Na última semana a companhia aérea estrangeira low cost JetSmart, de propriedade do fundo norte-americano Índigo Partners, deu entrada na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) no processo de autorização para funcionamento no país. A low cost pretende iniciar a operação de rotas internacionais partindo da Argentina e do Chile para o Brasil.

Além da JetSmart, outras quatro empresas vieram para o País desde a desregulação da franquia de bagagem. Três empresas estrangeiras low cost já chegaram ao país: a europeia Norwegian, a chilena Sky Airlines e a argentina Flybondi.

aeroporto