Arquivos de setembro, 2014

Baraúnas cobra repasse da Prefeitura de Mossoró

30/09/2014 às 18:19 por Marcos Lopes

O gerente de futebol do Baraúnas, Zezinho Mossoró, em entrevista ao programa 95 esportes desta segunda-feira, pediu empenho e mais apoio financeiro aos baraunenses.

Para o dirigente do tricolor, a aproximação de alguns torcedores que tem condições de ajudar o clube financeiramente, será fundamental para que o Baraúnas saia dessa situação de dificuldade financeira em que se encontra: “A gente sabe que o Baraúnas têm muitos torcedores em Mossoró que tem condições. Tem um poder aquisitivo bom, que poderia chegar, ajudar, buscar recursos, buscar patrocinadores e se empenhar o máximo. Esperamos que possa entrar algo novo agora, e tenho certeza que essas pessoas que dizem que amam o Baraúnas, se procurarem se reunir, buscar recursos, buscar melhorias, eu tenho certeza que o Baraúnas volta muito forte em 2015”.

Em relação ao pagamento dos salários dos jogadores que, segundo alguns atletas completou dois meses de atraso no último dia 25, Zezinho disse que espera as parcelas restantes do apoio que ficou acordado entre a Prefeitura de Mossoró e Baraúnas, para resolver a pendência. O acordo prevê um repasse de 100 mil reais  durante a série D, divididas em quatro parcelas: “A Prefeitura já era para ter pagado a quarta parcela, mas infelizmente só pagaram uma. A gente está indo toda dia na Prefeitura, eu, a Josirene (vice-presidente), o Dehon (diretor de futebol), tentando buscar esses recursos que estão atrasados. A gente tá devendo aos atletas um mês e vinte dias, foi o que ficou da Série D. Eu tenho fé em Deus que essas cotas saindo, a gente vai estar terminando a Série D, cumprindo com nossas obrigações”.

Fabiano Júnior/F9.net.br

Polícia Militar recebe homenagem da FNF

30/09/2014 às 17:28 por Marcos Lopes

Nesta quarta-feira por ocasião da partida entre América x Flamengo, 22:00 na Arena das Dunas, válida pela Copa do Brasil, a FNF por iniciativa do presidente José Vanildo da Silva, vai prestar uma justa homenagem de reconhecimento ao trabalho desempenhado pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte.

Antes do inicio da partida, a Banda de Música da PM vai executar o Hino Nacional do Brasil, e a FNF vai homenagear o Coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, Comandante Geral da Polícia Militar, e o Subcomandante do Policiamento Metropolitano, Tenente Coronel Alarico Azevedo.

O presidente José Vanildo disse ao site que a “homenagem é simples, mas reflete o respeito e reconhecimento da federação pelos relevantes serviços da gloriosa Polícia Militar em pról da segurança da população, e em especial pela parceria respeitosa, honrada e eficiente com o futebol e com o desporto potiguar. O Hino Nacional executado ao vivo pela Banda da PM e a entrega das homenagens aos dois comandantes espelham o nosso reconhecimento aos homens e mulheres, do mais jovem praça ao mais experiente oficial, que fazem a grandeza da Polícia Militar do Rio Grande do Norte”.

Site FNF

E o auxiliar atrás do gol? Serve para…

30/09/2014 às 15:57 por Marcos Lopes
E adianta ter o tal árbitro assistente na linha do gol para o cara não enxergar um lance como o da foto? Héber Roberto Lopes, que apita América x Flamengo, decidiu anular a jogada, alegando impedimento. O erro chama atenção pelo posicionamento de Ricardo Marques Ribeiro, auxiliar que estava atrás do gol. Como é possível ver na imagem ele está de frente para a bola quando ela entra na meta santista, e mesmo assim não aponta que foi gol.

E adianta ter o tal árbitro assistente na linha do gol para o cara não enxergar um lance como o da foto? Héber Roberto Lopes, que apita América x Flamengo, decidiu anular a jogada, alegando impedimento.
O erro chama atenção pelo posicionamento de Ricardo Marques Ribeiro, auxiliar que estava atrás do gol. Como é possível ver na imagem ele está de frente para a bola quando ela entra na meta santista, e mesmo assim não aponta que foi gol.

