Em edição comemorativa aos seus 10 anos de existência, o Fest Bossa & Jazz começa hoje (15) as festividades na Praia de Pipa e segue até domingo. O evento soma 18 edições já realizadas em quatro cidades do Rio Grande do Norte com a formação de um público significativo no que se refere a admiração e envolvimento aos ritmos do jazz e blues.

9CF6924E-C356-476D-A88B-3028FC70B27A

O Fest chega ao público de forma completamente gratuita, seja com a promoção de grandes shows ou na educação ambiental promovendo as caminhadas ecológicas, social com as oficinas de instrumentos musicais e até mesmo na formação de novos músicos e admiradores com a realização dos workshops.

A programação do evento em Pipa traz uma lista bem atrativa com 22 atrações locais, nacionais e internacionais para 48 pocket shows, distribuídos em polos diurnos à beira mar (Aventureiro Restaurante, Pipa Beach Club e Orishas) e noturnos pela Avenida Baía dos Golfinhos (Praça do Pescador, Rua do Céu, Vila Mangueira, Galeria Oasis e Vila da Pipa Shopping). O Fest Bossa & Jazz repete a formatação do ano passado com shows descentralizados, aproximando mais o público do artista e criando uma nova dinâmica. 

Renomados expoentes da música brasileira e internacional marcam presença. Entre os nomes desse time, está o da Lan Lanh (BA/RJ), percussionista com mais de 30 anos de estrada, referência no meio e pioneira do Cajón (instrumento) no Brasil. Lan Lanh vem acompanhada por Guto Menezez e João Felippe para navegar em vários ritmos junto com o público.

Também prometem apresentações marcantes, a hondurenha Indiana Nomma, a banda The Cinelli Brothers (Inglaterra), Moraes, Mathisen e Zimring Trio(Brasil/Noruega e Israel), a Banda Terráquea & Cacá Magalhães, que tem como vocalista uma menina de apenas 12 anos, detentora de fortes interpretações, Pablo Osta (ARG), Quarteto da Pipa (URU/SP/CE/BA),Gabriel Yang (CE), Fernanda Fialho (CE), Macumbia (PB), Gumbo Blues (CE), Macumbia (PB) e Blues Sinners (PE/RN).

O Rio Grande do Norte estará muito bem representado por artistas, como: Clara Menezes que também comemora 10 anos de estrada, Duetto Cabroso formado pelos músicos Edmilson Cardoso e Gilberto Cabral, Darlan Marley Quarteto, Duo Rock Cello & Piano como violoncelista Júlio Freitas e o pianista Múcio Albuquerque, Duo Jubileu Filho & Cacá Velloso, a banda Jammin” que traz ao Festival um repertório instrumental de grandes clássicos revisitados em uma fusão de Jazz, Reggae, Ska e ritmos regionais nordestinos, o grupo Brazuka Jazz, Chico Bethoven & Regional Choro do Elefante e, a Bossa & Jazz Street Band, que comanda os cortejos pelas ruas, levando o público aos polos.

Mesmo em formato diferenciado pelo segundo ano consecutivo, o Festival mantém os cortejos pelas ruas com a Bossa & Jazz Street Band e, as Jam Sessions realizadas no final de cada dia, exceto na quinta-feira. O Fest Bossa & Jazz é realizado com o apoio do Governo do RN, por meio da Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte – SETUR, com recursos oriundos do projeto Governo Cidadão, e Juçara Figueiredo Produções. Conta com o patrocínio da Prefeitura de Tibau do Sul, Movimento Preserve Pipa, parceria Café Santa Clara e Coca-Cola, através da Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Apoios também da Luck Receptivo, Michelle Tour, G7 Comunicação, Pipa.com.br, Besouro Branco, Natal Groove e Cortez Online.

Oficinas e Workshops

O Fest Bossa & Jazz atua também em ações socioambientais com palestras, caminhadas ecológicas, oficinas e workshops musicais. Programe-se para aproveitar ao máximo a programação! Já nesta quinta e sexta-feira (15 e 16 de agosto) tem palestra musical para crianças da comunidade, com Luciano Prates em ‘O que é esse tal de Jazz’; no sábado (17 de agosto), o músico brasileiro Gabriel Yang ministra o workshop musical para guitarristas e entusiastas, durante quatro horas, com a ‘Construção de Guitarras Artesanais “Cigar Box’’; no domingo (18 de agosto), uma roda de conversa para músicos locais sobre ‘Viver da Música: Realidade e Desafios’, com a cantora e compositora hondurenha, Indiana Nomma.