Falamos mais cedo sobre a solicitação da companhia aérea low cost JetSmart, de propriedade do fundo norte-americano Índigo Partners, para operar no Brasil.  Pois bem, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) liberou no fim da tarde de hoje (27) a operação da companhia no país. A low cost pretende iniciar a operação de rotas internacionais partindo da Argentina para o Brasil.

jetsmart

A JetSmart se apresenta como uma companhia aérea low cost que chegou ao mercado para revolucionar a indústria aérea do Chile e de toda a América do Sul. A empresa quer democratizar os céus oferecendo aos seus clientes a opção de escolher e pagar somente pelos serviços que desejam, em um processo de compra online muito transparente. Isso permite que a Cia ofereça tarifas ultra baixas que fazem com que seja possível que todos possam viajar de avião, incluindo passageiros que nunca voaram anteriormente.

Além da JetSmart, outras quatro empresas vieram para o País desde a desregulação da franquia de bagagem. Três empresas estrangeiras low cost já chegaram ao país: a europeia Norwegian, a chilena Sky Airlines e a argentina Flybondi.