Depois da briga e ameaça de punição,Max foi reintegrado ao elenco do América

01/09/2014 às 09:29 por Marcos Lopes

Depois da briga no vestiário do América no intervalo do jogo contra o Paraná, quando Max agrediu Rodrigo Pimpão com um  soco, a diretoria rubra decidiu pelo afastamento de Max dos dois próximos jogos e pela multa de 30% sobre o salário do atleta.

Ontem depois de uma reunião com os dois jogadores brigões, a direção optou por reintegrar Max ao elenco e o atacante viaja para Curitiba onde na quarta-feira o América enfrenta o Atlético PR pela Copa do Brasil.

 

Terceira etapa do Nordeste Open de Jiu-Jitsu confirmada para novembro

31/08/2014 às 07:20 por Marcos Lopes

Está confirmada para os dias 22 e 23 de novembro, no Ginásio do SESI, em Natal, a terceira e última etapa do Nordeste Open de Jiu-Jitsu 2014. As inscrições para a maior competição da modalidade na região serão abertas na próxima segunda-feira (1), através do site (www.nordesteopenjj.com.br). São aceitas todas as formas de pagamento, como boleto e cartão.

O maior evento esportivo indoor do estado deve receber cerca de 1.500 atletas. “Essa é a nossa expectativa. A última etapa do ano é a mais aguardada e esperamos receber competidores de todo o Brasil. São atletas que começam com quatro anos de idade e passam dos 60. Recebemos lutadores iniciantes e também do mais alto nível, como campeões brasileiros e mundiais”, destaca Nivaldo Pereira, diretor da HC Sports e organizador do evento.

A organização da competição vai distribuir R$ 30 mil em premiações. “Esse é outro grande incentivo. Somente em 2014, distribuímos quase R$ 100 mil em prêmios. Dessa maneira, a competição se torna cada vez mais atrativa, tanto para atletas, como para as academias participantes”, comenta Nivaldo.

Como principal novidade do ano de 2014, a organização criou um ranking que visa classificar os atletas de cada categoria e, ao final da terceira etapa, certifica os seus líderes dando visibilidade ao atleta e garantindo uma premiação especial. “O ranking acirrou ainda mais as disputas. Os lutadores estão fazendo as contas e acreditamos que a terceira etapa será a mais disputada e com maior número de participantes do ano”, destaca Nivaldo.

Em todas as edições, o evento seguiu as normas técnicas e de segurança, estabelecidas no Livro de Regras da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ). A arbitragem foi comandada por profissionais de nível internacional. Para os atletas, assistência médica em período integral com socorristas e um médico de plantão, além de uma ambulância e atendimento emergencial à disposição. Para outras informações:www.nordesteopenjj.com.br, Facebook.com/nordesteopenjj, Instagram (@nordesteopenjj) e Twitter (@nordesteopenjj).

 

Diego Dantas/Fácil Comunicação

América leva vantagem consistente para Arena da Baixada

31/08/2014 às 06:00 por Marcos Lopes

Vantagem do América é consistente para o jogo da volta na quarta-feira que vem na Arena da Baixada contra o Atlético Paranaense.

O time potiguar joga pelo empate e pode perder até por dois gols de diferença que ainda assim garante vaga na fase seguinte. Vitória do Atlético por 3×0 leva decisão para os pênaltis. O time paranaense só se classifica direto se vencer o América por uma diferença de quatro gols.

Depois de agredir Rodrigo Pimpão, Max está afastado e será punido

30/08/2014 às 18:52 por Marcos Lopes

Ricardo Bezerra, vice de futebol do América sobre a briga entre Max e Rodrigo Pimpão, no vestiário durante o intervalo de América x Paraná: ” Estive reunido com o presidente Gustavo Carvalho. Max está afastado e não participa dos jogos contra Atlético PR e Avaí e será punido. Uma cobrança mais forte é normal, mas chegar na agressão física o atleta tem que ser punido em 30% do salário dele”.

Sobre a situação no Brasileiro: “A discussão dos dois foi no intervalo e refletiu no jogo. A gente está preocupado com a nossa colocação na tabela, mas temos um bom time exatamente como estamos fazendo na Copa do Brasil. Temos que descobrir  o que está acontecendo na Série B”.

