Localizada na região da Costa Branca potiguar, a pequena e pacata cidade de Porto do Mangue é uma das mais recentes do estado. Emancipada de Carnaubais em 1995, o município tem apenas 21 anos de idade e é pouco explorado turisticamente, mas possui um potencial natural extraordinário. Dunas, mangue, rio, mar, bons ventos, Porto do Mangue tem um pouco de tudo em seus 318,64 km² de extensão.

P_20160614_134517

Para chegar a esse paraíso pouco explorado da Costa Branca potiguar, saí de Natal pela Zona Norte. Peguei a BR-226 em direção a Macau e segui a sinalização até chegar à cidade. As ruas principais da cidade foram recentemente asfaltadas e uma orla foi construída às margens do Rio das Conchas. Vale a pena o passeio a pé para desbravar e se encantar com o lugar.

A maioria da população não é porto-manguense de nascença porque a cidade é muito nova. Ela era frequentada por pessoas que buscavam descanso e sossego e também movimentada pela atividade salineira, peculiar da região da Costa Branca. Muitas dessas pessoas se encantaram com a cidade e resolveram se fixar. Assim o povoado cresceu e se emancipou.

O que fazer em Porto do Mangue?

Um passeio imperdível na região é pelas famosas Dunas do Rosado, o segundo maior complexo de Dunas do Brasil, perdendo apenas para os Lençóis Maranhenses, que já foi cenário de duas novelas globais e até de um filme. O melhor horário para visitá-las é no fim da tarde, quando o sol se põe e ilumina a areia rosada que impressiona pela cor peculiar. Ela é consequência da areia das falésias avermelhadas que é levada pelo vento e forma uma fina camada cor de rosa. Iluminada pelo sol, a cor se destaca ainda mais. É daí que vem o nome: Dunas do Rosado.

Pelo que eu ouvi falar, existe uma discussão sobre o município ao qual as dunas pertencem, se é a Porto do Mangue ou a Areia Branca. Não sei dizer com certeza. Mas o acesso é fácil e rápido por Porto do Mangue.

Os pescadores da região fazem passeios de barco pelo Rio das Conchas, entrando mangue adentro e com direito a uma parada numa enorme ilha de dunas brancas, que se formou entre o mar e o rio. É uma coisa linda de ver! Lembra os famosos lençóis do Maranhão, mas é aqui pertinho de Mossoró.

DSC06111

Uma outra opção incrível que você não pode deixar de aproveitar é o voo duplo de parapente que eu já falei AQUI Apesar de ser considerado um esporte radical, pra mim foi só paz e tranquilidade. Partimos do chão, junto com o instrutor e subimos tranquilamente em um voo controlado.

Um pouquinho dessa sensação maravilhosa 😍

A post shared by Lari 🍃 (@larissacavalcnt) on

Se você quer visitar a cidade com todos os passeios organizadinhos, a minha dica é falar com o Vicente, da Aloha Adventure, pelo Facebook ou pelo telefone 99815-4177.

Onde comer em Porto do Mangue?

Como uma boa vila de pescadores, frutos do mar não faltam. Não deixe de conhecer o Restaurante da Lúcia, uma cozinheira de mão cheia que já morou em São Paulo, Paraná, Espírito Santo, Fernando de Noronha e até em Portugal. Com a experiência adquirida em todos esses lugares, Lúcia voltou ao Rio Grande do Norte e montou seu restaurante na terra de sua avó. A lagosta que ela prepara é sensacional. Não saia de lá sem experimentar.

O Bangalô é mais uma opção gastronômica da região. Comandado por Rodrigo Almeida, chef que já cozinhou para muitos famosos enquanto trabalhou em Campos do Jordão, ele dedicou boa parte de sua carreira ao restaurante do Ocean Palace, famoso resort natalense, o local é bem decorado, amplo e oferece pratos deliciosos tendo também como carro chef os frutos do mar. A localização é excelente, em frente ao Rio das Conchas.

Onde se hospedar em Porto do Mangue?

Já falei AQUI no blog sobre o SPA Costa Branca. O SPA funciona também como pousada sob demanda e foi nessa opção que passei o fim de semana por lá. Ao todo são seis suítes com capacidade para até 18 pessoas, piscina adulto e infantil, estacionamento, uma bela área verde e os diretores ainda deixam um quadriciclo à disposição dos hospedes para passeios na região.

P_20170108_130013

Está vindo para Natal e precisa de dicas de Turismo? Acesse www.vivanatal.com.br