carnavalrecife

O Carnaval já está nas cidades de todo o estado de Pernambuco. Se você achava que a programação festiva se restringia apenas a Recife e Olinda, se enganou. Cabrobó, Santo Agostinho, o Arquipélago de Fernando de Noronha e muitos outros municípios também participam da festa. No total, 51 cidades receberam investimentos que superam os R$ 21 milhões de reais. Em 2018, o Carnaval pernambucano recebeu 1.707.879 turistas e o desejo, em 2019, é superar esta marca.

São cerca de 300 apresentações de artistas, agremiações, grupos e orquestras que vão animar a folia. As orquestras de frevo, nações de maracatu, grupos de caboclinhos, papangus, afoxés e todas as expressões da rica e diversa cultura popular pernambucana já ocupam as festividades em dezenas de municípios, terreiros e equipamentos culturais. O estado consagra neste período festivo a marca da valorização dos artistas, mestres e brincantes, que representam sua identidade cultural.

carnavalrecife1

Em 2019, os municípios de Bezerros, Vitória, Buíque, Aliança, Araçoiaba, Arcoverde, Belém de São Francisco, Chã de Alegria, Barreiros,Glória de Goitá, Itamaracá, Itambé, João Alfredo, Lagoa de Itaenga, Lagoa dos gatos, Limoeiro, Macaparana, Nazaré da Mata, Pesqueira, São José da Coroa Grande, Sertânia, Surubim, Timbaúba, Triunfo, Catende, Amaraji, Itapissuma, Paudalho, Sanharó, Primavera, Jatobá, Ferreiros, Ribeirão, Tacaimbó, Jaqueira, Cabo de Santo Agostinho, Cortês, Jucati, Passira, Bom Conselho, Paulista, Cabrobó, Bom Conselho, Lagoa do Carro, Aliança, Pombos, Fernando de Noronha, Recife e Olinda terão apoio reforçado para a celebração das festividades de Momo.

Entre os brasileiros que curtiram a festa no Estado, os paulistas foram os que mais marcaram presença (27,52% do total de visitantes), enquanto entre os estrangeiros, os argentinos foram os líderes no número de turistas (39,19%). O gasto médio individual diário foi de R$ 231,37 dos turistas em geral. Já o tempo médio de permanência foi de aproximadamente quatro dias. A taxa de ocupação média nos equipamentos hoteleiros dos municípios ficou em 89,83%, sendo a expectativa atual de chegar a 90,83% de visitantes.