Arquivos de maio, 2015

Parabéns torcedores

31/05/2015 às 08:00 por Marcos Lopes

Da minha coluna de hoje na Tribuna do Norte

Vocês que invadiram o gramado do Frasqueirão para comemorar o título de campeão de 2015, foram os responsáveis pela condenação do América no TJD. Por culpa da irresponsabilidade de vocês, o clube perdeu cinco mandos de campo e foi multado em 10 mil reais. Vocês seriam heróis, não fossem na verdade um bando de baderneiros inconsequentes. O mesmo vale para os “apaixonados” pelo ABC que invadiram o gramado no mesmo para brigar com os rivais. O ABC perdeu quatro mandos de campo e vai pagar multa de 10 mil reais. Espero viver para ver uma autoridade ou dirigente com aquilo roxo para acabar com as organizadas no futebol brasileiro.

 

Não é o ideal

31/05/2015 às 07:00 por Marcos Lopes

Da minha coluna de hoje na Tribuna do Norte

 

como no caso do zagueiro Rafael Victor que estava parada a dois meses, Bruno Farias parado a quase um mês. E são contratações feitas muitas vezes sem o aval do treinador. Evidente que não é o ideal, mas é o possível em razão da situação financeira do clube.como no caso do zagueiro Rafael Victor que estava parada a dois meses, Bruno Farias parado a quase um mês. E são contratações feitas muitas vezes sem o aval do treinador. Evidente que não é o ideal, mas é o possível em razão da situação financeira do clube.

 

 

 

Médio e longo prazo

31/05/2015 às 06:00 por Marcos Lopes

Da minha coluna de hoje na Tribuna do Norte

Colocar um clube como ABC ou América nos eixos do profissionalismo não apenas com dirigentes remunerados talvez não traga efeitos imediatos, na medida em que é necessário quebrar paradigmas, cortar vícios adquiridos ao longo de décadas de um modelo “em engana que eu gosto”. Os dois maiores clubes do RN passaram anos e anos vivendo às custas de abnegados, de dirigentes que destinam algumas poucas horas do dia para uma “passadinha” no clube, do médico que não tem condições de dar dedicação exclusiva, do advogado que muitas vezes perde uma audiência do clube para atender o escritório dele que é mais rentável e assim vai. Profissionalizar um clube não significa que obrigatoriamente no primeiro ano este clube vai ganhar tudo, vai subir, vai ser campeão brasileiro ou coisa parecida, mas significa que a estrutura do clube está ficando mais sólida, mais forte e mais robusta.
FNF é exemplo
José Vanildo começou de forma gradual profissionalizar a FNF desde que tomou a posse. Quem não lembra que a entidade tinha dois “donos, dois intocáveis”? Quem estava instalada em um cubículo insalubre no Juvenal Lamartine? A federação ainda apode avançar, mas foi preciso dar o primeiro passo, romper com situações que já naquele período estavam fora da realidade atual, e assim está sendo feito pelo ABC e podem anotar nas suas agendas eletrônicas ou convencionais, obrigatoriamente será feito pelo América. Não tem para onde correr. O futebol moderno não tem mais espaço para abnegados, para mecenas e menos ainda para amadores. Os clubes e federações – como estão fazendo ABC e América – trilham o caminho profissional ou vão acabar ficando pelo meio do caminho.

Profissionalização

31/05/2015 às 05:00 por Marcos Lopes

Da minha coluna de hoje na Tribuna do Norte

Não existe outro caminho para um clube de futebol que não seja o da profissionalização em todos os setores. Não adianta contratar jogadores que são profissionais da bola, treinadores, preparadores físicos, e tudo mais se não existir uma ação que contemple todos os setores de um clube. O tempo do dirigente abnegado que dedica algumas horas ao clube acabou, como acabou o tempo em que o presidente centralizava todas as ações, das contratações ao pagamento da laranja. Este tipo de gestão só existe em clubes amadores ou semi-profissionais e olhe lá. A profissionalização é uma exigência do futebol moderno e por esta razão estranho muito a revolta contra o processo implantado pelo ABC de profissionalizar todos os setores do clube. Rubens Dantas e Rogério Marinho não tem condições de dedicar tempo integral ao clube e tampouco obrigação de entender de futebol e de conhecer o mercado e fizeram certo em contratar Rodrigo Pastana que até o momento tem realizado um trabalho que na minha avaliação está dentro das expectativas. Perder o Estadual para o América ou ser eliminado da Copa do Brasil por culpa e obra de um árbitro mal intencionado, é algo extraordinário ou mancha o trabalho do cara? Na minha avaliação não. Dizer que o time do ABC foi mal montado, penso que é exagero, embora tenha tido logicamente alguns erros de avaliação como as contratações de Júlio Cesar, Bruno Luiz e penso que de Neto Coruja, pela preocupante instabilidade clinica, mas em linhas gerais o trabalho vem correspondendo. O que existe de fato é uma má vontade e uma espécie de orquestração contra o trabalho de Pastana, que é discreto, não é marqueteiro e nem joga para os holofotes, mas cometeu o “crime” de mexer em uma área que até então era intocável, o Departamento Médico. Foi a partir daí que o caldo entornou de vez para o lado do Executivo de Futebol, situação sobre a qual já comentei muito e não retiro uma vírgula do que escrevi. De fato o ABC montou uma estrutura profissional em torno do futebol e obrigatoriamente existe a necessidade que todos os setores se adaptem à nova realidade, é o caminho natural do futebol moderno. E o próximo clube a entrar por esta caminho é o América, é apenas uma questão de tempo.

