Preço médio da gasolina tem leve alta no RN

21 de dezembro de 2014 por vneto

A gasolina no Rio Grande do Norte teve um aumento de dois centavos entre a segunda e a terceira semanas de dezembro, segundo levantamento da Agência Nacional de Petróleo realizado em 113 postos de revenda de Natal, Parnamirim, Mossoró, Caicó, Currais Novos e São José de Mipibu.

Com preço médio de R$ 3,100, o RN ocupa o 14° lugar no ranking nacional. No Nordeste é o terceiro colocado, perdendo para Ceará (R$ 3,173) e Bahia 3,105. A gasolina mais cara na semana é a de Currais Novos (R$ 3,137) e a mais barata a vendida em São José de Mipibu (R$ 2,977).

A gasolina mais barata é a do posto Ipiranga de Taborda, em São José (R$ 2,950); a mais cara em Natal, nos postos MBR Comercial, na Avenida das Fronteiras, Igapó, bandeira Alesat; S&P Comércio, em Nossa Senhora da Apresentação, bandeira branca; SP Comércio, Rua Fabrício Pedroza, Ponta Negra, todos a R$ 3,160.

..

Preços médios na bomba RN
14 a 20 de dezembro/2014

Gasolina………….R$ 3,100
Etanol……………..R$ 2,665
Diesel……………..R$ 2,616

Um em cada três brasileiros que usam smartphone é da classe C

19 de dezembro de 2014 por vneto

No Brasil, são mais de 50 milhões de pessoas que usam smartphones com acesso à internet, ou seja, aproximadamente 35% da base de usuários de celular. A classe C já representa mais de um terço do total de usuários. 36% desses usuários usam o smartphone como principal acesso à internet quando estão em casa.

Esse e outros dados constam de pesquisa realizada pela Mobile Marketing Association – entidade global com mais de 800 membros em todo o mundo, líder no desenvolvimento do mercado mobile – em parceria com a Nielsen Ibope.

A pesquisa é contínua e atualizada a cada seis meses. No comparativo deste semestre com o primeiro, o crescimento e o comportamento do consumidor de smartphones seguem surpreendendo.

“Com a pesquisa sempre mais detalhada e aprimorada graças à participação de todos nossos associados, fornecemos insights importantes para marcas e agências que ajudarão a aprimorar e mensurar o investimento em campanhas mobile”, diz Fabiano Destri Lobo, diretor da MMA Latam.

Aplicativos
A pesquisa também aponta que a participação do sistema Android subiu para 78% do mercado brasileiro, enquanto iOS manteve-se estável. Muitos fabricantes de Android têm feito parcerias diretas com o varejo e assim, atingem a massa.

De acordo com a pesquisa, 81% dos usuários acessam redes sociais pelo celular. 51% já veem vídeos. O aumento do acesso a vídeos se deu pelo aumento da rede 4G. Entre os apps de social, o Whatsapp aumentou ainda mais a penetração atingindo 70% dos usuários. Entre os games, Candy Crush ainda lidera com 18% do total.

Três bancos estão entre os 20 aplicativos mais usados no Brasil. O app do Banco do Brasil é o primeiro das instituições financeiras no celular, com 16%. Música também está em alta, com 65% dos usuários de smartphones baixando apps de música em seus aparelhos.

Mesmo muitos aplicativos baixados, 84% dos consumidores usam realmente só até 10 aplicativos em seu dia a dia. A maioria desinstala aplicativos por causa de falhas. Já 31% apagam um app por acharem outro melhor.

“O desafio das marcas é entenderem como podem estar entre esses apps mais utilizados pelos usuários? Como oferecer ao consumidor uma experiência relevante e válida em sua rotina diária? Conhecendo o hábito do consumidor fica mais fácil integrar os diversos mobile touch points na estratégia de sua empresa ou em sua comunicação”, explica Fabiano.

Cetip: 6,9 mil veículos foram financiados no RN em novembro

18 de dezembro de 2014 por vneto

Um total de 6.977 veículos automotores, entre novos e usados, foram financiados em novembro no Rio Grande do Norte, queda de 3,1% em relação a outubro. Os dados incluem automóveis de passeio e comerciais leves, motos, pesados e outros.

