É fundamental ter atenção e cuidados redobrados para conservar de maneira adequada determinados alimentos, como é o caso dos queijos. Principalmente nesse momento, quando só devemos sair para ir ao supermercado em situações realmente necessárias, é importante cuidar para que os alimentos sejam mantidos em segurança na despensa e na geladeira. Assim, é possível aproveitar ao máximo do potencial, qualidade e durabilidade de tudo que está armazenado. Por isso, trouxe dicas para esse cuidado.

  1. Cada queijo tem suas especificações, isto é, há uma forma correta para armazená-lo e evitar que estrague ou seja desperdiçado. Atente-se a essa informação.
  2. Em geral, os diversos queijos podem ser refrigerados para serem conservados de forma correta. Após retirar o produto da embalagem e consumi-lo, você deverá transferi-lo para um recipiente plástico com tampa e envolvê-lo com algum plástico filme. Não se esqueça de conferir a validade do produto no rótulo.
  3. Vale destacar também que os queijos variam muito no que diz respeito a sua resistência e seus índices de segurança para evitar contaminações. Os queijos frescos e de pasta mole, como o minas frescal e a ricota, são úmidos o suficiente para promover o desenvolvimento de bactérias.
  4. Os queijos mais secos, como o parmesão e provolone, resistem melhor ao crescimento de bactérias devido à concentração de sal e ácidos, embora possam, raramente, ser infectados por fungos produtores de toxinas. É importante que você saiba, que independentemente do tipo de queijo, se algum fungo começar a crescer, deve-se fazer um corte profundo, para eliminar toda a área contaminada ou realizar o descarte do pedaço por completo.

Comentários do Facebook

Deixe um comentário