PF prende o deputado Daniel Silveira após postar vídeo com discurso de ódio contra ministros do STF

17 de fevereiro de 2021 por poderjudiciario

Comentários 1

A ordem de prender, na noite desta terça (16), o deputado bolsonarista  Daniel Silveira (PSL-RJ) foi do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).  O parlamentar divulgou vídeo com apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5) e discurso de ódio contra os integrantes da Corte. A ordem de prisão em flagrante pela prática de crime inafiançável foi determinada pelo ministro para ser cumprida “imediatamente e independentemente de horário”, o que não é um procedimento comum.

No vídeo, o deputado diz que os onze ministros do STF  ‘não servem pra porra nenhuma pra esse país’, ‘não têm caráter, nem escrúpulo nem moral’ e deveriam ser destituídos para a nomeação de ‘onze novos ministros’.  Em outro ponto da gravação, Silveira manda recado para o ministro Fachin. “Um conselho pra você. Vai lá e prende o Villas Bôas, rapidão, só pra gente ver um negocinho, se tu não tem coragem. Porque tu não tem culhão pra isso, principalmente o Barroso, que não tem mesmo. Na verdade ele gosta do culhão roxo”, continuou o deputado. “Gilmar Mendes… Barroso, o que é que ele gosta. Culhão roxo. Mas não tem culhão roxo. Fachin, covarde. Gilmar Mendes… (o deputado faz gesto simulando dinheiro) é isso que tu gosta né, Gilmarzão? A gente sabe”.

Silveira também afirma na gravação que já imaginou o ministro Fachin ‘levando uma surra’, assim como ‘todos os integrantes dessa Corte aí’.

A decisão ainda precisa ser referendada pelo plenário do Supremo na sessão de hoje (17).

Faça um comentário

Você pode pular para o final e deixar uma resposta. Pinging não é permitido atualmente.

Um Comentário para “PF prende o deputado Daniel Silveira após postar vídeo com discurso de ódio contra ministros do STF”

  1. Darigrey disse:

    Como disse o vice-presidente, a prisão tem ser em flagrante se não for. É ilegal.

Comentário