parasail
RNTurismo de aventura

Conheça o Parasail, em Ponta Negra, um passeio para quem gosta de adrenalina

Faz tempo que ando pela praia de Ponta Negra e vejo um paraquedas amarelo com carinha feliz pelo céu. Esses dias, tomei coragem e fui experimentar esse passeio nas alturas. Já adianto pra vocês que se tornou a minha atração favorita na cidade.

O Parasail nada mais é do que um paraquedas, puxado por uma lancha, que te faz planar sobre o mar de Ponta Negra. Você pode chegar a uma altura de 80 metros e ter uma vista incrível da cidade e do Morro do Careca.

Não é um passeio pra quem tem medo de água nem de altura. Ou é, se você quer superá-los.

No ponto de apoio em terra, a própria loja do Parasail, você recebe as primeiras instruções sobre o passeio. É lá também que você deve deixar todos os pertences que não vai levar na lancha, assinar o termo de compromisso e deixar o telefone de algum contato em terra. Medidas de segurança.

Para chegar até a lancha onde o passeio é realizado, você precisa entrar no mar, com a água mais ou menos na altura do seu peito, e embarcar em uma jangadinha a motor que vai te levar até a lancha principal.

Chegando lá, aproveite pra tirar umas fotos com o morro do careca ao fundo, porque não é todo dia que você tem uma vista como essa, não é mesmo?

Você vai ser orientado sobre o equipamento de segurança e deve seguir todas as instruções passadas por Mike e Haroldo, os guias super bacanas dessa aventura.

Eles vão acoplar o paraquedas a lancha e fazer com que ele “infle”. Em seguida, você será a sua vez de se posicionar, ser preso ao paraquedas e ser lançado.

A palavra lançado pode dar a impressão de que acontece em alta velocidade, mas é só a forma de falar. O passeio é super tranquilo, sem turbulência, só com uma vista linda, um silencio absoluto e uma paz incrível lá em cima.

O tempo de voo é de cerca de 10 minutos, que eu achei pouco no início, mas é mais que suficiente. Como a lancha leva de 1 até 6 pessoas, se você estiver com mais 5, vai passar mais tempo no mar esperando os seus colegas voltarem.

Durante o trajeto, nosso capitão dá umas desaceleradas na lancha pra que você molhe os pezinhos na água e faça fotos incríveis!

Ah! Falando em fotos, você receberá uma câmera à prova d’água, que filma e faz fotos de todo o passeio. Em seguida, é só solicitar a Leonor, na loja do Parasail, que ela te envia. O valor é cobrado a parte. Se preferir, leve a sua câmera!

O passeio tem saídas diárias, às 9h, 12h e 15h, da orla de Ponta Negra. Para adquirir o passeio basta acessar www.parasailnatal.com.br e fazer a reserva.

Vão lá, façam o passeio e venham aqui me contar se é incrível ou maravilhoso!

DicasNacionalNordesteRNTurismo de aventura

Secretaria de Turismo promove cursos de capacitação no Agreste potiguar

Serra de São Bento

A Secretaria Estadual de Turismo do Rio Grande do norte vai promover, a partir da próxima segunda-feira (23), uma série de capacitações voltadas para empresários e profissionais da área na região serrana do Agreste potiguar, mais especificamente nos municípios de Passa e Fica, Serra de São Bento e Monte das Gameleiras.

A ideia é viabilizar o roteiro de forma sustentável, com envolvimento da comunidade. Algumas conversas já foram realizadas nesse sentido e agora terá início a capacitação dos envolvidos, para que o turismo cumpra seu papel de gerar emprego e renda para a região.

Os cursos serão realizados em parceria com o Senac/RN e ministrados por professores da instituição. Os temas são: Elaboração de Roteiros Turísticos, Técnicas de Guiamento em Geoturismo, Qualidade em Serviços Turísticos, Boas Práticas na Manipulação de Alimentos, Controles Gerenciais para Hotelaria, Turismo de Aventura e Inglês Básico. Todos são gratuitos.
Quem tiver interesse em participar pode obter mais informações na solenidade de lançamento dos cursos, que acontece dia 23, no Ginásio Pepeuzão, em Passa e Fica.

