Arquivos de maio, 2012

Um novo blog

31/05/2012 às 15:43 por Marcos Lopes

Em breve o www.blogmarcoslopes.com.br

Hora de agradecer

31/05/2012 às 12:04 por Marcos Lopes

Depois de 15 anos estou deixando o prefixo AM mais famoso do Nordeste, o 640 que quando cheguei era Cabugi e atualmente Globo. Só tenho que agradecer a acolhida que tive aqui em 1997 e que me proporcionou um crescimento profissional enorme.

Agradecer aos diretores Ricardo Alves – em especial – ao Agnelo Filho e ao José Roberto pela forma atenciosa e honesta com que sempre trataram comigo. Agradecendo ao Santos Neto, estendo o agradecimento e o abraço aos companheiros que  continuam na emissora e ao narrador Ivan Nunes que vai me substituir.

Foi um grande período profissional aqui nos 640, cujo ciclo se encerra hoje, ao mesmo tempo que inicio outro. Fazer futebol na 96 FM!

Só tenho que agradecer! Obrigado!

 

ABC pode ter mudanças contra o Azulão

31/05/2012 às 09:00 por Marcos Lopes

Márcio Goiano espera poder contar com Renatinho Potiguar já para o jogo de sábado contra o São Caetano, e confia na qualidade do elenco: ” Nosso grupo é de muita qualidade. Temos vários jogadores que ainda nem estrearam na competição. O Alison, é um zagueiro que pode trazer ainda mais força ao nosso setor defensivo, assim como o Luisão, que está em fase de recuperação de uma cirurgia. O Renatinho está fazendo um treinamento especial o que vem sendo vital para a sua recuperação. Vamos ver se poderemos contar com ele para o duelo contra o São Caetano”.

Roberto Fernandes não mexe no time

31/05/2012 às 08:00 por Marcos Lopes

Roberto Fernandes segue sem fazer mudanças no time do América, que amanhã enfrenta o Guaratinguetá:”Eu não posso fazer mudança sem antes dar moral e confiança para saber se meus atletas podem jogar dessa mesma forma fora de casa, então vamos buscar manter a mesma pegada e os resultados é que vão dizer se seremos mais precavidos ou não”.

Coluna TN: Futebol em destaque

31/05/2012 às 07:00 por Marcos Lopes

As vitórias do América por 1×0 em cima do Avaí e a do ABC 3×0 no Grêmio Barueri colocaram o futebol potiguar em destaque no Brasileiro da Série B, dentro do G4. Não assisti o jogo de Goianinha mas o time de Roberto Fernandes segue sabendo aproveitar o melhor conjunto e a característica forte da marcação e leveza da velocidade. Em Barueri, o ABC fez uma partida muito boa, jogando de forma equilibrada entre a consistência na marcação sem abrir mão de atacar. Lembrem que no  jogo do Arena, Márcio Goiano só mudou do meio para frente, colocando sempre o time pressionando e jogando para cima. Mas também naquele jogo mais uma vez ficou evidenciado que o ABC ainda precisa qualificar nas duas alas e na meia, em que pese Raúl ter feito um grande partida contra o  Barueri.

Coluna TN: As batalhas não cessam

31/05/2012 às 06:00 por Marcos Lopes

Não tem tempo para respirar. O América que jogou em casa vai para o Vale do Paraíba em São Paulo, e amanhã enfrenta o Guaratinguetá, uma equipe que me chamou atenção, bem organizada taticamente. Já ABC enfrenta o São Caetano no Frasqueirão, sábado que vem, e tem pouco tempo para recuperação, depois do jogo em Barueri. Um campeonato longo onde a palavra-chave é regularidade e equilíbrio, para encarar uma decisão a cada rodada ainda mais, considerando o nivelamento da competição. Regularidade e equilíbrio e um fôlego para agüentar a maratona.  Aliás,  um problema que muito se tem comentado é sobre o rendimento físico do time alvinegro Não sou especialista no assunto, mas é visível que tem jogadores no ABC que “morrem” em campo, o caso mais recente é de Jerson que inclusive gerou polêmica na semana passada, quando se comentou sobre o extra-campo do jogador, que em sua página do Facebook negou que seja “farrista” ou da noite. Pois bem, o fato é que existe um problema físico que é facilmente percebido. Como não sou especialista, passo para a bola para os do ABC.