 

América perde em Arapiraca

30/05/2015 às 21:35 por Marcos Lopes

Não deu para o América  em Arapiraca.  Com desfalques de Flávio Boaventura, Cléber e Maguinho  o time de Roberto Fernandes  perdeu para o ASA por 3×0.

Próximo compromisso do América na Arena das Dunas contra o Salgueiro.

Árbitros paraibanos na bronca

30/05/2015 às 12:54 por Marcos Lopes

image

Mais uma polêmica no Campeonato Paraibano de 2015. Depois que o Botafogo-PB solicitou arbitragem de fora do Estado para o jogo da próxima quarta-feira, contra o Campinense, pela quarta fase do quadrangular final da competição, o Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado da Paraíba (Sinep) enviou ofício a Federação Paraibana de Futebol informando que se o pleito foi atendido a entidade não pretende mais ceder árbitros de seus quadros para jogos do Belo.

Hoje tem América em Arapiraca

30/05/2015 às 08:56 por Marcos Lopes

O América tem uma parada dura hoje em Arapiraca contra o ASA, principalmente em razão dos desfalques – Maguinho cumprindo suspensão pelo STJD e Cléber expulso na rodada passada, além de  Flávio Boaventura vetado pelo DM, e do próprio Roberto Fernandes punido pela expulsão em Marabá – e ele sabe que os desfalques pesam:  “Para o sistema defensivo, nós só temos dois jogadores e nenhum para ficar no banco. A bem da verdade, essa dupla de zaga só jogou uma vez como titular na temporada, mas são dois jogadores que conhecemos e é o que temos de opções. Mas, o nosso grande problema é a lateral direita. Sem o Maguinho, vamos ter que, de fato, buscar essa improvisação na posição.

Sobre o adversário de hoje, o comandante americano sabe das dificuldades que seu time vai encontrar jogar em Alagoas, principalmente porque o ASA precisa conquistar a vitória: “O ASA é um adversário que perdeu pouco na temporada, acho que uma ou duas partidas. E, dentro de Arapiraca, conhecemos bem as dificuldades que vamos encontrar”.

Santa Cruz 0 x 1 ABC: Análise de Gilmar Dal Pozzo

29/05/2015 às 21:51 por Marcos Lopes

O ABC venceu o Santa Cruz no Arruda por 1×0, gol de Kayke, e o técnico Gilmar Dal Pozzo avaliou assim o jogo: ” Feliz pelo resultado e pelo desempenho da equipe, tirando os 25 minutos que eles pressionaram mais, depois que a fez o gol nossa equipe foi melhor, jogando com autoridade. No segundo tempo formamos um quadrado no meio campo que o Santa Cruz náo tinha como entrar. Ficamos quase 30 minutos do segundo tempo com um homem a menos e poderíamos ter ampliado com o Kayke. Depois d nosso gol passamos a pressão para o adversário que não conseguiu trabalhar, e agora vamos dar seqüência no campeonato. Não tem nada de falar em classificação e sim pensar jogo a jogo”.

Reforços : ” Precisamos de mais um saboreio, mais um volante, um meia e um atacante para um campeonato longo, num primeiro momento precisamos de reforços em todos os setores, mas prioridade são as que falei.Num primeiro momento a impressão boa deste grupo, mas é pequeno para um campeonato longo”.

ABC vence no Arruda

29/05/2015 às 21:32 por Marcos Lopes

O Santa Cruz teve no primeiro tempo mais posse de bola, mas sem levar perigo efetivo ao gol de Saulo, que nas poucas vezes que foi exigido se saiu bem. No ABC, time começou apressado e tentando se livrar da bola e errando passes. Mesmo com dois meias e dois atacantes, o alvinegro deu um chute a gol e marcou com Kayke, e a partir do gol o tricolor se abriu, deu espaço e o ABC começou chegar com mais força. No primeiro tempo, Ronaldo Mendes fez a diferença no time do estreante Gilmar Dal Pozzo.

No segundo tempo o ABC voltou bem postado,controlando o jogo e até a expulsão de Ronaldo Mendes era superior ao Santa, que depois evidentemente pressionou mais, embora sem levar perigo real, a não ser uma batida de João Paulo que Saulo espalmou para fora, mas foi uma boa atuação do time alvinegro e uma estreia tranqüilizadora para o técnico Gilmar Dal Pozzo.

As penas de Maguinho e Roberto Fernandes

29/05/2015 às 18:32 por Marcos Lopes

O STJD apenou o volante Maguinho com dois jogos de suspensão, e ele não atua contrao ASA neste sábado, enquanto o atacante Adriano Pardal foi punido com um jogo. Gancho mais pesado foi para o técnico Roberto Fernandes, que pegou quatro jogos e mais multa de 1 mil reais.

As punições foram em decorrencia das expulsões no jogo contra o Águia em Marabá, na primeira rodada da Série C.