Arquivos de abril, 2015

Reforços do ABC estão em Natal

30/04/2015 às 13:18 por Marcos Lopes

O volante Dedé  e o ala Igor Julião  já estão em Natal e serão apresentados oficialmente pelo ABC na segunda-feira.

Dedé  estava na Ponte Preta e Igor Julião vem do Fluminense.

Josué dispensa o favoritismo

30/04/2015 às 07:55 por Marcos Lopes

Ontem depois do empate com o América, técnico do ABC, Josué Teixeira jogou o favoritismo para o rival: ” Roberto Fernandes é o favorito. Ele já ganhou um título no Frasqueirão e eu não. Então, eu vou tentar trabalhar para evitar que ele fique com o título sábado”.

Novo empate sábado e a decisão vai para os pênaltis.

Max tem a confiança do treinador

30/04/2015 às 07:51 por Marcos Lopes

Max tem a confiança do técnico Roberto Fernandes como batedor de pênaltis, mesmo tendo perdido dois contra o ABC.

Ontem na coletiva, o técnico explicou: “Sou meio capitão Nascimento. Cara para trabalhar comigo tem que ser guerreiro: então Max pede para sair. Se o Max chegar para mim e disser: perdi a confiança, o Saulo pegou minha forma de bater, não tenho mais confiança para bater, vamos mudar o batedor. Mas o batedor oficial é ele. Precisamos ter equilíbrio e saber o momento certo de cada jogador e o Max tem a confiança nossa”.

Árbitro FIFA na final

30/04/2015 às 07:40 por Marcos Lopes

Hoje a CEAF  realiza sorteio da arbitragem para a decisão  de sábado no Frasqueirão.

O América deve mais uma vez solicitar escudo FIFA para este confronto, mas já foi alertado que com várias decisões pelo país,  as opções FIFA ficam escassas.

América 1 x 1 ABC: Análise de Josué Teixeira

29/04/2015 às 22:19 por Marcos Lopes

Josué Teixeira, técnico do ABC: ” Nós erramos muito no jogo. No primeiro tempo estivemos muito acomodados , acho que a sequência de vitórias acomodou, nós relaxamos muito. A gente deu espaços e não é o número de volantes e de zagueiros e sim atitude de ficar passivo para esperar o adversário. A gente tem que manter a postura competitiva e ofensiva para conseguir o nosso objetivo. O Chiclete pode ser uma opção, o Wellington entrou muito bem no jogo, mas já antecipo que para o segundo jogo mudo a formação, vamos ser um time ofensivo”.

América 1 x 1 ABC: Análise de Roberto Fernandes

29/04/2015 às 22:01 por Marcos Lopes

Roberto Fernandes, técnico do América: ” Antes de qualquer coisa, um jogo digno de uma final de centenário, um grande jogo, Vejo em duas partes, onze contra onze o América esteve melhor  em campo que o adversário, tivemos mais chances mas infelizmente em mais uma cobrança de pênalti não aproveitamos e decisão é detalhe. No segundo tempo com um jogador a menos, o adversário pressionou e se você olhar oportunidades claras eles tiveram duas ou três e nós tivemos uma com Pardal e nós estamos esbarrando no Saulo que é um grande goleiro. Se a gente tiver um pouco mais de sorte, competência, felicidade dê o nome que você quiser a história seria outra. Você tem que respeitar a fase, o Max até pouco tempo era o artilheiro do Brasil e só contra o ABC em dois jogos ele perdeu três ou quatro oportunidades. Não adianta botar chifres em cabeça de cavalo, o jogo é no sábado e agora é descasar os jogadores. Esperar que no sábado a gente tenha mais competência. Max tem a nossa confiança”.

América x ABC ficam no empate, decisão aberta

29/04/2015 às 21:52 por Marcos Lopes

Um primeiro de superioridade absoluta do América, incisivo nas jogadas de ataque e com marcação forte, até a expulsão de Maguinho, contra um ABC que não entrou em campo na primeira parte de jogo com vitória parcial do time rubro com Max que teve a chance de matar o jogo ao cobrar muito mal um pênalti no finalzinho de jogo.

