Da Agência Estado:

O número de pessoas que viviam em situação de pobreza na Rússia subiu quase 20% no ano passado, informou o serviço estatal de estatísticas do país.

De acordo com a agência, 19,2 milhões de russos (cerca de 13% da população) vivam com renda mensal abaixo de 9.662 rublos (US$ 142), o nível de referência para a pobreza no país. Isso representa um aumento de 3,1 milhões de pessoas em relação a 2014.

A economia da Rússia foi golpeada fortemente nos últimos dois anos por uma combinação de queda dos preços internacionais do petróleo, o principal produto de exportação do país, e permanência de sanções econômicas do Ocidente, devido à participação da Rússia no conflito separatista no leste da Ucrânia.

Alexei Kudrin, ex-ministro de Finanças do país, disse à agência estatal Tass que a economia russa pode se contrair em até 2% este ano caso os preços do petróleo se mantiverem baixos. Fonte: Associated Press.