Siga o #Partiu nas redes sociais:  Facebook | Instagram

Contato: larissa@tribunadonorte.com.br

DicasRNTurismo de aventura

7 passeios para fazer nos 3 feriadões de abril (a 6 custa R$2)

Há muito tempo não se vê um mês com tantos feriados prolongados como será abril. Serão três feriadões: Páscoa, de 13 a 16; Tiradentes, de 20 a 23 e Dia do Trabalho, de 28/4 a 01/5. Com tantas folgas assim, não dá para deixar passar em branco. Fizemos uma lista de 7 opções massa pra você curtir os feriados em tempo de pouca grana, como o que vivemos agora.

Explore os potenciais de Natal e suas redondezas! Pare e pense em quantas coisas legais existem por aqui que você nunca fez. Eu mesma conheço várias coisas legais de outras cidades e não conheço alguns pontos turísticos e passeios legais da minha própria cidade. Vou tomar esse post como uma listinha de coisas que tenho que fazer.

1- MERGULHAR NOS PARRACHOS DE PIRANGI

DSC05292

Esse eu já fiz e super recomendo! O ponto de partida é o Marina Badauê, entre o Cajueiro de Pirangi e a beira-mar. As saídas acontecem diariamente com horários que variam de acordo com a maré. Inclui um passeio de barco de 2 horas, uma vista bem diferente do que estamos acostumados de algumas praias do litoral sul, e, claro, a parada de uma hora para mergulho, snorkel e máscara de mergulho.

A pergunta que não quer calar: Tem peixinho mesmo? Quando eu fui tinha. Até golfinho eu vi. Espero que você tenha a mesma sorte.

O passeio custa R$70 por pessoa (com máscara e snorkel). Se for pago em espécie, tem desconto e fica R$60.

#Dica Desconto para quem nasceu no RN: O valor cai para R$35 apresentando a identidade.

 

2- CONHECER O MAIOR CAJUEIRO DO MUNDO

cajueiro

Aproveite que está ali ao lado e dê uma passadinha no Maior Cajueiro do Mundo! Eu nunca entrei, só passei na frente, mas morro de vontade e acho que vou mesmo aproveitar o feriado pra isso.

O Cajueiro está aberto de domingo a domingo das 7h30 às 17h30 e a taxa de visitação é R$8 adulto e R$4 para crianças, idosos e estudantes.

 

3- VOAR DE ASA DELTA EM JACUMÃ

WhatsApp Image 2017-04-10 at 17.32.39

O voo de asa delta em Jacumã não é uma opção barata, mas eu precisava colocar nessa lista. É chamado asa delta rebocado, porque você não salta de um lugar alto. A asa, você e o instrutor ficam presos a uma estrutura que é presa a um carro e esse carro “reboca” vocês até atingir uma velocidade adequada para que a asa consiga subir. Clique AQUI pra ver um vídeo do voo e entender melhor.

Eu ainda não fiz, mas farei em breve porque esse negócio de voar é comigo mesmo! Mas confesso que estou um pouco assustada com a possibilidade de voar por cima do mar. Não sei nadar e fico meio totalmente apavorada.

A aventura custa R$300 com filmagem e R$250 sem. Pode parcelar em até 3x no cartão de crédito.  Para ter mais informações e agendar o contato é 99999 9202 ou pelo Instagram @atmosfearfly.

 

4- RELAXAR NO VALE ENCANTADO

12390984_767898983340419_4196368680240145801_n

Já conhece o Vale Encantado, em Pium? Um lugar super natureza, cortado pelo Rio Pium, com estrutura pra arvorismo e muita calma e tranquilidade pra você se desligar do mundo.

Fica na RN-063, lote 23b, Parnamirim. O acesso é por trilhas ou de barco feito pelo seu Tuta. Ele e a dona Dora administram o local. O valor de permanência é de R$8 para passar o dia. Não deixe de saborear o açaí delícia que eles oferecem por R$10. Para saber mais informações de como chegar os telefones de contato são 99970 5410 ou 99136 4646.

 

5- FAZER UM TOUR POR NÍSIA FLORESTA

n9

Nísia Floresta é um destino maravilhoso aqui pertinho da gente. Além das praias e lagoas bem famosinhas, o centro da cidade tem a Igreja Matriz Nossa Senhora do Ó, que é linda demais, tem estilo barroco e vale muito a visita; o curioso e enorme Baobá e o mausoléu da escritora, jornalista, educadora e “mais notável mulher de letras do Brasil”, que também dá nome a cidade, Nísia Floresta.

Não podemos deixar de falar das praias de Tabatinga e Camurupim. A primeira, tem um dos mirantes mais lindos do estado, e a segunda é a queridinha de muitos natalenses, que procuram uma praia calma e sem ondas, principalmente pra ir com crianças.

