No primeiro sábado de abril, dia 6, será realizada uma Calangada. Achou o nome estranho? Ele faz referência ao modo de se locomover do calango, um tipo de lagarto, muito comumente encontrado no interior do Rio Grande do Norte.

Foto: John Nascimento.

Foto: John Nascimento.

Pois bem, a Calangada é promovida pela comunidade de escaladores potiguares com o objetivo de difundir a cultura de montanha no estado. Para participar basta gostar de esportes de aventura. De acordo com John Nascimento, escalador que participa da organização do evento, “as vias de escalada são em níveis acessíveis para todos. Não há risco envolvido, pois os instrutores vão deixar as proteções fixas na pedra e o participante só precisa se pendurar na corda e se divertir”, explica.

Além da escalada, também estarão à disposição dos participantes linhas de rapel, para aqueles que quiserem dar os primeiros passos nas técnicas verticais com corda.

“A ideia é proporcionar um dia de aventura, em que as pessoas possam praticar os esportes em um ambiente seguro, com todo o equipamento necessário e com instrutor certificado. É um dia de diversão na montanha!”, conta Ary Pacheco, guia da Calangada.

Além de Serra Caiada ser considerada um dos melhores pontos de escalada do Brasil, o fim de tarde na região é um espetáculo à parte para os olhos dos visitantes. Também faz parte da Calangada uma trilha guiada até o cume da Serra para contemplar o pôr-do-sol.

Foto: John Nascimento.

Foto: John Nascimento.

Ficou interessado, quer participar da Calangada? O investimento é de R$100,00 e inclui transporte (Natal/Serra Caiada) e participação em todas as atividades descritas acima. As inscrições estão sendo realizadas pelo WhatsApp (84)99710-1006 diretamente com Ary.

É indicado aos participantes vestir roupas leves, levar garrafas d’água, não fazer refeições pesadas, usar protetor solar e respeitar as boas regras de convivência na montanha.