As vendas financiadas de automóveis leves superaram os números dos outros modelos de veículos, novos e usados, e representaram 73% do total financiado no estado, com 5.089 unidades – um aumento de 2% frente a novembro de 2013.

O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o maior banco de dados privado de informações sobre financiamentos de veículos do país, o Sistema Nacional de Gravames (SNG).

No Nordeste foram realizados 97.640 financiamentos em novembro, alta de 1% na comparação anual e queda de 4,4% em relação a outubro. No acumulado do ano, foram financiados na região 1.053.985 veículos novos e usados, queda de 4,8% em relação ao mesmo período de 2013.

O Nordeste foi líder na venda de motos financiadas no País, superando o Sudeste, que concentra o maior volume de financiamentos de veículos de todo o país. A região ficou em terceiro lugar nas vendas financiadas de automóveis leves, atrás apenas do Sudeste e do Sul. Em novembro, foram financiadas 26.344 motos e 65.276 automóveis leves, entre novos e usados.

Dólar cai e bolsa fecha pregão em alta de 3,63% impulsionada pelas ações da Petrobras

18 de dezembro de 2014 por vneto

Um dia depois de fechar no maior valor em quase dez anos, a moeda norte-americana teve grande queda, mas continua acima de R$ 2,70. O dólar comercial encerrou a quarta-feira (17) vendido a R$ 2,702, com queda de 1,23%. No dia anterior, a cotação tinha fechado em R$ 2,736, no maior valor desde 28 de março de 2005.

Durante toda a sessão, a moeda operou em queda. O movimento, no entanto, intensificou-se por volta das 12h. Na mínima do dia, por volta das 14h, a cotação chegou a R$ 2,692. A moeda norte-americana acumula alta de 5,06% em dezembro e de 14,6% no ano.

Contribuiu para a queda da moeda norte-americana a decisão do Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano, de manter a taxa básica de juros próxima de zero, sem indicar quando pretende aumentar a taxa. Juros mais baixos nos Estados Unidos aumentam o fluxo de capitais para países emergentes, que têm taxas maiores.

O dia também foi de recuperação na Bolsa de Valores. Depois de vários dias de queda, o Ibovespa, índice da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou a sessão com alta de 3,63%. As ações da Petrobras, as mais negociadas, subiram 3%.

Petrobras realiza primeira venda de diesel na Refinaria Abreu e Lima

18 de dezembro de 2014 por vneto

A Petrobras realizou a primeira venda de diesel da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco, nesta quarta-feira (17). O volume disponibilizado para o mercado local é de 13 mil metros cúbicos de diesel S-500 (teor de enxofre de 500 partes por milhão). A primeira nota fiscal foi emitida para a Petrobras Distribuidora, com volume de aproximadamente 1.600 m³.

O diesel começou a ser bombeado por duto às 16h30 da terça-feira (16) do tanque da Refinaria Abreu e Lima para a base da Petrobras Distribuidora, localizada no Complexo Portuário de Suape. O bombeamento foi encerrado nesta quarta-feira, concretizando assim a primeira venda de diesel na RNEST.

Cesta básica atinge o menor preço do ano em Natal

17 de dezembro de 2014 por vneto

A queda de preços de itens como carne, farinha, óleo, tubérculos, pão, feijão, leite e arroz derrubaram, em novembro, o custo da cesta básica em Natal. A redução foi 2,27%, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira (17) pela Coordenadoria de Estudos Socioeconômicos, órgão ligado ao Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema).

O custo da alimentação por pessoa caiu de 261,34 em outubro para R$ 255,40 em novembro. É o menor valor de 2014, cujo pico foi verificado em maio quando o chegou a R$ 269,95. “Para uma família constituída por quatro pessoas, esse valor alcançou R$ 1.021,60. Se fossem adicionados os gastos com vestuário, despesas pessoais, transportes etc., o dispêndio total seria de R$ 3.150,23″, destaca o Idema.

