Uma “pequena” fortuna

12/01/2010 às 15:18 por Pedro Neto

Ricardo Guimarães tem uma “pequena” fortuna para receber

Para aqueles torcedores que ainda acreditam que presidente não coloca dinheiro dentro de clube, vejam a reportagem com o ex-presidente do Atlético-MG – Ricardo Guimarães – que tem uma “pequena” quantia para receber do seu clube de coração o Atlético-MG. Segundo o ex-presidente ou ele colocava o dinheiro ou o clube fechava.

Observem ainda que o ex-presidente concedeu moratória ao clube até Junho de 2012. Isso signica dizer que ele esta dispensando o clube de pagar juros e multa até esta data. 

O que podemos perceber na reportagem é que a conta realmente existe, inclusive já foi feita uma auditoria externa que confirmou o valor apresentado, aliás, o valor é até maior do que o acordado para pagamento. O real é algo em torno de R$ 135  milhões. O ex-presidente esta dispensando de cara R$ 42 milhões.

Enquanto isso tem dirigente que não coloca dinheiro, aliás, ainda tira do seu clube de coração, seja na venda de jogadores ou no acerto paralelo com outros.

Quando digo que os dirigentes do futebol potiguar são corajosos ainda tem torcedor que não acredita. 

Segue matéria completa:

O Atlético-MG já chegou a um acordo com seu ex-presidente Ricardo Guimarães para o pagamento de uma dívida calculada em R$ 94 milhões. O GLOBOESPORTE.COM apurou que o entendimento já foi aprovado pela comissão de patrimônio do Conselho Deliberativo do clube. Faltam apenas a elaboração do contrato e a assinatura do mesmo pelo presidente Alexandre Kalil, o que deve acontecer ainda este mês.

A partir do momento em que o acordo estiver vigorando, o Atlético terá de pagar a Ricardo Guimarães 15% do valor líquido que sobrar para o clube em cada venda de atleta.

Maior credor do Atlético, o ex-presidente concedeu moratória até julho de 2012, ou seja, até esta data o valor da dívida ficará congelado, sem a incidência de juros e correção monetária.

A partir de julho de 2012, o saldo devedor será corrigido pela taxa Selic. E, além dos 15% líquidos de cada venda de atleta, o Atlético terá de pagar mensalmente R$ 200 mil a Ricardo Guimarães.

Contatado pela reportagem, o presidente do conselho deliberativo do Atlético, João Batista Ardizoni, confirmou o acordo:

– O Kalil (Alexandre, presidente) chegou a um entendimento com o Ricardo (Guimarães, ex-presidente e credor) e encaminhou essa proposta à comissão de patrimônio do Conselho Deliberativo. A comissão examinou o assunto, entendeu que o acordo era bom para o Atlético e aprovou – afirmou Ardizoni, em entrevista por telefone ao GLOBOESPORTE.COM.

Ricardo Guimarães presidiu o Atlético de 2001 a 2006 e também conseguiu eleger o sucessor, Ziza Valadares, que assumiu a presidência em 2007 e renunciou no ano seguinte.

Em todo o período, o Atlético firmou aproximadamente cem contratos de mútuos com Ricardo Guimarães, cuja família é dona do banco BMG. Os empréstimos ao clube foram feitos por meio da pessoa física do empresário e também por uma empresa da qual ele é um dos cotistas, a EGL Empreendimentos LTDA.

Em tempo: uma auditoria independente contratada pelo Atlético apontou que, entre 2000 e 2007, o clube teve um prejuízo operacional de R$ 135,3 milhões. Os resultados em campo nesse período não foram menos desastrosos.

Durante a gestão de Ricardo Guimarães, o Atlético foi rebaixado no Campeonato Brasileiro de 2005 e conquistou a Série B no ano seguinte. O último título conquistado pelo clube foi o Estadual de 2007, quando o sucessor Ziza Valadares era o presidente.

Fonte: Globo.com

4 Comentários para “Uma “pequena” fortuna”

  1. CHICO disse:

    Dizem as Candinha que aqui no RN, tem Ex-presidente que irá apresentar as suas contas a receber. Os valores não devem serem muitos diferentes, pois foram muitos anos no comando.

  2. Tom França disse:

    Recentemente o atual presidente do América, declarou em outras palavras que não ia tirar do seu bolso para bancar o clube, antes mesmo de assumir. Até aí é um direito que lhe asiste. Mas, será que para o torcedor isso caiu bem? Se ele lê esse post no seu blog Pedro, com certeza irá pensar um pouco diferente, de até onde vai a paixão do presidente pelo seu clube. Acho que o Presidente poderia esperar mais um pouco antes de fazer essa declaração, pois pode pegar mal entre os torcedores americanos.Isso que Ricardo Guimarães fez, prá mim é pura paixão pelo seu clube, pois não deixou ele na mão nos momentos mais dificeis. Agora é hora de receber o que é justo, e olha que ele ainda aplicou a moratória. Seria bom também, que os figurões que estavam ontem na posse do ABC, pensassem dessa maneira, pois ganham muito como politicos e não demonstram nenhuma paixão pelo clube do coração, a ponto de ajudar a evitar que ele caia de divisão.

  3. Luciano Fabricio disse:

    Pedro,

    Tira do bolso, mas somente depois de ter trado um “bocado”.

    Vai por mim…

    E se tiver alguém no mundo que faz isso, continua dentro do clube, e continua casado, com os filhos apoiando, vendo o seu patrimônio caindo fora por causa de um clube de futebol… Interna!

  4. joão disse:

    Eita que paixão por judas, é só pedir a Judas para dispensar os juros, ele é ou não é apaixonado pelo ABC?