maranhense): estreante  e Sampaio Corrêa (vice): 1 participação, com 1 fase de grupos

Paraíba: Campinense (campeão paraibano): 3 participações, com 1 título e Botafogo (vice): 11 participações, com 1 semifinal

Pernambuco: Santa Cruz (campeão pernambucano): 9 participações, com 2 semifinais, Salgueiro (vice): 2 participações, com 1 quartas de final e  Sport (3º lugar): 10 participações, com 3 títulos, 1 vice e 3 semifinais

Piauí: River (campeão piauiense): 1 participação, com 1 fase de grupos e  Flamengo (vice): estreante

Rio Grande do Norte: América (campeão potiguar): 12 participações, com 1 título e 2 semifinais e  ABC (vice): 10 participações, com 1 vice e 1 semifinal

Sergipe: Confiança (campeão sergipano): 8 participações, com 8 fases de grupos e Estanciano (vice): estreante

O provável América para começar jogo de sábado

03/09/2015 às 17:42 por Marcos Lopes

Roberto Fernandes, técnico do América e o confronto contra o Fortaleza no sábado: ” Eu bato na mesma tecla que o América tem a melhor campanha como mandante, então temos que fazer de todos os jogos em casa a grande decisão. A gente sabe que matematicamente a gente vencendo os dois jogos em casa estaremos classificados, e eu acho que a torcida do América tem que comparecer para ajudar a fazer um grande jogo. Estamos chegando na reata final e precisamos do apoio do torcedor. Tenho  duas situações que vamos avaliar. Uma delas é a possibilidade de trabalhar tanto com o Zé Antônio quanto com o Léo Gago no meio. Isso deixa a equipe muito mais compactada e com qualidade de passe, lembrando que o Fortaleza se fecha muito bem. A outra é a questão da lateral esquerda. O Arthur Henrique vem crescendo, mas é um jogador que não tem como a principal característica a marcação. A gente já tem uma equipe muito ofensiva e o Fortaleza trabalha com dois pontas muito rápidos. Mas a base, diria que 95% do time que vem jogando, é a que se encaixou nessa reta final do treino”.

Pantera, Maguinho, Zé Antônio Potiguar, Cléber e Rafael Estevam; Judson, Léo Gago, Zé Antônio Paulista e Cascata; Adriano Pardal que foi poupado hoje e Max deve ser o time para começar decisão de sábado.

Hélio dos Anjos com uma dúvida para definir ABC

03/09/2015 às 17:32 por Marcos Lopes

No treino desta quinta-feira, técnico Hélio dos Anjos encaminhou a definição do time do ABC que enfrenta o Santa Cruz amanhã na Arena das Dunas, e tem uma dúvida sobre o aproveitamento de Ronaldo Mendes, que será julgado  hoje pelo STJD.

O setor defensivo está definido, Gilvan, Ednei, Adriano Alves, Suéliton e Marcílio; Fábio Bahia, Rafael Miranda, Welligton Bruno e  Edno; Bismark e  Rafael Oliveira.

ATUALIZADO ÀS 18H54 – O meia Ronaldo Mendes foi punido com dois jogos de suspensão pelo STJD, pela expulsão contra o Oeste. Já cumpriu um jogo e cumpre o segundo neste sábado contra o Santa Cruz, e assim, Wellington Bruno está confirmado na meia.

No treino de hoje, o técnico Hélio dos Anjos, sacou Fábio Bahia para a entrada de Jackson que passa a ser opção. Rafinha não participou do treino desta quinta-feira em razão do falecimento de um familiar.

O peso da punição

03/09/2015 às 16:25 por Marcos Lopes

A  Comissão Nacional de Arbitragem da CBF, após reunião com a Ouvidoria e  Corregedoria de Arbitragem, decidiu pelo afastamento de quatro árbitros que atuaram em jogos da Série A. Constatado desempenho abaixo do padrão estabelecido, ficam afastados das próximas rodadas para treinamentos teóricos e práticos junto à Escola Nacional de Arbitragem:

 Elan Vieira e Marlon Rafael | Jogo: Atlético/MG x Atlético/PR;

Emerson Sobral e Bruno Cesar | Jogo: Ponte Preta/SP x Cruzeiro/MG;

Fábio Pereira | Jogo: Corinthians/SP x Fluminense/RJ;

Marcelo Barison | Jogo: Goiás/GO x Palmeiras/SP.

Do blog – E é o máximo que acontece com árbitros que erram, nada além de um afastamento e reciclagem. O peso da punição para árbitros no futebol é desproporcional ao peso aplicado em jogadores e treinadores que reclamam contra erros. Jogadores e treinadores são julgados pelo STJD enquanto os árbitros…

Jejum de vitórias fora de casa começa a incomodar técnico e jogadores do Fortaleza

03/09/2015 às 16:07 por Marcos Lopes

 A  sequência negativa de resultados que o Fortaleza está atravessando como visitante, já começa gerar desconforto no Pici . Após largar com três vitórias nas primeiras partidas longe da capital cearense no Campeonato Brasileiro, o Tricolor acumula agora quatro jogos seguidos sem vitórias fora de casa.

A série começou com a derrota para o Confiança por 1 a 0 em Aracaju, passou pelo empate em 2 a 2 com o Águia em Marabá, seguido de uma nova igualdade em duelo contra o Vila Nova (0 a 0) em Goiânia e por último veio a derrota de 1 a 0 para o ASA em Arapiraca. O último triunfo fora foi contra o Salgueiro (1 a 0), em Pernambuco, no dia 28 de junho.

A queda de rendimento tem chamado a atenção não só da torcida, como do técnico Marcelo Chamusca, que garante empenho para quebrar a sina de resultados negativos como visitante: “Os jogadores estão conscientes e nós temos o compromisso de jogar melhor fora de casa e de voltar a vencer. Até porque no momento decisivo (no mata-mata) vamos ter um jogo de fora de casa e precisamos nos preparar para este momento”.

Informações O Povo

Santa Cruz com reservas brigando por vagas

03/09/2015 às 16:04 por Marcos Lopes

Falta de atenção

03/09/2015 às 07:37 por Marcos Lopes

Amanhã o ABC enfrenta o Santa Cruz na Arena das Dunas,  e o torcedor já sabe, com a obrigação de vencer.

Não tem este negócio de azar ou coisa que o valha, na minha atenção o que aconteceu nos dois últimos jogos do ABC foi falta de atenção.

É  primário,  um time vencendo não permitir jogo nos minutos finais. Tem que segurar a bola,valorizar o tempo, “quebrar a bola” e nada disso foi feito pelo ABC, contra o Criciúma e contra o Luverdense.

Então o que houve com o ABC  foi falta de atenção, pura e simples falta de atenção.

Seis jogos separam o América do acesso

03/09/2015 às 07:27 por Marcos Lopes

Seis jogos separam o América do acesso para a Série B.

Fortaleza, Cuiabá, Confiança e Botafogo na primeira fase, que garantem a classificação na segunda parte da competição.

Na segunda fase os oito classificados – quatro de cada grupo – fazem o cruzamento que vai apontar os quatro que sobem.

Na terceira fase os quatro disputam o título.