Coluna TN: Oportunidade perdida

31/05/2012 às 05:00 por Marcos Lopes

A Justiça paulista deixou escapar na semana passada uma oportunidade ímpar de extinguir algumas torcidas organizadas que foram indiciadas por envolvimento em brigas e casos de agressões. As facções foram denunciadas pelo Ministério Público, mas a Justiça negou e é vida que segue. Eu sei que é um assunto polêmico e que muita gente faz cara feia quando se aborda o tema, mas não tem como negar que existe uma descontrole absoluto nas facções organizadas e que, por mais que os líderes das torcidas queiram, não tem nenhum controle. Os casos de violência envolvendo membros dessas facções se avolumam país afora e Natal não é exceção. Vez por outra morre um jovem, que de alguma forma tinha ligação com torcida organizada, que já faz muito tempo perdeu o sentido de antigamente. Hoje, os caras se olham como inimigos que demarcam territórios e estampam de forma muito clara o ódio que sentem uns pelos outros. A verdade é que está passando de uma posição forte em nível nacional para acabar com o problema que é sério.  Com o Brasileiros das Séries A,B,C e D, as parcerias entre torcidas é um estopim que queima a cada rodada. Quem não lembra do que aconteceu em Belém no ano passado, quando o América enfrentou o Paysandu¿ Eu estava lá e vi a praça de guerra que dois grupelhos transformaram as imediações da Curuzu! Mais uma vez eu alerto as autoridades do RN para que abram os olhos para um problema que é grave, gravíssimo e real. A hora é de prevenir, que é muito melhor do que remediar.

Entrosamento do América tem sido fundamental

30/05/2012 às 07:00 por Marcos Lopes

Barueri – SP – O América continua sendo competente para tirar proveito do entrosamento, e ontem contra o Avaí em um jogo mais dificil do que foi aquele contra o Goiás, jogou bem e confirmou a boa fase.

Dois fatores são importantes na arrancada do América no Brasileiro, além do entrosamento. O time de Roberto Fernandes marca forte e sai sempre em velocidade. São características mortais num futebol nivelado como está a Série B.

Duas vitórias contra adversários bem estruturados, Goiás e Avaí.

Na Série B, o tempo é curto

30/05/2012 às 06:04 por Marcos Lopes

Barueri – SP – O Brasileiro da Série B não dá muito tempo de recuperação para ninguém. O ABC que jogou ontem em Barueri, viaja daqui a pouco e chega em Natal no meio da tarde, tempo curto para trabalhar equipe que enfrenta o São Caetano no sábado no Frasqueirão.

O América jogou em casa e amanhã viaja para São Paulo, onde na sexta-feira enfrenta o Guaratinguetá no Vale do Paraíba.

O desgaste é grande e mais do que nunca o bom condicionamento físico é fundamental para aguentar bem as outras trinta e cinco batalhas que vem pela frente.

São pucos os times equilibrados

30/05/2012 às 05:00 por Marcos Lopes

Barueri – SP – Ontem estava discutindo com  colegas no Arena Barueri sobre o exagero de alguns – a maioria – dos treinadores brasileiros em escalar os times pensando primeiro na marcação,em detrimento do ataque.

É fato que no futebol todo mundo tem que marcar mas não o tempo todo, e eu penso que  o fator determinante para a fixação na marcação é a instabilidade dos treinadores nos clubes do Brasil. O camarada sabe que se perder dois ou três jogos, ele dança pouco importando se o time jogou feio ou bonito.

O segredo é armar times equilibrados entre uma marcação compacta e uma saida rápida. Hoje são poucos os times equilibrados entre os dois setores e com as características  de força e velocidade.

Os técnicos que sabem armar, que sabem indicar e que sabem trabalhar de forma equilibrada  se dão bem.