Flamengo proíbe jornalista de fazer perguntas a Rueda em coletiva

30/09/2017 às 04:37 por Pedro Neto

O departamento de comunicação do Flamengo proibiu o jornalista Diogo Dantas, setorista do clube nos jornais EXTRA e O GLOBO, de fazer perguntas para o técnico Reinaldo Rueda, durante entrevista coletiva nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu. De acordo com a assessoria de imprensa, a determinação veio do vice de comunicação do clube e colunista do GLOBO, Antonio Tabet.

Antes do começo da entrevista, os assessores sinalizaram que o repórter não poderia fazer perguntas. Mesmo assim, Diogo Dantas entrou na sala de coletiva e solicitou o microfone mais de uma vez. O presidente Eduardo Bandeira de Mello e o diretor-geral Fred Luz estavam no recinto e nada fizeram. O diretor de futebol Rodrigo Caetano chegou ao fim da coletiva e também nada fez.

A proibição acontece no mesmo dia em que O GLOBO e EXTRA informam que o departamento de inteligência orientou o goleiro Alex Roberto que pulasse no mesmo canto na decisão dos pênaltis contra o Cruzeiro, na final da Copa do Brasil, na última quarta-feira. O EXTRA também noticiou que Tabet comemorou em redes sociais a liderança do clube nos meios digitais menos de 24h após perder o título.

O Flamengo divulgou uma nota oficial, na tarde desta sexta-feira, informando que o EXTRA terá apenas “acesso às dependências do clube e poderá participar de entrevistas coletivas”, mas sem direito a perguntas.

O Jornal “Extra”, de maneira ininterrupta, tem difamado o Clube de Regatas do Flamengo. Diferente de outros veículos, muitas matérias publicadas no jornal ultrapassam a crítica e insistem num inadequado tom jocoso. Até o editorial, espaço mais nobre e sério da publicação, já estampou deboche em relação a profissionais do clube.

Como este comportamento não condiz com o jornalismo praticado por outros veículos no dia a dia do clube, o Flamengo se reserva o direito de não atender às demandas exclusivas do jornal.

Esta decisão não tem caráter pessoal, mas, sim, institucional. E, apesar dela, o “Extra” segue tendo acesso às dependências do clube e podendo participar de entrevistas coletivas normalmente“.

Fonte: Globo.com

Do Blog: Que absurdo. Assim como aqui no RN, lá no RJ, quando algo dá errado a culpa é da imprensa ou da arbitragem. Garanto que se o clube carioca tivesse conquistado a Copa do Brasil nada disso estaria ocorrendo. Impressiona a falta de capacidade de dos dirigentes de assumirem seus erros. Simples assim

A primeira igualdade é a justiça. (Victor Hugo)

3 Comentários para “Flamengo proíbe jornalista de fazer perguntas a Rueda em coletiva”

  1. CARLOS FÉLIX disse:

    Como são tão incapazes alguns desses dirigentes, que não sabem se sair de situações nem tão embaraçosas. Se estiverem divulgando seu clube de forma injusta, sobre alguma coisa, é só acionar seu departamento jurídico, porém nunca proibir a imprensa de fazer o seu trabalho.

  2. carlos disse:

    Esse time do Flamengo é ruim demais. O técnico , aqui no Brasil igual Rueda tem muito melhor. O próprio Ricardo da de 10 a x 0 , Sou mais Joel Santana. No Brasil, assim como no Rn o que vem de fora é muito valorizado.

  3. Paulo Roberto Gomes de França disse:

    Deixe de ser corporativista. Tem muito reporter que se acha. Para o clube tomar uma atitude dessa, algo grave aconteceu.