O consumo de bebidas alcoólicas acontece no mundo inteiro, mas você já se perguntou quais são os países que mais consomem álcool?

No Brasil, não pode faltar aquela cervejinha que acompanha o happy hour, ou o vinho para uma noite romântica, mas, apesar de o brasileiro consumir 8,7 litros de álcool ao ano, a quantidade ainda é muito inferior aos países que estão no topo do ranking.

O cálculo da Organização Mundial da Saúde (OMS) leva em conta o “álcool puro”, uma definição usada para facilitar a comparação dos dados – uma vez que certas bebidas têm menos álcool que outras.

Ao avaliar dados de 194 países, a OMS chegou à seguinte conclusão sobre os maiores consumidores de bebidas alcoólicas do mundo:

Lituânia

A Lituânia é o maior consumidor de álcool do mundo, com uma média anual de 18,2 litros de álcool puro consumido por pessoa.

A cerveja é a bebida mais popular da Lituânia e, apesar das artesanais serem o forte do país, as favoritas são as Švyturys e o Kalnapilis, produzidas industrialmente em larga escala.

O inverno rigoroso é uma boa pedida para se reunir com os amigos e tomar uma jarra de cerveja em um dos muitos brewpubs espalhados pelo país.

Bielorússia

O consumo de bebidas alcoólicas por pessoa na Bielorússia é de 16,4 litros por ano, sendo um dos países que mais bebem no mundo.

As bebidas destiladas, como a vodca, estão entre as preferidas dos bielorrussos, alcançando 47% do consumo no país.

Um dos resultados do alto consumo de vodca são as políticas públicas que regulamentam a produção da bebida de forma caseira.

Moldávia

Apesar de 15% do orçamento deste pequeno país da Europa Oriental vir da produção regulamentada de bebidas alcoólicas, dois terços da produção do álcool consumido na Moldávia é caseira.

Isso torna os moldavos um dos povos que mais consomem bebidas alcoólicas no mundo, cerca de 15,9 litros per capita anualmente.

Diferente da maioria dos países da Europa Oriental, em que a vodca é a bebida mais consumida, na Moldávia é o vinho.

O país é conhecido por suas vinícolas subterrâneas, dentre elas as estatais Milestii Mici e Cricova, que possuem um complexo de galerias e abrigam, no total, 3 milhões de garrafas e barris de vinho.

As principais variedades cultivadas são a Sauvignon Blanc, a Chardonnay e a Aligote.

Além disso, os vinhos da Moldávia são considerados singulares e autênticos, devido à utilização de uvas indígenas, como as Feteascå Albå, Feteascå Neagrå e Rarå Neagrå.

Rússia

O consumo de álcool pela Rússia é considerado um dos mais altos do mundo, atingindo a média de 13,9 litros de álcool puro per capita ao ano.

O que muitos não sabem é que, apesar dos russos serem consumidores assíduos de vodca, a verdadeira bebida nacional é o kvass.

Com teor alcoólico que varia entre 0,5% a 2% e levemente gaseificada, o kvass é uma bebida fermentada à base de pão preto de centeio.

O kvass é a bebida do verão russo, podendo ser consumida pura ou servir como base para as sopas da estação.

Alemanha

O país originário da Oktoberfest não poderia ficar de fora da nossa lista.

Com um consumo anual de álcool puro de 13,4 litros por pessoa, a Alemanha é reconhecida internacionalmente pela qualidade de suas cervejas.

Beber cerveja é tradição na Alemanha, que conta com diversas escolas de cerveja espalhadas pelo país.

Um terço das mais de 15 mil variedades de cervejas é produzida pelas cervejarias alemãs, dentre elas as preferidas Oettinger, Krombacher e Bitburger.

Irlanda

A capital da Irlanda, Dublin, abriga a sede da Guinness Storehouse, uma das cervejarias mais famosas do mundo.

Não é à toa que o país é um dos líderes em consumo de álcool, que chega a uma média anual de 13 litros per capita.

A preferência dos irlandeses é, sem dúvida, a cerveja, consumida nos diversos pubs espalhados pelo país.

Na Irlanda qualquer evento é motivo para tomar um pint, seja no dia de São Patrício ou em uma simples celebração entre amigos.

Luxemburgo

Ao lado da Irlanda, Luxemburgo consome uma média de 13 litros de álcool puro por pessoa por ano.

Porém, diferente dos irlandeses, os luxemburgueses preferem o vinho. A bebida representa 43% de todo álcool consumido no país.

Apesar de ser um dos menores países da Europa, é possível encontrar bons vinhos por lá, produzidos, principalmente, na parte sudeste do Grão-Ducado do Luxemburgo.

Os vinhos mais famosos são os elaborados com as uvas Pinot Blanc, Pinot Gris e Riesling.

França

A França consome anualmente 12,6 litros de álcool puro por pessoa, sendo um dos grandes consumidores de álcool do mundo.

Os franceses são apaixonados por vinho e a bebida representa 58% de todo o álcool consumido na França.

O país é um dos maiores produtores e consumidores da bebida no mundo. Por lá, o vinho acompanha as principais refeições, além de estar presente nas celebrações entre amigos e família.

Os vinhos franceses, como os de Bordeaux, da Borgonha e de Champagne, são reconhecidos mundialmente pela sua qualidade.

Portugal

Portugal possui uma média anual de consumo de álcool puro per capita de 12 litros e, junto com a  França, é reconhecido por ser um dos maiores e melhores produtores de vinho do mundo.