 

6- CONHECER AS TRILHA DO PARQUE DAS DUNAS

parque das dunas

As trilhas do Parque das Dunas estão abertas e acontecendo mediante solicitação. Segundo me informaram, funciona da seguinte forma: Você deve enviar um email para parquedasdunas@rn.gov.br com os seguintes dados:

  • Nome, instituição, telefones (fixo e celular) do responsável pelo agendamento;
  • Número de pessoas e idade delas;
  • Data e horário da visitação; (terça, quinta ou sábado. | manhã, às 8h, ou tarde, às 14h)
  • Objetivo da visita ao Parque (pedagógico, turistico, outro);
  • Endereço completo, no caso de escola e/ou outras instituições.

A trilha custa R$1 e a entrada no Parque mais R$1. Então com R$2 você vai fazer uma coisa super diferente, familiar, divertida e sem sair da cidade!

 

7- PASSEAR DE QUADRICICLO PELAS LAGOAS

10001399_261335087379550_849950346_n

Não tá afim de praia, que tal uma lagoa? Essa é uma época ótima pra fazer aquele passeio de quadriciclo que estava caríssimo na alta estação. Algumas empresas oferecem o serviço que custa em média R$200 para duas pessoas. Recomendo o Terra Molhada, que inclui transfer nesse valor. O passeio tem saídas pela manhã, na hora do almoço e à tarde. Geralmente a empresa pega turistas em hotéis, mas você como morador da cidade, pode se deslocar até um hotel da Praia do Meio ou de Ponta Negra. Isso pode ser acertado na hora da reserva. A duração total do passeio de quadriciclo é entre 2h e 2h30. Passa pelas lagoas: da Horta Grangeira, Amarela, Juventude e Alcaçuz. Reservas e mais informações pelos telefones 3230 6022 ou 99911-8366.

Se animou pra fazer alguns desses? Eu me animei. Logo mais conto pra vocês!

Está vindo para Natal e precisa de dicas de Turismo? Acesse www.vivanatal.com.br

DicasGastrônomiaHospedagemNacionalRNTurismo de aventura

Os encantos de Porto do Mangue

Localizada na região da Costa Branca potiguar, a pequena e pacata cidade de Porto do Mangue é uma das mais recentes do estado. Emancipada de Carnaubais em 1995, o município tem apenas 21 anos de idade e é pouco explorado turisticamente, mas possui um potencial natural extraordinário. Dunas, mangue, rio, mar, bons ventos, Porto do Mangue tem um pouco de tudo em seus 318,64 km² de extensão.

P_20160614_134517

Para chegar a esse paraíso pouco explorado da Costa Branca potiguar, saí de Natal pela Zona Norte. Peguei a BR-226 em direção a Macau e segui a sinalização até chegar à cidade. As ruas principais da cidade foram recentemente asfaltadas e uma orla foi construída às margens do Rio das Conchas. Vale a pena o passeio a pé para desbravar e se encantar com o lugar.

A maioria da população não é porto-manguense de nascença porque a cidade é muito nova. Ela era frequentada por pessoas que buscavam descanso e sossego e também movimentada pela atividade salineira, peculiar da região da Costa Branca. Muitas dessas pessoas se encantaram com a cidade e resolveram se fixar. Assim o povoado cresceu e se emancipou.

O que fazer em Porto do Mangue?

Um passeio imperdível na região é pelas famosas Dunas do Rosado, o segundo maior complexo de Dunas do Brasil, perdendo apenas para os Lençóis Maranhenses, que já foi cenário de duas novelas globais e até de um filme. O melhor horário para visitá-las é no fim da tarde, quando o sol se põe e ilumina a areia rosada que impressiona pela cor peculiar. Ela é consequência da areia das falésias avermelhadas que é levada pelo vento e forma uma fina camada cor de rosa. Iluminada pelo sol, a cor se destaca ainda mais. É daí que vem o nome: Dunas do Rosado.

Pelo que eu ouvi falar, existe uma discussão sobre o município ao qual as dunas pertencem, se é a Porto do Mangue ou a Areia Branca. Não sei dizer com certeza. Mas o acesso é fácil e rápido por Porto do Mangue.

Os pescadores da região fazem passeios de barco pelo Rio das Conchas, entrando mangue adentro e com direito a uma parada numa enorme ilha de dunas brancas, que se formou entre o mar e o rio. É uma coisa linda de ver! Lembra os famosos lençóis do Maranhão, mas é aqui pertinho de Mossoró.