A cesta básica é composta por 13 produtos essenciais para sobrevivência de uma pessoa durante o período de 30 dias. Em janeiro, os 4,5 quilos de carne bovina da ração básica custavam R$ 68,04, o equivalente a 26,5% do total. Em novembro, o peso da carne subiu para 31%, mas o aumento foi compensado pela queda nos preços do arroz, feijão, leite, tubérculos, legumes e farinha. Em comparação com janeiro, a farinha ficou 34% mais barata.

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação em Natal, teve aumento de 0,64% em novembro. Além de alimentação, o IPC leva em conta também as despesas com habitação, vestuário, transportes, despesas pessoais, educação e comunicação. No ano, o IPC acumula 4,94%, elevando a inflação do plano real para 322,59% nesses 20 anos.


Valor da Cesta básica

Janeiro……………….257,14
Fevereiro……………260,23
Março………………..262,28
Abril………………….265,49
Maio…………………..269,95
Junho…………………268,82
Julho………………….263,86
Agosto……………….259,37
Setembro……………258,73
Outubro……………..261,34
Novembro………….255,40

Aumenta participação de Parnamirim na formação do PIB estadual

16 de dezembro de 2014 por vneto

Com um povo empreendedor e dinâmico, Parnamirim foi o município do “Clube dos 100 mil” que registrou o maior crescimento da economia entre 1999 e 2012 no Rio Grande do Norte. Neste período, o Produto Interno Bruto cresceu – em valores nominais, sem levar em conta a inflação – 632%. Natal e Mossoró, as outras cidades com mais de 100 mil habitantes, cresceram 278% e 525%, respectivamente. No período, o índice de preço ao consumidor amplo, indicador oficial do Governo Federal para aferir as metas inflacionárias foi de 174,75%.

Em Parnamirim, o PIB pulou de R$ 404,6 milhões naquele ano para R$ 2,96 bilhões em 2012, segundo números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados na primeira quinzena de dezembro/2014.

A evolução histórica do PIB mostra que Parnamirim só perde para Guamaré, que teve um crescimento atípico, de 1.624%, impulsionado pela instalação de uma refinaria para processamento de combustível de aviação e de óleo diesel em meado da década passada naquele município. Mesmo assim, o PIB de Guamaré caiu em 2012 no comparativo com o ano anterior, enquanto o de Parnamirim agregou R$ 254 milhões a mais.

No que se refere à formação do PIB estadual, a participação de Parnamirim passou de 4,98% para 7,49% entre 1999 e 2012, enquanto a Mossoró subiu de 8,85% para 11,36% e a de Natal caiu de 43,25% para 33,61%.

Em 2012, o PIB parnamirinense alcançou R$ 2,96 bilhões, o que o mantém na terceira posição do ranking estadual, à frente de Guamaré e atrás de Natal e Mossoró. O Produto Interno Bruto é formado por três grandes segmentos da economia brasileira: agropecuária, indústria e serviços.

Uma análise dos dados, realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema) mostra que 78,67% do PIB de Parnamirim vêm do setor de serviços, 19,78% da indústria e 1,55% da agropecuária. “Na agricultura, o destaque foi a produção de coco-da-baía; na pecuária, a criação de frangos” para abastecer o mercado da Grande Natal, informa o Idema.

A fabricação de laminados planos e tubulares de material plástico e os artigos de vestuários foram os destaques da indústria na formação do PIB municipal, enquanto no setor de serviços, despontou o comércio de material de construção, um segmento forte na cidade, para atender à demanda das atividades imobiliárias e aluguéis.

info_crescimento sustentaval

 

Petrobras Distribuidora abre processo seletivo

15 de dezembro de 2014 por vneto

A Petrobras Distribuidora realizará processo seletivo público para preenchimento de vagas e formação de cadastro de reserva. Estão previstas 47 vagas e formação de cadastro para cargos de nível médio e superior. O prazo para inscrições vai de 16 de dezembro a 12 de janeiro/15. As provas serão aplicadas no dia 8 de março e a divulgação do resultado final será em maio.