 

 

 

América x Flamengo: Sexteto de arbitragem na Arena

30/09/2014 às 12:25 por Marcos Lopes

Novidade na arbitragem de amanhã para América x Flamengo na Arena das Dunas.

A Comissão Nacional de Arbitragem designou árbitro adicional 1 e 2, além do quarto árbitro, além do quarto árbitro também de outra federação. São seis árbitros de fora. Só faltou mandar também o delegado da partida.

Árbitro Heber Roberto Lopes – SC (FIFA)

Árbitro Assistente 1 Kleber Lucio Gil – SC (FIFA)

Árbitro Assistente 2 Carlos Berkenbrock – SC (ESP-1)

Quarto Árbitro Nielson Nogueira Dias – PE (ESP-2)

Árbitro Assistente Adicional 1 Francisco Carlos do Nascimento – AL (FIFA)

Árbitro Assistente Adicional 2 Francisco de Assis Almeida Filho – CE (ESP-2)

 

 

 

MP de Minas Gerais age contra organizadas

30/09/2014 às 06:00 por Marcos Lopes

A selvageria que marcou o último clássico entre Cruzeiro e Atlético teve uma resposta do Ministério Público de Minas Gerais nesta segunda-feira. Em audiência realizada na Promotoria de Justiça da Capital ficou decidido que as organizadas Máfia Azul, Pavilhão Independente (do Cruzeiro) e Galoucura (do Atlético) estão banidas temporariamente dos estádios nacionais e dos seus arredores, num raio de cinco quilômetros, nos dias de jogos. A decisão vale por seis meses e se estende a cinco clássicos entre os clubes. O Termo de Ajustamento de Conduta, firmado em 2008, ganhou adequações para a inclusão dessa medida educativa.

O relatório encaminhado pela Polícia Militar depois da partida do dia 21 de setembro, no Mineirão, e o histórico de agressões das duas torcidas pesaram na decisão, segundo o Ministério Público. Os registros de violência e hostilidade recíproca entre as torcidas organizadas foram citados como responsáveis em agravar o clima de “guerra” entre os torcedores comuns.

As organizadas têm o prazo de 30 dias para se defender, e a pena será revista após esse período. A medida educativa ainda restringe os torcedores vinculados às organizadas de usar qualquer vestimenta, faixa, bandeira ou boné alusivos à agremiação durante o período de banimento. A exposição dos nomes das organizadas não será permitida e nem a cessão de ingressos, conforme ocorre em alguns clubes do país.

O momento da dupla potiguar no Brasileiro preocupa para Copa do Brasil

30/09/2014 às 05:00 por Marcos Lopes

De uma maneira simples e objetiva, digo que pelo pouco futebol que ABC e América tem apresentado no Brasileiro, pela desorganização tática das duas equipes e limitações técnicas, é pouco  provável que consigam evitar um desastre amanhã pela Copa do Brasil.

Se o América fosse um pouco melhor organizado taticamente e tivesse uma postura mais determinada, mais aguerrida seria possível vislumbrar um bom resultado contra um Flamengo que é um time comum  e “batível” mas do jeito que o time de Marcelo Martelotte tem se comportado no Brasileiro, é complicado minha gente, embora não tenha esquecido da virada em cima do Fluminense.

No ABC, vejo o quadro como ainda mais complicado pelo nível do adversário que vai enfrentar, mesmo com o Cruzeiro poupando ou podendo poupar alguns jogadores, mas é um grupo forte. O futebol que o ABC mostrou sábado passado contra o Icasa foi horrível.

Pelo momento da dupla potiguar no Brasileiro, pelo futebol pífio e pela falta de organização tática das duas equipes, não espero muita coisa na rodada desta quarta-feira pela Copa do Brasil.

O momento do ABC no Brasileiro é preocupante.

O momento do América no Brasileiro é horrível.