DSC06111

Uma outra opção incrível que você não pode deixar de aproveitar é o voo duplo de parapente que eu já falei AQUI Apesar de ser considerado um esporte radical, pra mim foi só paz e tranquilidade. Partimos do chão, junto com o instrutor e subimos tranquilamente em um voo controlado.

Um pouquinho dessa sensação maravilhosa 😍

A post shared by Lari 🍃 (@larissacavalcnt) on

Se você quer visitar a cidade com todos os passeios organizadinhos, a minha dica é falar com o Vicente, da Aloha Adventure, pelo Facebook ou pelo telefone 99815-4177.

Onde comer em Porto do Mangue?

Como uma boa vila de pescadores, frutos do mar não faltam. Não deixe de conhecer o Restaurante da Lúcia, uma cozinheira de mão cheia que já morou em São Paulo, Paraná, Espírito Santo, Fernando de Noronha e até em Portugal. Com a experiência adquirida em todos esses lugares, Lúcia voltou ao Rio Grande do Norte e montou seu restaurante na terra de sua avó. A lagosta que ela prepara é sensacional. Não saia de lá sem experimentar.

O Bangalô é mais uma opção gastronômica da região. Comandado por Rodrigo Almeida, chef que já cozinhou para muitos famosos enquanto trabalhou em Campos do Jordão, ele dedicou boa parte de sua carreira ao restaurante do Ocean Palace, famoso resort natalense, o local é bem decorado, amplo e oferece pratos deliciosos tendo também como carro chef os frutos do mar. A localização é excelente, em frente ao Rio das Conchas.

Onde se hospedar em Porto do Mangue?

Já falei AQUI no blog sobre o SPA Costa Branca. O SPA funciona também como pousada sob demanda e foi nessa opção que passei o fim de semana por lá. Ao todo são seis suítes com capacidade para até 18 pessoas, piscina adulto e infantil, estacionamento, uma bela área verde e os diretores ainda deixam um quadriciclo à disposição dos hospedes para passeios na região.

P_20170108_130013

Está vindo para Natal e precisa de dicas de Turismo? Acesse www.vivanatal.com.br

RNTurismo de aventura

Conheça o voo de parapente na Ponta do Mel, em Areia Branca


*Os ventos fortes da região da Costa Branca potiguar fizeram de Areia Branca uma das melhores regiões para a prática de parapente no estado. Isso não sou eu que digo, são muitos adeptos do esporte que se reúnem na Praia de Ponta do Mel para voar. O local, mais especificamente ao lado das três cruzes, ponto turístico conhecido na região que marca a divisa entre Porto do Mangue e Areia Branca, recebe praticantes de parapente do país inteiro.

Já faz algum tempo que me programo pra fazer esse voo com o Vicente, guia turístico e piloto da Aloha Adventure. Nesse último feriado consegui ir até Mossoró, de lá até Ponta do Mel e de lá para as alturas.

Tenho que falar que foi uma das melhores sensações da minha vida!

Apesar de ser considerado um esporte radical, o parapente, pelo menos pra mim, foi só paz e tranquilidade. Ao contrário do que muitos pensam não é preciso decolar de nenhum lugar alto, saltar, nem nada do tipo. Partimos do chão, junto com o instrutor, no caso do voo duplo, e subimos tranquilamente em um voo controlado. 20170107-164515 A vela do parapente se assemelha a vela de um paraquedas, mas as sensações são completamente diferentes. Eu já saltei de paraquedas e não sei se teria coragem de fazer de novo. Foram 30 segundos de queda livre e corpo inundado de adrenalina. Esse final de semana, Ponta do Mel, foram 20 minutos de um passeio gostoso pelo céu. Não teve nenhum tipo turbulência, a subida e o pouso foram super tranquilos e a vista do mar, das falésias, da estrada, de tudo lá de cima fazem a gente perceber como somos do tamanho de nada nesse mundão de Deus. Fiz um videozinho pra mostrar um pouquinho do que foi esse voo pra vocês.

Um pouquinho dessa sensação maravilhosa 😍

A post shared by Lari 🍃 (@larissacavalcnt) on

Curtiu? O voo de 20 min custa R$100,00. Achei bem justo pela experiência. Quer experimentar essa sensação também? Entra e contato com a Aloha Adventure pelo Facebook ou pelo telefone 99815-4177 que a galera de Mossoró programa esse passeio pra você!