As carreiras de nível superior são Administração, Ciências Contábeis, Comunicação (Relações Públicas), Direito, Ênfase em Automação, Ênfase em Vendas a Grandes Consumidores, Ênfase em Vendas a Rede Automotiva, Engenharia (Ambiental, Elétrica, Mecânica, Produção e Segurança do trabalho), Psicologia e Serviço Social. Para esses cargos, a remuneração mínima é de R$ 8.866,74.

Para os cargos de nível médio serão selecionados Técnicos de Administração e Controle Júnior, com remuneração mínima de R$ 3.095,97; já para cargos de nível médio com formação técnica, as carreiras são Técnico de Manutenção Júnior (ênfase em Elétrica e ênfase em Mecânica), Técnico de Operação Júnior e Técnico de Química Júnior, com remuneração mínima de R$ 3.730,66.

Os valores das inscrições são de R$ 40 para nível médio e R$ 58 para nível superior. O processo seletivo terá validade de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período. O edital está disponível no Portal BR (www.br.com.br/rh) e no site da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br).

Reajuste de aluguel: como calcular?

15 de dezembro de 2014 por vneto

Germano Leardi Neto*

Tanto imóveis residenciais quanto comerciais sofrem reajuste no valor do aluguel uma vez por ano. Avisar com antecedência e explicar como funciona o reajuste no valor são procedimentos que todo corretor competente faz. Para isso, é preciso conhecer a Lei do Inquilinato (Lei 8.245/91) na ponta da língua e ter um relacionamento duradouro com os clientes.

O reajuste sempre é calculado com base em um índice previamente mencionado no contrato. Normalmente, é usado o Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Para se chegar ao resultado do indicador, é avaliado o desempenho geral da economia, medindo a inflação de bens de consumo e de produção. Pegando de janeiro a dezembro, o IGP-M de 2013 fechou com uma alta acumulada de 5,53%.

Por isso, é tão importante passar essa informação antes das duas partes assinarem o contrato de locação. Fazendo isso, o corretor cumpre o seu papel e evita pegar o inquilino de surpresa. Nesse sentido, é legal lembrar, já com alguns dados, o locatário sobre o reajuste alguns meses antes. Dessa forma, ele consegue se programar financeiramente.

Há outra informação que o corretor não pode deixar passar. Após três anos de contrato, inquilinos e proprietários têm o direito de revisar o aluguel. Nesse caso, o dono do imóvel só exige a revisão se ele considerar o valor muito abaixo da média do mercado. Por sua vez, o locatário faz o mesmo se entender que o aluguel está muito abusivo.

Aqui, o corretor, mais uma vez, tem um papel importante. Ele deve orientar os dois envolvidos antes da revisão. Por exemplo, quando o inquilino cumpre todas as suas obrigações, como pagar em dia e manter o imóvel em bom estado, vale mais a pena para o proprietário renovar o contrato sem revisar o valor do aluguel. Assim, além de não perder um inquilino responsável, ele não precisa começar todo processo de locação do zero, tendo que tirar do próprio bolso algumas despesas.

Pensando na visão do inquilino, às vezes, aceitar a renovação do contrato pode ser mais vantajoso também. Em caso de um imóvel comercial bem adaptado à região, uma mudança de endereço poderia trazer prejuízo para a empresa. A mesma lógica vale para a residência. Não é bom ficar trocando de bairro toda hora, ainda mais se levar em consideração a vida escolar do filho e a proximidade com o trabalho, por exemplo.

(*) Germano Leardi Neto é diretor de relações institucionais da franqueadora imobiliária Paulo Roberto Leardi

Setor de serviços impulsiona economia nos municípios potiguares

14 de dezembro de 2014 por vneto

Um estudo realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) mostra que oito dos dez municípios com maior Produto Interno Bruto do Rio Grande do Norte têm como principal atividade econômica o setor de serviços. Nos outros dois a indústria prevalece na geração de riquezas. São eles Macau e Areia Branca, regidos pela indústria extrativa do petróleo.

Em 2012, cujos dados foram divulgados na semana passada pelo IBGE, os “dez mais” foram responsáveis por 68,6% PIB a preços correntes, uma tênue queda em relação ao ano anterior (68,8%). Além do comércio e de alojamentos, o setor de serviços inclui a administração pública, os serviços de telecomunicações, de saúde e de educação.