Foi um jogo de dois tempos distintos. Na segunda etapa com um homem a menos naturalmente o América recuou para jogar nos contra golpes e o  domínio foi do ABC, que ainda assim não agrediu, chegando com o primeiro chute a gol por volta dos 30 minutos de jogo. A partir da entrada de Wellington Bruno, o ABC ganhou mais poder de organização e chegou ao empate.

Roberto Fernandes armou melhor o time do América, viu melhor o jogo. Josué Teixeira não. Errou na escalação inicial, errou na entrada de Bruno Luiz e escapou com a entrada de Wellington Bruno. Futebol não tem mistérios, você pode jogar com três, quatro atacantes mas se não tiver um meia, um cara que organize a intermediária a bola não chega.

Resumo deste jogo? América melhor no primeiro tempo, ABC melhor na segunda etapa e a decisão de sábado no Frasqueirão está aberta.

FNF confirma quarta edição do Prêmio Craque Potiguar

29/04/2015 às 12:54 por Marcos Lopes

O presidente da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol, José Vanildo da Silva, anunciou para a próxima segunda-feira (4), a realização da quarta edição do Prêmio Craque Potiguar. O evento, que premia os melhores do Campeonato Potiguar, será realizado na Zona Mista da Arena das Dunas, a partir das 19h. Além da premiação dos destaques do Estadual deste ano, a festa também marcará escolha da nova musa do futebol potiguar.

 

Durante o evento, serão conhecidos os jogadores que irão compor a seleção do Campeonato Potiguar, bem como destaques da competição nas categorias Craque, Artilheiro, Revelação, Melhor Dirigente, Melhor Treinador e Melhor Árbitro. A escolha da seleção e dos destaques será feita por representantes da imprensa esportiva potiguar.

 Musa

 

A noite também será dedicada à beleza. A Zona Mista da Arena das Dunas irá se transformar numa verdadeira passarela para o desfile das musas que representam os dez clubes que disputaram o Campeonato Potiguar em 2015. Serão três finalistas, duas delas escolhidas pelos jurados durante o evento e uma que chega com vaga garantida pela votação que acontece até o próximo dia 3 de maio, nos sites www.fnf.org.br e www.tribunadonorte.com.br/musa.

 

A escolhida para ser a nova Musa do Futebol Potiguar irá receber uma premiação no valor de R$ 3.000,00 oferecida pela Aquacoco e pela Sparta Incorporadora, além de um book profissional oferecido pela Trafego Models. O concurso da Musa do Futebol Potiguar chega a sua terceira edição e tem a coordenação do jornalista e empresário George Azevedo.

 

10 Sports

Podcast: Kayke e o clássico

29/04/2015 às 09:58 por Marcos Lopes

Estão relacionados para este primeiro jogo:

Goleiros: Saulo e Gilvan; Laterais: Reginaldo, Lima e Marcílio; Zagueiros: Suéliton, Leandro Amaro e Mael; Volantes: Fábio Bahia, Michel, Neto Coruja, Rafael Miranda e Marcel; Meias: Erivélton, Chiclete e Wellington Bruno; Atacantes: Fabinho Alves, Kayke, João Paulo, Júlio César e Bruno Luiz

Paraense na área

29/04/2015 às 08:00 por Marcos Lopes

Da minha coluna de hoje na Tribuna do Norte

O Fifa Dewson Fernandes, da Federação Paraense e que apitou o clássico do segundo turno, “ganhou” o sorteio do gaúcho Anderson Daronco e comanda o clássico desta noite na Arena. O América usa uma brecha no regulamento que permite solicitar arbitragem de fora, desde que o clube banque os custos e enquanto o regulamento permitir vai ser feito assim. No Ceará por exemplo, o clube que solicitar arbitragem de fora tem que, além de custear o árbitro ou trio de outra federação, tem que depositar 10 mil reais na conta do Sindicato dos Árbitros. Foi uma maneira que Federação Cearense encontrou para valorizar a arbitragem local. Se este mecanismo fosse adotado na FNF por certo, os clubes pensariam duas vezes. A vinda de um árbitro FIFA não custa menos de 10 mil reais, computando todas as despesas de passagens aéreas, hospedagem, diárias, transporte, etc… tivesse mais a taxa do Sindicato e o valor dobraria.