Beach Park :: Agentes da diversão

Após 140 dias fechado, o Beach Park reabriu o parque aquático na última semana somente para hóspedes e em soft opening – abertura gradual para testar os novos protocolos e procedimentos. A partir de hoje (10), o parque estará aberto para o público, com agendamento prévio e limite de até 30% da capacidade. O Suites Beach Park Resort, um dos quatro hotéis do grupo, e o Restaurante de Praia voltaram às atividades no último sábado, também no modelo soft opening, seguindo todas as determinações do Governo do Ceará e das autoridades de saúde.

O retorno ocorre no momento em que o número de casos de Covid-19 vem desacelerando de forma expressiva, registrando queda de 96% no número de novos casos de maio até o dia 6 de agosto, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado. Isso possibilitou o avanço nas fases de retomada da economia, especialmente em Fortaleza e Região Metropolitana, onde o complexo está localizado.

Com redução da ocupação dos espaços, de forma a garantir os cuidados necessários a uma condição plenamente segura para os turistas e os colaboradores, e seguindo rígidos protocolos sanitários, o Beach Park foi além e implementou medidas avançadas de biotecnologia, garantindo assim a certificação pelo selo Turista Protegido, do Ministério do Turismo, e pelo selo Safe Travels, concedido pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC).

Ações e protocolos nos hotéis

Na recepção dos hotéis, o check-in rápido será feito sem contato entre cliente e funcionário. Entre outros procedimentos, a cada check out, os quartos dos hotéis serão desinfetados e receberão lacres. Haverá também um tapete de desinfecção na entrada de cada hotel e os aparelhos de ar-condicionado receberão um tratamento permanente com tecnologia IRC (ionização catalítica radiante), própria para descontaminação do ar em ambientes internos. Com ação esterilizante, a luz UV será utilizada para desinfecção de malas, em cabine própria, e na limpeza das superfícies dos quartos. Restaurantes e áreas de grande circulação passarão por constantes processos de nebulização com tecnologia nanotech, que cria uma película protetora nas superfícies.

O objetivo é usar as novas tecnologias para reduzir ao máximo os riscos de contaminação, preservando o conforto, a segurança e a praticidade para turistas e funcionários.

Deixe um comentário