Wish (1)

O mês de julho foi o melhor dos últimos anos para a rede hoteleira do Rio Grande do Norte. Além do trabalho de divulgação e promoção continuado dos destinos, no âmbito nacional e internacional, outro fator apontado para a alta foi o início da operacionalização do Aeroporto de Mossoró, inclusive com aumento recente na frequência de voos para atender a demanda.

Segundo estatísticas fornecidas pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH/RN), o índice de ocupação hoteleira no mês de julho foi de 67,33%, uma alta de 9% com relação aos 58,3% em julho de 2017 e também mais alta do que os 56,5% de 2016 e 51% de 2015. O índice representa um total de R$ 248 milhões deixados pelo setor do turismo, ou acréscimo aproximado de R$ 34 milhões a mais na economia potiguar se comparado julho de 2018 e julho de 2017.

A ocupação hoteleira em Natal foi de 76,2% em julho, 7,2% a mais do que os 69% de julho de 2017. Em Pipa, a média de ocupação foi de 62,8% ou 3,2% superior aos 59,6% do ano passado. A maior alta foi mesmo registrada em Mossoró: 63% este ano contra 46,6% em 2017 – alta de 16,4%.