PERSPECTIVA-SALAO-TERREO_CAMAROES

Quase parada obrigatória de turistas em Natal, no Rio Grande do Norte, a rede Camarões abre a primeira filial fora do estado nordestino.

Dedicada aos frutos do mar, a casa de administração familiar ocupa o enorme ponto na Avenida Juscelino Kubitschek, 627, que pertenceu à rede americana P.F. Chang’s. A unidade tem capacidade para 320 pessoas e cardápio bem parecido com o original.

“Em São Paulo, colocamos mais massas e também crustáceos com diferentes tamanhos”, diz Clara Medeiros, uma das sócias. Uma das receitas é o camarão internacional, salteado com molho branco e servido sobre arroz cremoso com ervilha e presunto, gratinado com muçarela e parmesão, e batata palha.

Qualquer semelhança com o Coco Bambu não é mera coincidência — no passado, a Camarões acusou a rede cearense de concorrência desleal, e as duas marcas enfrentam um conflito judicial.

Com horários e capacidade reduzidos, devido ao Decreto Estadual, eles já estão abrindo para o almoço ainda sem reserva de mesas e seguindo todos os protocolos de segurança. Com informações de Veja.