O América que começou a semana do Flamengo

29/09/2014 às 17:31 por Marcos Lopes

Fernando Henrique, Marcelinho, Cléber, Lázaro e Arthur Henrique; Márcio Passos, Thiago Dutra, Judson e Arthur Maia; Rodrigo Pimpão e Max foi o time que começou o treino do América nesta segunda-feira. Com 12 desfalques para o jogo de quarta contra o Flamengo pela copa do Brasil.

Andrey não treinou hoje e amanhã ( 30 ) será avaliado para saber se terá ou não condições de jogo.

Departamento Médico do ABC libera e jogadores viajam para Belo Horizonte

29/09/2014 às 11:52 por Marcos Lopes

Sem poder contar com Rogerinho que foi expulso contra o Vasco, Michel e Marcel que já disputaram a Copa do Brasil pela Caldense e com Deydiv Sacconi que foi contratado depois de fechado o prazo de inscrições para a competição, o técnico Moacir Júnior convocou o goleiro Gilvan, volantes Liel e Renan Silva e o atacante Lúcio Flávio.

Os quatro viajam daqui a pouco para Belo Horizonte para a partida de quarta-feira contra o Cruzeiro. Rogerinho voltou para Natal, já que recebeu o terceiro amarelo e não joga sábado contra o Oeste.

Rubens Guilherme: “Em dezembro reassumo mandato no ABC”

29/09/2014 às 08:04 por Marcos Lopes

Diferente do que muitos apostavam, o presidente do ABC, Rubens Guilherme Dantas, que está licenciado, vai reassumir o cargo a partir do próximo mês de dezembro.

Agora pela manhã conversei com o dirigente: ” Não tenha dúvida. A minha licença foi por tempo determinado, mas em dezembro reassumo e concluo o meu mandato. Estou acompanhando e participando das coisas do ABC, de onde nunca me afastei de fato e estou dando total apoio ao trabalho que Rogério Marinho está desempenhando no clube. Temos um jogo difícil no meio de semana contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil, estamos em uma situação que nos permite vislumbrar a permanência na Série B e estamos trabalhando e dando todas as condições para a comissão técnica e elenco. O ABC está unido, quem está lá dentro trabalha exclusivamente pelo clube e em dezembro volto diretamente para dentro do clube junto com  Rogério e de todo o grupo que nos apoia e está trabalhando”.

Copa do Brasil: Parada dura para a dupla potiguar

29/09/2014 às 06:00 por Marcos Lopes

Depois de amanhã, ABC e América jogam pela Copa do Brasil, com os dois vindo de péssimos resultados na Série B.

O ABC jogou mal e perdeu em Juazeiro para o fraco Icasa por 1×0, e o América em casa perdeu para o fraco Vila Nova por 1×0 e está há dez jogos sem vencer no Brasileiro.

América x Flamengo na Arena, Cruzeiro x ABC no Mineirão. Esperar o quê dos dois jogos? Na Arena, o América pega um Flamengo “batível” mas será que o time de Marcelo Martelotte que até agora não mostrou evolução tática, não vem jogando bem vai conseguir superar o time de Luxemburgo que ontem perdeu para o Bahia?

São 12 os desfalques do América: Val que tem contrato com o Flamengo e não pode jogar, Pantera, Roberto Dias, Daniel Costa, Wanderson, Gláucio e Alekito, que já disputaram a Copa do Brasil por outros clubes, Jean Cléber que renovou contrato depois de encerrado prazo de inscrição para a competição, e Fábio Braga, Emerson, Neto e Rafael Tavares que chegaram depois de encerradas as inscrições.

No ABC, o problema de Moacir Júnior, além do fato de não ter conseguido mudar a postura do ABC, vai enfrentar o melhor time do Brasil no momento, mesmo que o Cruzeiro poupe alguns jogadores. O treinador não pode contar com Michel e Marcel que já disputaram a competição e vai com a mesma base que vem disputando o Brasileiro. Rogerinho que foi expulso contra o Vasco não joga em BH, assim como Michel e Marcel que já disputaram a competição pela Caldense e Deyvid Sacconi que foi contratado depois do prazo de inscrições.

São duas paradas duríssimas, muito mais para o ABC pela qualidade técnica do adversário. Contra o América pesa principalmente o clima de instabilidade que vive o clube rubro e que reflete no time.