Coluna TN: Que situação

11/07/2018 às 07:53 por Marcos Lopes

O ABC chega na reta final da fase classificatória da Série C perto do precipício do rebaixamento e com uma margem de manobras muito estreita, que não permite mais nenhum vacilo. Tem que vencer os dois próximos jogos dentro de casa, o Confiança e depois o Salgueiro. Sai para enfrentar Remo e Náutico e fecha em casa com o Atlético Acreano.

Grupo disperso

Além de limitadíssimo tecnicamente – foi muito mal montado – parece que parte do grupo do ABC não quer nada com nada, as histórias de Ponta Negra pipocam em todos os lugares. Ingredientes capazes de derrubar qualquer treinador e afundar qualquer time.

Repita…

Sim eu repito! Ninguém mais aguenta a ladainha sobre a falta de dinheiro no ABC para montar o elenco. O elenco é fraco pela incapacidade de Salton nas escolhas. Atlético Acreano folha de 130 mil, Operário do Paraná folha de 200 mil reais, e Sampaio Corrêa campeão da Copa do Nordeste, folha de 280 mil. Tá ficando feio a insistência com a tese de falta de dinheiro, ficando muito feio!

21 Comentários para “Coluna TN: Que situação”

  1. Concordo em gênero, número e grau. Bando de incompetentes, gestores de quinta categoria. Se o ABC se afundar no buraco da série D o futebol daqui ficará escondido por longos anos! E o futebol da Paraíba ressurgindo, apesar da crise na federação de lá.

  2. Fco.Freire disse:

    Contratar pernas de pau, já virou rotina no ABC.
    Todos os anos seus dirigentes contratam contratam um batalhão e acerta um soldado, no caso o Guedes.

    Se andarmos nos campinhos de bairros, COLINÃO (Gramoré), FORMIGÃO (Solidade II) e MACONHÃO (Guarita); Com certeza encontraremos peladeiros tecnicamente superior a esses “jogadores” do ABC.

  3. Abecedista disse:

    Em 2016, devido às dificuldades financeiras, o ABC também montou um elenco barato, que tinha apenas Lúcio Flávio recebendo um salário mais alto, e mesmo assim conseguiu o acesso para a Série B e ficou 35 jogos seguidos sem perder em casa.

    O jogador que o clube contratou em 2018 para ser o diferenciado do elenco foi o Leandrão, que não correspondeu às expectativas. Ele já estava mal no Boavista e continuou assim no ABC.

    A diferença de qualidade entre o elenco do ABC que disputou a Série C 2016 e o que está disputando a Série C 2018 é grande.

  4. Ionaldo Lidio Sena de Carvalho disse:

    Marcos, um dos que mais falam sobre o assunto dinheiro no abc é Pedro Neto nos seus comentarios que estão ficando chato sobre o fato.
    Concordo com vc abc e america foram incompetentes nas contratações de ambos.

    Ionaldo

  5. ABC dista disse:

    Marcos eu só não entendo uma coisa,porque tem alguns jogadores que quando chegam no ABC,começam a jogar bem correndo,aí quando passa uns três ou quatro jogos,eles começam a caí de produção,e perece que desprenderam de jogar futebol!!Será que é ponta negra que faz mal a eles,ou é a diretoria que não fiscalizam os mesmos? Com exerção de Guedes,esses três jogadores que vinham bem caíram muito de produção são eles: Igor leite,Luan e Matheus carvalho,perece que estão jogando sem vontade,eu acho que tem alguma coisa acontecendo aí.

  6. chagas/neopolis disse:

    O torcedor consciente sabe desde o inicio que o problema do ABC é má gestão, porém é visivel também que a má gestão Não se limita apenas a falta de capacidade administrativa e sim ao excesso de OBA OBA com o dinheiro do clube. estes srs. contrataram mal e projetaram mal não por inocência pois muitos dos que vieram não estavam jogando há tempos e outros estavam encostados em suas equipes, dai fica claro as muitas manobras que houveram assim como também aquele engodo de transação com o Corinthians que até hoje ninguém sabe quem ganhou na transação.
    Conforme publicado acima sobre valores com elenco desses clubes podemos analisar o tamanho da irresponsabilidade desses que administram o ABC fica cada vez mais claro que não é só incompetência administrativa.
    essa FESTANÇA afasta o torcedor destroi o programa de sócio e por fim rebaixa o clube e enterra de vez o ABC. resultado tá cheio de advogados ricos esperando o desmanche dos fracos contratados para impor ações trabalhistas ao clube.

  7. SANDRO SANCHES DOS SANTOS disse:

    O ABC vem caminhando a passos largos para o amadorismo.