América 2 x Paraná 3: Análise de Oliveira Canindé

30/08/2014 às 18:36 por Marcos Lopes

O América perdeu para o Paraná por 3×2, e o técnico Oliveira Canindé avaliou assim o jogo e a derrota: ” No futebol é normal ter uns pegas, chegar às vias de fato, mas nem sei se aconteceu. Só que quando você vai para o vestiário a cobrança é normal no futebol, mas sempre acontece uma coisa ou outra só não pode chegar no ponto de um machucar o outro, futebol infelizmente assim, você está de cabeça quente e fala coisas que não devia e de um encostar mais forte no outro. Acontece no futebol, normal não é mas que acontece acontece, o que atrapalha muito é a vaidade. Isso é que nós precisamos ser mais vigilantes para não atrapalhar o grupo, vamos conversar com o grupo e lavar a roupa suja. Nós vamos conversar com o grupo, tirar essas coisinhas que muitas vezes acontecem. Estamos numa situação boa na Copa do Brasil e muito ruim na Série B”.

O entrevero no vestiário no intervalo de jogo foi entre Max e Rodrigo Pimpão, e um detalhe é que nenhum dirigente do América se encontrava no vestiário depois do jogo. Segundo o repórter Marcos Lira, apenas a comissão técnica.

Zé Teodoro: “Fomos prejudicados pela arbitragem”

30/08/2014 às 18:19 por Marcos Lopes

Depois de perder para o Bragantino, o técnico Zé Teodoro ficou na bronca com arbitragem: “Não fizemos um grande jogo, na realidade deixamos de ganhar o jogo que o adversário nos ofereceu, mas é lamentável a arbitragem, o gol impedido com o Lincoln dois metros adiantados e um pênalti que o rapaz tirou com as mãos. Acabamos sendo prejudicados pela arbitragem, mas agora é ter tranquilidade e cabeça fria e descansar para o jogo contra o Vasco. Mas não fizemos um grande jogo, mas a arbitragem nos prejudicou aqui claramente com um gol impedido”.

Rodrigo Pimpão fala em “brigas internas” no América

30/08/2014 às 18:12 por Marcos Lopes

Depois do jogo contra o Paraná, o atacante  Rodrigo Pimpão disse que “brigas internas não podem prejudicar o América e espero que não aconteça mais. Assumo meus erros, errei onde não poderia errar, mas brigas internas não podem se repetir”.

O jogador, artilheiro da Série B e que interessa ao Sport de Recife,  não quis entrar em detalhes sobre o que aconteceu no intervalo de jogo na Arena das Dunas.

 

ABC perde em Bragança Paulista

30/08/2014 às 18:10 por Marcos Lopes

No Nabi Abi Chedid, o ABC perdeu para o Bragantino por 1×0 e caiu para a décima quarta posição.

Zé Teodoro começou o jogo no interior paulista com a mesma formação que empatou com o Vasco em São Januário, e no segundo tempo mais uma vez recuou de forma excessiva.

Próximo compromisso é na terça-feira pela Copa do Brasil contra o Vasco na Arena das Dunas.

América perde para o Paraná

30/08/2014 às 18:04 por Marcos Lopes

O América foi melhor no primeiro tempo mesmo tendo tomado a virada do Paraná em três minutos, mas o domínio dos 46 minutos inciais foi do time rubro, que marcou com Walber e depois em duas falhas de Andrey, o Paraná empatou com Gustavo e virou com Tiago Alves.

Rodrigo Pimpão teve as duas bolas do primeiro tempo, a primeira o zagueiro Alison tirou de “cima” da linha e na outra o goleiro Marcos fechou para cima do atacante, mas o domínio, a criação de oportunidades foi do América.

Na segunda parte pressão total do América, que jogou praticamente o tempo todo no campo do Paraná, mas não conseguiu marcar. Como abriu o time na segunda parte, Oliveira Canindé deixou o time exposto e foi num contra-ataque que Adailton atravessou todo o campo e fez o terceiro dos paranistas.

Da liderança para o rebaixamento, sem escalas

30/08/2014 às 11:10 por Marcos Lopes

O América MG podr cair da liderança da Série B e ir diretamente para a zona de rebaixamento. Uma denúncia do Joinville sobre jogador irregular ameaça o Coelho com a perda de 21 pontos no campeonato.

O lateral-esquerdo Eduardo teria sido relacionado de forma irregular pelo América em quatro jogosda Série B. Em três – contra Paraná (1 a 0), Oeste (3 a 0) e América-RN (derrota por 1 a 0) -, ele ficou no banco de reservas, mas foi escalado por Moacir Júnior na partida contra o ABC, vencida pelo Coelho por 1 a 0.

Eduardo atuou por três equipes nesta temporada, fato não permitido pela CBF. Ele esteve em campo pelo São Bernardo diante do Paraná, pela Copa do Brasil, e pela Portuguesa durante seis jogos da Série B, competição em que defendeu também o América. De acordo com o regulamento da Fifa, seguido pela Confederação Brasileira, um jogador pode ser registrado por três clubes em uma temporada, e atuar apenas por dois.

Se for punido, o clube mineiro poderá perder 21 pontos na competição – 12 pelos jogos disputados e mais nove pelas vitórias.