Natal, Mossoró, Parnamirim, Guamaré e São Gonçalo do Amarante, pela ordem, lideram o ranking estadual. O Idema identificou variações positivaa e acima dos padrões em cinco municípios: Baraúna, Santana do Seridó, Alto do Rodrigues, Lagoa d’Anta e Pedra Grande.

“O crescimento em Baraúna foi decorrência do aumento significativo da extração de calcário e argila para atender à demanda de uma fábrica de cimento no município”, diz o estudo do Idema. Já o crescimento em Alto do Rodrigues (e Mossoró por tabela) se deve aos investimentos no sistema que utiliza injeção de água, vapor e gás com objetivo de aumentar a pressão e recuperar a produção de óleo.

Em Santana do Seridó, o aumento está relacionado à instalação de uma unidade fabril voltada para a fabricação de confecções. Em Lagoa D’Anta o impulso foi dado pela expansão do cultivo da mandioca e em Pedra Grande, “o crescimento está vinculado a obras de infraestrutura para instalação de eólicas e à construção de casas populares.

A queda na produção agrícola puxou para baixo os PIBs de José da Penha (feijão e milho), Bodó (castanha de caju, feijão e melão) e Japi (feijão e milho). Q queda verificada em Guamaré e Grossos está relacionada à retração da atividade petrolífera.

..
PRODUTO INTERNO BRUTO 2012

Os 10 maiores
Em R$ 1 milhão

Natal…………………13.291
Mossoró……………..4.493
Parnamirim…………2.963
Guamaré…………….1.365
São Gonçalo………..1.219
Macaíba…………………996
Macau…………………..722
Caicó…………………….697
Areia Branca………….659
Assu……………………..566

Rosalba prorroga prazo de benefício fiscal à indústria salineira

12 de dezembro de 2014 por vneto

A Governadora Rosalba Ciarlini assinou decreto prorrogando o prazo de benefício fiscal concedido à indústria salineira. A isenção concedida ao setor reduz até 50% a base de cálculo do ICMS do sal produzido e comercializado no Estado.

O Rio Grande do Norte produz 95% do sal marinho consumido no Brasil. No entanto, enfrenta concorrência do produto vindo do Chile. Por estar entre os produtos comuns do Mercosul, o sal chileno é isento de tributos.

“Sem dúvida é um benefício que vale a pena porque retorna em geração de emprego e renda, pois o empresário tem condições de investir cada vez mais no negócio, especialmente em momentos de dificuldade como agora”, declarou a governadora.

O setor de extração e beneficiamento do sal marinho gera 15 mil empregos diretos e 65 mil indiretos. Em 2013 a produção foi de 55 milhões de toneladas de sal.

“Estamos gratos à governadora por ser sensível ao nosso setor, se antecipar e nos dar condições de competitividade para disputar o mercado nacional”, declarou o presidente do Sindicato da Moagem do Sal, Renato Fernandes.

Projeto da transposição alcança 68,7% de execução física

12 de dezembro de 2014 por vneto

Com 11 mil trabalhadores e 3.800 máquinas operando em ritmo acelerado em diversas frentes de serviço, 68,7% das obras físicas da transposição de águas do Rio São Francisco já foram concluídas, segundo balanço do Ministério da Integração Nacional.

O percentual reforça dados apresentados pelo governo federal na quinta-feira sobre a segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2). Entre janeiro de 2011 e dezembro de 2014, o PAC-2 completará R$ 1,06 trilhão de execução orçamentária.

“Atualmente, todas as etapas do Projeto São Francisco estão 100% contratadas e em atividades. Tanto o Eixo Norte quanto o Leste estão com 68,7% de execução – incluindo a primeira Estação de Bombeamento do Eixo Leste, que iniciou seus testes em outubro”, informa o Ministério da Integração.

Com 477 quilômetros de obras lineares projetadas, o empreendimento conta com quatro túneis (um dos quais de 15 km de extensão), 14 aquedutos, 9 estações de bombeamento e 27 reservatórios. É a maior obra de infraestrutura hídrica em execução no Brasil.

.. Foto da Transposição: Divulgação

transpo3