  8. Realista disse:

    Na realidade essa situação do Abc já vem de algum tempo.
    Uma bola de neve que começou a derreter agora, essa é a verdade.
    Em 2010, foi montado um elenco caro para a disputa de um calendário que vislumbrava um bom retorno tanto financeiro quanto de titulos.
    Porém, uma folha salarial exorbitante e outros detalhes extra campo custaram muito mais do que se previu, aos cofres do clube. E as dívidas começaram nessa fase, onde o título brasileiro teria que vir a qualquer custo. Desde então a bola de neve começou a rolar e o feito de campeão da série C acirrou muito a disputa pela soberania interna que sempre imperou no alvinegro desde os primórdios do nosso futebol.
    O que se vê hoje é uma pequena parte dos efeitos indesejáveis que um dia viriam á tona.
    Depois da renúncia de Tadeu na temporada passada, todos lembram que ninguém se dispôs a assumir o clube depois que tomaram conhecimento do tamanho da encrenca.
    E se a situação está dessa forma, nada está tão ruim que não possa piorar.
    Vem mais cobrança financeira por aí e não é pouca coisa! È a lei da ação e reação.
    Esperamos que a atual diretoria ou quem quer que assuma o clube saiba dar a volta por cima da melhor forma ou o Abc muito em breve se tornará o Alecrim do futuro.

  9. Tom França disse:

    O engraçado é que quando ABC estava sólido no G4 e bem cotado na Copa do Nordeste, ninguém falava que o time era “limitadíssimo tecnicamente”. No máximo, diziam que o grupo necessitava de três ou quatro reforços, como uma meia de qualidade para disputar vaga com Hígor Leite. Agora que o clube tá em crise, vêm essas conversas de time limitado e blá, blá, blá! Assistam os outros jogos e observem o quanto os outros também o são. O ABC vive uma crise interna que precisa ser investigada e isso tá influenciando diretamente dentro das quatro linhas. Ninguém desaprende a jogar assim, de uma hora pra outra.

    Do blog – No futebol existe o time e o elenco. Está clara a minha opinião sobre o elenco: é limitadissimo

  10. Carlos disse:

    Sou Americano, mas se o ABC cair, o futebol do RN chegará no fundo do poço, correndo o risco de se acabar. Hora de união, união e união. Vale para os dois, lembrando que o ABC ainda pode se salvar.

  11. Roberto Cesar disse:

    Na minha visão a derrocada de fato do ABC na competição se deu a partir dos equivocos de escalação na zaga do time. Foi nesse ponto que desandou, desarticulou e ensejou tantas derrotas seguidas.

    Na verdade, faltou o pulso de um diretor de futebol a moda antiga, daqueles que chamam o treinador a uma sala, escuta, pondera, planeja em conjunto a solução e enfrenta os problemas atacando para sarar a ferida aberta. Isso sem dar conhecimento a ninguém; como fazia. EX. UM BIRA ROCHA , UM JOSÉ PRUDENCIO, UM PAIVA TORRES, UM RUBÉNS GUILHERME, UM JOSÉ WILSON.

    Na verdade, para ser sincero, esses diretores todos que estão no clube não teem topete para administrar uma crise e vencela.

  12. ABC SEMPRE!! disse:

    Temos que refletir, se perder no sábado temos que ter um novo treinador já no domingo. Não podemos morrer abraçados com um treinador porque ele tem boa intenção ou tem serviços prestados ao ABC. Isso é amadorismo! Raniery pode voltar a ser auxiliar e continuar ajudando o ABC, mas precisamos nos manter na série C.

    Se o ABC não vai contratar um treinador agora, algo que já deveria ter feito antes do jogo com o Santa Cruz em casa, que pelo menos INICIE conversas com algum treinador (LEANDRO CAMPOS, OLIVEIRA CANINDÉ, FERNANDO TONET – montam bem o time e conhecem nossos jogaores) e caso perca pra o Confiança nesse fim de semana (algo provável já que Luizinho conhece bem como joga o ABC), JÁ CONTRATE NO OUTRO DIA MESMO, pra dar tempo do cara treinar uma semana antes do outro jogo em casa.

    ACORDA, ABC!!!!!!! O time caiu de rendimento e um treinador inexperiente não consegue mais extrair o melhor do grupo.

    Rannielly não pode ficar inventando, tem que jogar como antes:

    – Não adiante colocar Erivelton fazendo a meia ou de volante (joga no máximo de ALA)
    – Mateus Carvalho não é ALA (não tem velocidade), no máximo ele jogo perto da área, pra definir as jogadas e não pode jogar junto com Leandrão (eles se anulam).
    – Higor Leite não é meia lentralizado (erro do jogo do Sampaio), é meia direita, caindo pela ponta.
    – Alan Cardoso joga melhor que Igor Fernandes na lateral esquerda;
    – Luan precisa de alguém pra tabelar com ele;
    – Leandrão precisa de alguém que chegue na linha de fundo e cruze, não dá pra ficar afunilando sempre pelo meio.
    – Precisamos voltar a jogar pelas diagnais e com cruzamento pra marca do penalti, pra quem vem entrando.
    – Precisa treinar chutes fora da área, o único gol que fizemos assim foi contra o Remo (Luan).
    – Precisamos ter jogadas de escanteio e de bola parada, pq acho que isso não é treinado.
    – Nossa marcação tem que ser bem compactada, atacando o homem da bola e saindo em velocidade pelas pontas.

