Se você ama história, como eu, vai adorar essas dicas de hotéis nacionais. Listamos seis hotéis históricos no Brasil onde além de ter uma excelente estadia, você pode reviver o passado bem de pertinho visitando museus, ruínas e importantes construções históricas. Confira!         

1- Pestana Convento do Carmo, Salvador/BA

pestana

Conheci o Pestana Convento do Carmo em uma viagem a Salvador em 2017. Ele está localizado no chamado centro histórico da capital baiana, no bairro do Pelourinho. O Pestana Convento do Carmo foi o primeiro hotel histórico de luxo do país e carrega em seus muros e paredes o testemunho dos séculos.

Ele foi Erguido em 1586 pela Ordem Primeira dos Freis Carmelitas e finalizado somente em 1730. Na  construção é possível observar o charme arquitetônico colonial brasileiro com um vasto e exclusivo acervo de obras de arte com mais de 1.500 peças, variando entre imagens sacras, ourivesarias, pratarias, roupas antigas bordadas a ouro, móveis e dois claustros. O conjunto do Carmo é constituído pela Igreja do Carmo, duas capelas e um museu.

2- Fazenda Capoava, Itu/SP           

capoava

Também tive o prazer de conhecer a Fazenda Capoava e confesso que na época não fazia ideia de sua rica história. Quando pesquisei a respeito fiquei encantada com a sua história. Com quase três séculos de existência a fazenda, situada na região de Itu, interior de São Paulo, oferece aos visitantes e hóspedes uma verdadeira imersão cultural histórica, passando por importantes períodos, como o engenho do açúcar e o ciclo do café.

Destaque para a casa sede – onde é possível se hospedar em chalés anexos -, construída em taipa de pilão e erguido ao melhor estilo bandeirista. Uma vez no local, é possível visitar o Museu – Espaço Memória, anexo à propriedade e construído tal como toda a Fazenda Capoava. O atrativo abriga preciosas informações sobre os ciclos econômicos para a região de Itu, assim como a cultura alimentar a partir do século XVIII e o papel das mulheres nessa dinâmica.

3- Copacabana Palace, Rio de Janeiro/RJ

copacabana

Construído em 1923 pelo empresário Octávio Guinle e projetado pelo arquiteto Francês Joseph Gire, que buscou inspiração em duas importantes construções hoteleiras da Riviera Francesa para desempenhar o seu projeto, este renomado hotel carioca, Patrimônio Histórico Nacional e símbolo do Rio de Janeiro, é um dos hotéis mais famosos e luxuosos do Brasil. O empreendimento, inclusive, é um dos responsáveis por impulsionar a expansão urbana de Copacabana na década de 20.

4- Brasília Palace, Distrito Federal/DF

brasilia

Inaugurado antes mesmo da própria capital federal, o arrojado Brasília Palace carrega em seus traços a assinatura do arquiteto Oscar Niemeyer, que o projetou em 1957 para abrigar os engenheiros, técnicos e arquitetos que mais tarde viriam a construir Brasília, no fim da década de 50.

Bastante procurando por diversos artistas, diplomatas e famosos, o hotel ficou fechado por mais de 20 anos após sofrer com um incêndio em 1978. Em 2006 foi reconstruído, reaberto ao público e se tornou o primeiro hotel a receber a certificação de hotel histórico pelo Ministério do Turismo, em 2012.  

Curiosidade: Na entrada principal do hotel, é possível ver bem de pertinho o carro que transportou clandestinamente o ex-presidente Juscelino Kubitschek por Brasília pela última vez, enquanto estava com os direitos políticos casados.

5- Hotel Solar do Rosário, Ouro Preto/MG

outopreto

Cravado na bela e histórica cidade do ouro, em Minas Gerais, este magnífico hotel, do século XIX, impressiona tanto pelo conjunto de portas que compõem a sua fachada, quanto pelas grades inglesas que circundam a propriedade. A exuberante vista para as igrejas locais também chamam a atenção, já que além do deslumbre, a sensação de voltar ao passado se torna ainda mais intensa.  

6- Hotel Solar do Império, Petrópolis/RJ

petropolis

Na região Serrana Fluminense, na belíssima cidade de Petrópolis, ou Cidade Imperial, para os mais íntimos da coroa portuguesa, o imponente casarão branco na qual se situa este charmoso hotel se destaca por oferecer um quê de nobreza aos seus hóspedes. E este ar real que paira sobre o empreendimento não é à toa. Reza a lenda que durante uma reforma no palácio real da Princesa Isabel e do Conde D’Eu, o casal teria se hospedado no local.

SIGA O #PARTIU NO INSTAGRAM
ENTRE EM CONTATO: LARISSA@TRIBUNADONORTE.COM.BR.