    São pontos que observo e que falta ao nosso ABC.

  13. Rogério disse:

    Escre à anos aqui mesmo no blog: A derrocada do futebol do RN começou quando o ABCFC entregou aquele jogo ao Bragantino SP. Alguém discordar? Hoje é um nas trevas e o outro no inferno Alguém tem dúvidas?

  14. xavier disse:

    O problema de ABC e América é o amadorismo que reina há anos, a diretoria contrata de acordo como o interesse dela, se for barato ela contrata, se o jogador for caro e bom, eles deixam pra lá, eles incham o elenco e depois ficam dando desculpas, outra, o Ranielli exigiu em dezembro que fosse efetivado como treinador, a diretoria não tinha que aceitar, mais aceitou e achou que fez um grande negócio, pra a diretoria foi bom, pq não precisou pagar mais caro, mais hoje deve estar arrependida por esta mede que fez, mais não diz nada, que é pra não se comprometer.

  15. Severino Filho disse:

    Tom França tem razão. Antes ninguém dizia que o time do ABC era limitado. Tenho alguns arquivos com publicações dos atuais críticos falando em contratações pontuais.

  16. Campeão brasileiro disse:

    Roberto Cesar,isso que está acontecendo no ABC tem um nome,chama se incompetência dessa diretoria,que está acistindo o ABC descendo de ladeira a baixo,e não tomam nenhuma atividade,ou dá uma explicação para a torcida.
    Olha,sou ABC de coração más,dou o maior valor a diretoria do América,porque se isso que está acontecendo com o ABC fosse com eles,já tinha ido jogadores que não querem jogar embora e à umas três rodadas atrás,já tinha treinador novo e isso sim,já era pra ter feito a muito tempo,então a situação do ABC talvez fosse outra.

  17. Severino Filho disse:

    CORREÇÃO

    Fiz uma pesquisa dos campeonatos brasileiros da série C do grupo do Nordeste, lembrando que em 2011 o formato de disputa era diferente. Do lado esquerdo o quarto lugar (o último classificado para disputar a subida para série B) e do lado direito o nono lugar (o primeiro que caiu).

    ANO CLUBE PONTOS CLUBE PONTOS
    2017 CONFIANÇA 25 MOTO CLUBE 20
    2016 ASA 26 AMÉRICA RN 20
    2015 CONFIANÇA 31 ÁGUIA MARABÁ 19
    2013 SAMPAIO C. 33 BARAÚNAS 13
    2012 PAYSANDU 24 SALGUEIRO 20

  18. ISIDORIO disse:

    E OLHE que o Sampaio Correa é Time da série “B”. Só o Rogério Ceni ganha 150 mil no Fortaleza ,se não tou equivocado.

  19. Felipe Rodrigues disse:

    O RN não tem mais capacidade de ter futebol. Todo o Estado parece ter entrado em colapso, turismo em frangalhos, indústrias quebrando e indo para Estados vizinhos, aeroporto às moscas (não ganha um voo pro exterior há muito tempo), Estado sem capacidade sequer para pagar a folha do serviço público, sem falar na escalada da violência (sem precedentes). O futebol do RN apenas seque o que está acontecendo com a economia e na sociedade do Estado… Triste, revoltante e acachapante…

  20. EDUARDO do Tirol disse:

    Um time que tem R$ 12 milhões de orçamento anual, passa por greve de mais de 20 jogadores por atrasos de salários e verbas trabalhistas, se enche de dívidas trabalhistas, pode-se afirmar que esse time tem uma diretoria amadora ? Não tem mesmo ! Podem até procurar outros adjetivos, mas amadora essa diretoria não é mesmo.

  21. ISIDORIO disse:

    Caro Felipe Rodrigues vc tem razão quando cita a penúria do nosso Estado. Lá no Ceará a maioria das Estradas que levam as prais do litoral são todas duplicadas e de boa qualidade ,aqui não pode neblinar a mais ,que as estradas ficam intrafegáveis . PARA atender os caprichos dos ? trocaram um Aeroporto Central por um bem distante e agora tem que passar pela favela Beira Rio e do MOSQUITO e tome bala quase que diariamente.
    O Aeroporto de Parnamirim é um dos únicos no Brasil que tem 03 pistas enormes e de boa qualidade, foi muito dinheiro jogado fora em São gonçalo.
    Até o aeroporto de JERIQUAQUARA tá sendo um sucesso em JIJOCA -CE.